Pesquise as matérias do JT:

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012


CELPA entra em concordata e recorre a Eletrobrás Eletronorte para sair do vermelho



Há mais de 4 anos em dificuldades financeiras a Celpa jogou a toalha e na tarde desta terça-feira, 28, divulgou fato relevante revelando que entrou com pedido de recuperação judicial, o equivalente jurídico à concordata.
A agravamento da crise da companhia - "A despeito dos esforços da administração junto a credores e potenciais investidores, o pedido de recuperação judicial mostrou-se inevitável diante do agravamento da situação de crise econômico-financeira da Celpa e do imperativo de proteger a continuidade dos serviços públicos por ela prestados", diz um trecho da nota da empresa.
A empresa de pior desempenho do Grupo Rede Energia - A Celpa é o patinho feio do Grupo Rede. Enquanto outras empresas de energia do grupo são superavitárias, a Celpa amarga uma dívida de curto prazo de R$ 1,4 bilhão e o mesmo valor a longo prazo.
Com o pedido de recuperação judicial, os credores de curto prazo deverão tomar o mesmo caminho se não tiverem tutano para aguentar o tranco. Os credores de longo prazo tendem a perder o prazo de vista.
Solução seria a venda dos ativos - O Grupo Rede Energia convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para 19 de março para discutir possíveis cenários no decurso da recuperação judicial e como sair dela. Uma das alternativas pode ser a venda da empresa. Creio, entretanto, que dificilmente alguém com juízo empresarial queira investir em uma distribuidora cujo passivo aponta para uma liquidação.
Eletrobrás é a tábua de salvação - A melhor solução, dado o alcance difuso das atividades da distribuidora, seria a Eletrobrás assumir o prejuízo antes que o choque mate quem o distribui, pois os curto-circuitos já são arcados pelo distinto usuário.

Leia a matéria completa no Blog do Parsifal Pontes:




Vereadores formalizam ao TJE-PA pedido de providências por suposto suborno
Rende além das fronteiras de Santa Luzia do Pará a ação que o Ministério Público ofereceu em desfavor do prefeito municipal, Louro do PT, e outros, que resultou em busca e apreensão de documentos na Prefeitura de Santa Luzia e em residências de secretários, e ontem (27) com o afastamento do prefeito.
Ao mesmo tempo que o juiz de Santa Luzia decretava o afastamento do prefeito, o vice-presidente Luis Oliveira, o 1º secretário Fernando Vieira, o 2º secretário Robson da Silva, o vereador Sebastião Neto e a vereadora Maria Saldanha, todos da Câmara Municipal de Santa Luzia do Pará, protocolavam, à presidência do Tribunal de Justiça do Estado (TJE-PA), pedido de providências tendo como objeto suposto pagamento de propina de R$ 300 mil a um membro do TJE-PA, para que fosse concedida liminar destituindo a busca e apreensão efetuada no município.
Narra o pedido de providências que Gedson Xavier (filho do prefeito e secretário de Finanças agora afastado) revelou na cidade que “teria entregue R$ 300 mil reais (sic) para um cidadão de prenome SÉRGIO, assessor de uma desembargadora, como contrapartida para a concessão de uma liminar que beneficiasse a si e seu genitor na supracitada Ação de Busca e Apreensão”.”

Leia a matéria completa no Blog de Parsifal Pontes:


Se essa onda pega, vai ter denúncias também em Tucuruí de uma suposta filmagem na entrega de propina, se cuida .......!!!!!!!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Presidente da ASMOVIPE Bernardo Albano “Tucuruí”, sofre agressão e tentativa de morte por Cabo da PM na sede da Prefeitura de Tucuruí


Bernardo Albano Filho conhecido como “Tucuruí”, passa bem e encontra-se em convalescênça




















M.C. cabo da reserva da PM acusado pelos crimes de agressão e tentativa de homicídio contra Bernardo Albano “Tucuruí”

No final da manhã desta terça-feira (28), por volta das 11 h o presidente da Associação de Moradores da Vila Permanente – ASMOVIPE, Bernardo Albano Filho conhecido como “Tucuruí”, 60 anos, sofreu um atentado sendo agredido fisicamente e tento sua vida ameaçada com um revolver dentro do prédio da Prefeitura de Tucuruí, pelo cabo da reserva da PM afastado da corporação desde 2001 por problemas de ordem psicológica o nacional M. C.,  que em represália ao seu afastamento da presidência da Associação de Moradores da Vila Permanente, ocorrido em agosto de 2011 pela diretoria da entidade e referendada em Assembléia Geral realizada em dezembro do ano passado pelos moradores da Vila Permanente.
M. C. não aceitou a decisão da maioria dos sócios, por unanimidade aprovando sua exclusão da presidência da ASMOVIPE, acionando Bernardo Albano e o jornalista Wellington Hugles judicialmente através de queixa crime, ambos sendo denunciados por crime de calúnia contra a honra de M. C..
Não satisfeito com a defesa apresentada na justiça pelos litigantes, M.C. na manhã desta terça-feira, dentro do prédio sede da administração municipal de Tucuruí, onde a vítima Bernardo Albano é funcionário público municipal concursado, foi agredido com socos no peito e devido a sua fragilidade não pode se defender, e após as agressões, M.C. ainda o ameaçou puxando uma arma de fogo em sua direção, dizendo “agora vamos acertar nossas diferenças”, “vais me encarar”.
Com a chegada de populares o meliante M. C. escondeu a arma e com sorrisos subiu calmamente as escadas de acesso ao gabinete do prefeito, onde se refugiou.
A vítima Bernardo Albano pediu socorro ao vigilante da prefeitura, que foi ao gabinete do prefeito verificar se M. C. ainda encontrava-se lá, com a confirmação Bernardo foi orientado pelo vigilante a ausentar-se do prédio da prefeitura com maior segurança, mas devido aos golpes deferidos por M. C., e o choque da ameaça de morte a vítima hipertenso, e que já sofreu um infarto, começou a sofrer convulsões, caindo desmaiado próximo à prefeitura, a preocupação seria de um princípio de infarto do miocárdio, sendo socorrido por amigos, que o levaram ao Hospital particular Santa Angélica, sendo que no local não foi atendido devido estar suspensos o atendimento para os funcionários da Prefeitura de Tucuruí e encaminhado à emergência do Hospital Municipal que nada pode fazer pela falta de médicos e medicamentos desde o mês de dezembro do ano passado, sendo levado as pressas para o Hospital Regional de Tucuruí onde foram tomados os primeiros socorros, sendo entubado devido a gravidade do quadro apresentado, após o realização de eletrocardiograma foi descartado a principio o infarto, sendo observado apenas um princípio de AVC, o sexagenário Bernardo Albano ficou inconsciente por um bom período, mas no meio da tarde retornou a sua consciência, esclarecendo todos os fatos ocorridos que culminaram com sua internação, o comando da PM foi acionado, em função do culpado ser cabo da Polícia Militar do Pará, e a vítima foi levada a Seccional para o competente registro de ocorrência, ao chegar no local foi surpreendido com sua intimação, devido a queixa formulada pelo militar M. C. pelo crime de ameaça contra a sua pessoa. Na verdade houve uma inversão de valores onde a vitima agredida e ameaçada passou a ser o culpado de uma suposta ameaça inverídica segundo Bernardo Albano. Na verdade Bernardo Albano sofreu criminosamente as arbitrariedade cometidas por M. C. que por pouco não culminou com a morte de “Tucuruí”, e para isso deverá voltar a presença da autoridade policial para o devido registro oficial para que o verdadeiro culpado seja punido nos rigores da lei.
A diretoria da ASMOVIPE e diversos moradores durante toda a manhã, sensibilizados com o fato, foram levar o total apoio ao seu presidente. Até o fechamento desta edição não foi confirmado à detenção do nacional M. C. pelo crime de agressão e tentativa de homicídio de Bernardo Albano Filho. (Wellington Hugles)




Bernardo Albano “Tucuruí” presidente da ASMOVIPE internado com princípio de infarto após ter sofrido agressão dentro da Prefeitura de Tucuruí

Bernardo Albano Filho conhecido como “Tucuruí”, internado no Regional após agressão dentro do prédio da Prefeitura de Tucuruí

No final da manhã desta terça-feira (28), o presidente da Associação de Moradores da Vila Permanente – ASMOVIPE, Bernardo Albano Filho conhecido como “Tucuruí”, foi agredido dentro do prédio da Prefeitura de Tucuruí, devido aos golpes sofridos no peito de “Tucuruí” que já sofreu no passado dois infartos, após sair do prédio da PMT de onde é funcionário efetivo, sofreu um principio de infarto do miocárdio, sendo socorrido por amigos, que o levaram ao Hospital Santa Angélica, no local não foi recebido devido estar suspensos o atendimento para os funcionários da Prefeitura de Tucuruí e encaminhado a emergência do Hospital Municipal que desde o mês de dezembro do ano passado não esta funcionando para o atendimento da população, sendo transferido as pressas para o Hospital Regional de Tucuruí onde se encontra entubado e aguardando os primeiros exames do eletrocardiograma, até o momento o sexagenário Bernardo Albano encontra-se inconsciente, sem sabermos quem foi o elemento que agrediu o presidente da ASMOVIPE levando-o ao estado que encontra-se.
A diretoria da ASMOVIPE e diversos moradores, sensibilizados estão dando total apoio ao seu presidente, que foi referendado oficialmente no último dia 17 de dezembro com a realização de Assembleia Geral dos Moradores da ASMOVIPE. A qualquer momento estaremos atualizando as informações sobre o estado de saúde de Albano “Tucuruí”. (Wellington Hugles)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Partido dos Trabalhadores de Tucuruí comemorou 32 anos junto com sua militância juntamente com diversos partidos aliados

Fotos:Wellington Hugles



















A noite deste sábado (26), foi bastante movimentada pela realização dos festejos em homenagem aos 32 aos de fundação do Partido dos Trabalhadores – PT, as comemorações foram organizadas pelo diretório municipal de Tucuruí, reunindo na sede social do Paraiso cerca de 300 convidados na sua maioria militantes e simpatizantes da legenda.
A abertura do evento foi realizada pelo presidente do diretório de Tucuruí vereador Jones William, que foi eleito nas últimas prévias do PT como pré-candidato a prefeito de Tucuruí nas eleições vindouras de outubro.
Jones agradeceu a presença da companheirada e dos convidados partidários de diversas legendas. Em seu pronunciamento o vereador afirmou que todos os partidos estão trabalhando uma grande aliança pela unidade que levará a grande vitória nas eleições de outubro. Jones aproveitou para fazer uma reflexão das últimas eleições que o PT disputou em Tucuruí e avaliou no seu entendimento que a hora da grande virada chegou e que só depende dos dirigentes partidários. “Temos a chance de colocarmos pessoas que realmente sejam comprometidas com a população de nossa tão sofrida cidade, e convocou todas as lideranças dos diversos partidos presentes no evento para manter-se unidos, porque, nossa unidade, garantirá a presença das diversas camadas da sociedade em um governo voltado para a população menos assistidas, e assim conseguiremos devolver a nossa população a dignidade e a prestação de serviços de qualidade pelo bem de toda a cidade.
Estiveram presentes ao evento os vereadores do PT, Jones William; Pastor Antônio e Tom Bonfim, além das grandes lideranças de diversas tendências do PT.
 O deputado estadual do PT professor Edilson Moura, esteve presente ao evento e garantiu em seu pronunciamento que em outubro teremos uma vitória de todos com a eleição do prefeito de Tucuruí respaldado por este congressamento dos partidos, além da maioria da bancada na Câmara Municipal por este grupo de lideranças que tem o objetivo de realizar um governo voltado para o desenvolvimento da população tucuruiense.
Diversos representantes de partidos estiveram presentes levando os parabéns ao Partido dos Trabalhadores PT pelos 32 anos de fundação, usou a palavra o presidente do PSOL Professor Jonathan; o vice-presidente do PMDB Fernando Albuquerque seguido pelo pré-candidato do PMDB a prefeito de Tucuruí o ex-deputado Gualberto Neto; Roquevan se pronunciou pelo PC do B, seguido por James do Popular pré-candidato pelo PR, Joilson Raniery falou pelo PTB, Nunes pelo PMN; Elias do Táxi pelo PSC, Jackson pelo PSB e o engenheiro Midson pelo PHS.
A secretaria regional do PT, Carmen encerrou a cerimônia falando dos avanços que o PT garantiu no Brasil, e estes exemplos queremos trazer para o município de Tucuruí.
Ao final foi os presentes cantaram os parabéns aos 32 anos do PT e logo após foi servido um coquetel aos convidados.

Paraenses se despedem do deputado Alessando Novelino


Deputado Estadual Alessandro Novelino (PMN)
Local da queda da aeronave após ter chocado-se o na torre de transmissão

Imagens do estado que ficou a aeronave após a queda no município de Acará







velório do parlamentar paraense e  seu assessor esta sendo realizada na Assembléia Legislativa do Pará 



O velório do Deputado Estadual Alessandro Novelino (PMN), que faleceu em um acidente de avião na manhã deste sábado (25), está sendo realizado no prédio da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) em Belém.
Um grupo de cadetes da PM faz a guarda do corpo desde sua chegada ao local, por volta das 21h. Dezenas de pessoas estão comparecendo para prestar as últimas homenagens ao parlamentar, entre elas deputados, ex-deputados, lideranças comunitárias, além de familiares e amigos. O sepultamento está marcado para este domingo.
Os corpos do assessor parlamentar, José Augusto dos Santos e do piloto Roberto Carlos Figueiredo foram identificados por volta das 20h. O assessor de Novelino também será velado na Alepa. Já o corpo do piloto será velado no Aeroclube de Belém.
Acidente - Três pessoas morreram na queda de um bimotor modelo sêneca, de prefixo PT -LAB, na localidade Jenipaúba, perto de Acará, na manhã deste sábado, 25 de fevereiro.
O bimotor decolou do Aeroclube de Belém por volta das 9h com destino à fazenda "Princesa" de propriedade do deputado na região de Tomé-Açú. Segundo informações do Aeroclube do Pará, a aeronave sumiu dos radares da Aeronáutica cerca de 18 minutos após decolar do aeroporto Brigadeiro Protásio Lopes de Oliveira.
O avião passou por manutenções na manhã desta sexta-feira (24) e estava liberado para voo.  As causas do acidente ainda serão investigadas.
Em nota, o Governo do Estado lamentou a morte de Alessando Novelino e decretou luto oficial de três dias no Estado. Confira a nota na íntegra: 'O Governo do Estado do Pará lamenta profundamente o falecimento prematuro do deputado estadual Alessandro Novelino, pertencente ao Partido da Mobilização Nacional (PMN), vítima de trágico acidente aéreo, ocorrido na manhã deste sábado, 25 de fevereiro.
O Governo do Estado, nas figuras do governador Simão Jatene, do vice-governador Helenilson Pontes e de toda a equipe de secretários, se solidariza neste momento de tristeza com a família do parlamentar, bem como com as de seu assessor, José Augusto dos Santos, e do piloto Roberto Figueiredo, que também foram vitimados no acidente.
Em respeito à memória das vítimas, o Estado decreta luto oficial de três dias e garante às famílias total solidariedade neste momento de dor e saudade'.


sábado, 25 de fevereiro de 2012

Cametá perde em Marabá, mas sagra-se Campeão do 1º turno do Parazão

 Vice-prefeito de Cametá Pompeu juntamente com a equipe do Mapará campeão do 1º turno levantando a Taça Cidade de Belém  na foto a presença do presidente da Liga Esportiva Municipal de Tucuruí Wellington Hugles presente em Marabá na premiação juntamente com o presidente da Federação Paraense de Futebol Cel. Antônio Carlos Nunes 
A equipe do Mapará campeão da Taça Cidade de Belém, equivalente ao primeiro turno do Campeonato Paraense 2012



O Águia de Marabá bem que tentou, mas não conseguiu reverter à vantagem do Cametá no estádio Zinho Oliveira. No final, o Azulão venceu por 3 a 1, mas o placar de 4 a 1 da primeira partida da final fez do Mapará o campeão da Taça Cidade de Belém, equivalente ao primeiro turno do Campeonato Paraense 2012.
1º TEMPO - Precisando de três gols para tentar reverter a vantagem do Cametá, o Águia de Marabá partiu para cima em busca do primeiro gol. E ele não demorou a sair. Na primeira jogada, Léo Rosas conseguiu escanteio. Aos dois minutos, após cobrança da direita, o zagueiro Charles, sempre ele, de cabeça, não desperdiçou. Festa em Marabá! Águia 1 x 0 Cametá.
Apoiado pela sua torcida, que compareceu em grande número ao estádio Zinho Oliveira, os donos da casa continuavam pressionando os visitantes. Das jogadas aéreas, uma das grandes virtudes do time do técnico João Galvão, saiam os maiores lances de perigo. Atordoada, a defesa cametaense não conseguia parar as investidas aguianas. Aos nove minutos, o lateral-esquerdo Rairo deu um “drible da vaca” no jogador rival, cruzou, mas o zagueiro Tonhão salvou, evitando o segundo gol do Águia.
A única alternativa do Mapará era tentar segurar o jogo e evitar o segundo gol do Águia. O técnico Cacaio pedia a todo momento que a sua equipe saísse da defesa e trabalhasse a bola no meio-campo. Sem se preocupar, os marabaenses continuavam pressionando nas jogadas de bola parada. Com 26 minutos de bola rolando, Flamel cruzou para a área e o zagueiro Halyson chutou para a lateral.
E só dava Águia na partida! Aos 30 minutos, após erro da zaga cametaense, o atacante Valdanes fez boa jogada dentro da área e chutou. O goleiro Evandro fez boa defesa e evitou mais um gol do Águia. Em seguida, novamente ele, Valdanes, arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave de Evandro. Os principais articuladores de jogadas do Cametá, Soares e Ratinho, estavam bastante marcados pela defensiva aguiana.
E o Águia tentava de todas as maneiras. Aos 38 minutos, lance polêmico. O volante Analdo arriscou de fora da área, à bola bateu na trave e entrou para o gol. Porém, o árbitro Clauber José Miranda não viu o lance e não marcou o segundo tento marabaense, para os protestos dos jogadores e do técnico João Galvão. A jogada foi parecida com a da Copa de 2010, quando Lampard acertou o travessão e o gol na partida entre Inglaterra e Alemanha.
2º TEMPO - Para o segundo tempo, o técnico Cacaio mexeu na sua equipe tentando mudar a postura defensiva. Porém, tirou um volante (Ricardo Capanema), para a entrada de um outro defensor (Júlio César), enquanto que o Águia voltou com a mesma formação da primeira etapa de jogo.

O Azulão voltou com a mesma vontade e logo fez o segundo gol. Aos oito minutos, o meio-campo Flamel viu a oportunidade na defesa cametaense e fez: Águia 2 x 0 Cametá. Logo em seguida o atacante Branco chutou na trave. Pressão marabaense!
A equipe do Mapará só veio assustar na partida aos 26 minutos, quando o atacante Marcelo Maciel chutou cruzado, levando perigo para o goleiro Alan. A partir daí, nova confusão no estádio Zinho Oliveira, a exemplo do que aconteceu no jogo com o Clube do Remo. O zagueiro Roberto chutou a bola e um dos jogadores do Cametá, inflamando o tumulto.
A torcida fazia a festa nas arquibancadas quando o atacante Branco marcou o terceiro gol dos donos da casa. Aos 23 minutos, nova lambança da zaga do Mapará. O atacante Wando chutou franco, mas colocado e consciente do gol: Águia 3 a 0. Com o resultado, os marabaenses iam conquistando a Taça Cidade de Belém.
Mas do outro lado tinha o Cametá que, quando todo mundo já pensava estar entregue, partiu para cima. Aos 31 minutos, o meio-campo Ratinho deixou quatro marcadores para trás e arriscou de fora da área: Golaço! Águia 3 x 1 Cametá. O Mapará, mais uma vez, segurava o título do primeiro turno. Decisão emocionante em Marabá.
Desmotivado, o Águia não conseguia chegar ao quarto gol. Por outro lado, motivado, o Cametá se segurava com consistência no seu campo defensivo. No final do segundo tempo, Flamel teve a bola do jogo, mas chutou na trave. E assim terminou a partida: Azulão 3 x 1 Mapará, mas os cametaenses conquistaram o título do primeiro turno do Parazão 2012.
(Gustavo Pêna, DOL)
Ficha Técnica - Águia de Marabá: Alan; Léo Rosas (Jonny), Roberto, Charles e Rairo; Analdo, Marquinhos, Diogo (Wando) e Flamel; Valdanes e Branco, Técnico: João Galvão.
Cametá: Evandro; Américo, Tonhão, Halyson e Souza (Ciro); Ricardo Capanema (Júlio César), Paulo de Tárcio, Soares e Ratinho; Rafael Paty e Jailson (Marcelo Maciel), Técnico: Cacaio.
Árbitro: Clauber José Miranda. Assistentes: Lúcio Ipojucan Ribeiro da Silva Matos e Márcio Gleidson Correa Dias.
Cartão amarelos: Américo, Halyson, Rafael Paty, Júlio César e Ratinho (CAM); Valdanes, Roberto, Wando e Charles (ÁGU) e Cartão vermelho: Paulo de Tárcio e Ratinho (CAM). (Com informações do Diário do Pará para a Sucursal de Tucuruí)
(Foto: Mário Quadros)

Avião do Deputado Novelino é encontrado destruído em Acará


O deputado estadual Alessandro Novelino, o piloto e seu assessor que estavam à bordo faleceram após queda de aeronave em Acará
O médico e vereador de Santarém Nélio Aguiar, assumirá a vaga de Novelino na Assembléia Legislativa do Pará
Avião bimotor, modelo sêneca, de prefixo PT -LAB caiu em Acará

O Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) registrou na manhã deste sábado (25) o desaparecimento de um avião bimotor. Segundo informações do órgão, a aeronave modelo Seneca teria saído do aeroporto “Brigadeiro Protásio de Oliveira” (Aeroclube do Pará), em Belém, pela manhã. O destino da viagem seria a fazenda "Princesa" de propriedade da família de Novelino no nordeste paraense.
Ainda de acordo com o Seripa, três pessoas estariam na aeronave, o piloto e mais dois passageiros, entre eles o deputado Alessandro Novelino e seu assessor parlamentar Augusto. As informações foram confirmadas pelo advogado da família, Antônio Neto.
Oficiais passaram toda à manhã para identificar a localidade em que o avião perdeu o contato com a torre de comando, os familiares de Novelino saíram de Belém em um Helicóptero particular, realizando o mesmo trajeto da aeronave para tentar encontrá-la. Após o meio dia a aeronave foi localizada próxima a Alça Viária totalmente destruída no município de Acará, no local após uma visão aérea não se observou explosão da aeronave e não foi localizado nenhum corpo fora do avião, porém o Cel. Solano do Corpo de Bombeiros informou que foram encontrados no local do acidente os corpos dos três tripulantes.
O acidente ocorreu após o choque da aeronave com uma torre de alta transmissão da Eletrobrás Eletronorte, na Ilha do Murucutu, em frente a capital paraense, mas devido à localidade ser de difícil acesso muitas dificuldades foram enfrentadas pelos socorristas.
O piloto do avião tinha mais de 20 anos de experiência, a Aeronáutica encaminhou equipes para o local para começar as investigações sobre a causa do acidente que vitimou o Deputado Alessandro Novelino o piloto Roberto Carlos Figueiredo e o assessor parlamentar José Augusto dos Santos. 
Alessandro Novelino iníciou sua carreira política no ano de 2003, sendo eleito nas eleições de 2002, pela legenda do antigo Partido Liberal (PL), recebendo mais de 28 mil votos, em sua maioria na região do Marajó. Neste mandato apresentou inúmeros projetos de relevante valor, tais como: o projeto de gás veicular, dando início à construção da GASPARÁ empresa de economia mista subsidiada pelo governo do estado.
Foi líder da bancada do partido durante seu primeiro mandato, apresentando inúmeras proposições em benefício do estado do Pará, sendo ainda membro da Comissão Permanente de Transporte.
No ano de 2006 reelegeu-se deputado estadual pelo PSC (Partido Social Cristão), sendo eleito com aproximadamente 36 mil votos, durante o atual mandato continuou na liderança do partido e apresentou vários projetos e inúmeras proposições em favor do estado do Pará, especialmente nas regiões do Marajó, Sul e Sudeste do estado.
Considerado uma liderança jovem da política, se destacando como um grande parlamentar defendendo o povo paraense, independentemente da região, usando a tribuna para apresentar Projetos de Lei, Projetos de Indicação, Projetos de Decreto Legislativo, Emendas Supressivas e Moções.
O médico e Vereador de Santarém Nélio Aguiar assumirá a vaga aberta após o falecimento do deputado estadual Alessandro Novelino por ser o primeiro suplente da coligação. (Wellington Hugles)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

"Unidos de Tucuruí" agora é 15


Fotos Wellington Hugles













O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Tucuruí sagrou-se novamente Campeão do Carnaval de 2012. Com esse resultado a escola conquista seu 15º título na cidade e o 4º campeonato consecutivo. Parabéns aos organizadores e principalmente a cidade de Jacundá tema do enredo campeão de 2012, “De Arraia a Jacundá”.
O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Tucuruí foi a grande vencedora do Carnaval de Tucuruí de 2012. A escola do bairro da Cohab com este título passa para a marca de 15 Campeonatos conquistados, sendo quatro consecutivos.
A Unidos de Tucuruí se firma como a escola imbatível no tradicional desfile oficial, que acontece há 22 anos nas Escadarias da Santo Antônio. Com o enredo em homenagem ao município de Jacundá, “De Arraia à Jacundá: uma história de água, terra, fogo e ar”. A escola adentrou a avenida do samba com doze alas, três carros alegóricos e 750 brincantes que entusiasmadamente fizeram uma excelente apresentação mesmo tendo aguardado seis horas do início do desfile para poderem se apresentar.
A letra do samba “De Arraia a Jacundá” a Unidos de Tucuruí fez uma homenagem a Jacundá, que cantou na passarela uma história de água, terra fogo e ar. A cidade que foi tragada pelo rio sendo que seu povo sucumbiu, nascendo uma nova cidade com progresso e a miscigenação. Até o final da década de 70 a cidade era localizada às margens do rio Tocantins, quando seus moradores foram remanejados – no início dos anos 80 - para a vila Arraia, pequeno lugarejo formado próximo estrada PA-150. Com a mudança, o vilarejo foi rebatizado para Jacundá, para onde boa parte dos moradores da antiga cidade foi transferida.
Para o presidente da escola, Antônio Carlos de Sousa “Titonho”, a homenagem a Jacundá foi uma decisão da diretoria da escola que considerou a história do povo jacundaense “importante para ser mostrada na avenida do samba e, principalmente rica em detalhes culturais, progresso e conquistas”, com isso garantindo mais um título a Unidos em 2012.
Segundo Titonho, nestes sete anos que preside a Unidos de Tucuruí este foi o primeiro ano que aguardou atentamente o final da apuração para poder comemorar a vitória, “tanto prova que foi apenas nos últimos momentos que com 99 pontos fomos vitoriosos com a diferença de um décimo para a segunda colocada, a Unidos da Jaqueira vice-campeã, esclareceu Titonho.

O prefeito de Jacundá Dino Altoé, esteve presente juntamente com uma comitiva de mais de mil moradores de Jacundá para prestigiarem o desfile nas escadarias de Tucuruí, e em contatado direto com a redação, após tomar conhecimento do resultado anunciado pela Liblotuc na noite desta quarta-feira, festejou a conquista do título, que através da reconhecida homenagem ao município de Jacundá teve êxito com sua vitória, com este resultado toda a cidade de Jacundá entra em festa e aguardando a visita da Unidos de Tucuruí Campeão do Carnaval de 2012 com o troféu oficial, para uma apresentação aos munícipes e o coroamento desta linda festa em homenagem ao grande município em desenvolvimento a estrela da PA 150 Jacundá. (Wellington Hugles)