Pesquise as matérias do JT:

terça-feira, 20 de maio de 2014

O adeus ao "Compadre Chico Aristides", o locutor das madrugadas tucuruienses

Morre o radialista Francisco Aristides Vieira, conhecido popularmente como “Compadre Chico Aristides”

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Divulgação

O radialista e funcionário público municipal da Prefeitura de Tucuruí, Francisco Aristides Vieira, 48 anos, faleceu na manhã desta terça-feira (20), conhecido popularmente como “Compadre Chico Aristides”, comandava dois programas na rádio Floresta de Tucuruí. O “Amanhecer na Fazenda” que diariamente entrava no ar às 5 h da manhã em cadeia pelas rádios Floresta AM e FM, sendo a voz do “Compadre Chico Aristides” que entrava nos lares tucuruienses, e de toda a região, para despertar o sono, e acordar seus ouvintes com um grande repertório de músicas diferenciadas, além de atender as inúmeras cartas e telefonemas dos milhares de ouvintes.

Através de seu jeito carismático de contar prosas e contos, trazendo um amanhecer cheio de felicidades aos ouvintes da rádio da zona urbana, das ilhas e zona rural de Tucuruí e região, “Compadre Chico Aristides” sempre garantiu a liderança em seus horários, prestando um serviço de informação e garantindo mensagens para os familiares que necessitavam comunicação aos seus parentes.

O sucesso pelo seu modo ímpar de conduzir seu programa se estendia a outro horário, das 17 h às 18 h quando entrava no ar o programa “Rancho Sertanejo” pela rádio Floresta AM.

Funcionário do Sistema Floresta de Comunicação, há mais de 12 anos, “Compadre Chico Aristides”, firmou-se como um dos melhores radialistas no exercício da função, nos horários de seus programas, que tem sua marca própria.

“Compadre Chico Aristides” foi internado as pressas por volta das 21 h da segunda-feira (19), no Pronto Socorro do Hospital Regional de Tucuruí, tudo foi feito pela equipe médica para salvar a vida do radialista, mas às 3 h da terça-feira (20), “Compadre Chico Aristides”, em função as complicações em seu quadro clínico, que complicaram em função a hemorragia hepática, foi a óbito.


O radialista de profissão Francisco Aristides Vieira, conhecido popularmente e carinhosamente como “Compadre Chico Aristides” morre de forma prematura aos 48 anos, deixando duas filhas enlutadas e sua esposa viúva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário