Pesquise as matérias do JT:

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Conselho de Saúde exige a devolução de R$ 1 milhão desviado da Saúde

 Sede do Conselho Municipal de Saúde, local onde o Pastor Zé Maria agrediu o repórter  
Momentos de reuniões realizadas pelo Conselho (Foto arquivo)

Dos 18 conselheiros com assento no Conselho Municipal de Saúde de Tucuruí, apenas dez compareceu a reunião deliberativa, garantindo o quórum de 50% mais um para a apreciação e votação da pauta.
Ao realizarem a verificação dos documentos apresentados pela Prefeitura Municipal de Tucuruí, os conselheiros observaram que o prefeito Sancler Ferreira, apresentou apenas o relatório sintético, sem a documentação necessária para justificar os gastos com a Saúde dos munícipes no ano de 2010, que ultrapassam a soma de R$ 1 milhão, diferença que foi apresentada através de auditoria pelo DENASUS, que emitiu o parecer pela rejeição das contas por irregularidade na aplicação dos recursos.
A reunião convocada para às 18:00 h, teve início as 18:10 h, com a presença dos dez conselheiros, que deliberaram imediatamente o único ponto de pauta, com a falta de apresentação legal da prestação de contas do exercício de 2010 da Secretaria de Saúde e inclusive o prefeito não tendo enviado representante legal para a reunião e nem justificando a falta da documentação perante o Conselho na reunião. Os conselheiros por unanimidade reprovaram as contas da saúde pública de 2010, a reunião foi encerrada as 18:45.
Tumulto – Após o encerramento da reunião do Conselho, diversos outros conselheiros que chegaram com um atraso de mais de uma hora, questionaram a legalidade da reunião e sua deliberação, tentando defender a administração municipal.  O Pastor evangélico José Maria, totalmente descontrolado, ensandecido de ódio e revolta porque o conselho não esperou a sua chegada e o envio pelo prefeito dos documentos necessários para a aprovação das contas, se desesperou e partiu para a violência contra a imprensa presente dando tapas e derrubando o equipamento dos profissionais. (Wellington Hugles)


FONTE: FOLHA DE TUCURUÍ

Fiscalização do Detran apreende carro oficial da Prefeitura de Tucuruí

Operação de fiscalização do Detran da capital já apreendeu 29 veículos irregulares nas ruas de Tucuruí 




  Veículo oficial da Secretaria de Saúde de Tucuruí. Apreendido no pátio de retenção do Detran em Tucuruí por falta de licenciamento de 2010 e 2011 totalizando R$ 210,56





                                Dezenas de motos apreendidas no Detran






Red Cop do veiculo L 200, 2002, JUH 3312 atrasado há dois anos pertencente à Prefeitura de Tucuruí
Passado um período de excessos de acidentes ocorridos nas vias públicas da cidade, culminando inclusive com óbitos, a gerência regional do Detran em Tucuruí, comanda por Sandoval Filho “Vavá”, solicitou a direção estadual do órgão uma equipe de  educação preventiva e fiscalização de trânsito.
A equipe esta desenvolvendo em toda a cidade desde o sábado (28), a priori uma campanha de orientação à educação e prevenção de acidentes de trânsito, e em seguida à verificação dos documentos do veículo e do condutor.
Diversas motos e veículos foram apreendidos durante os dias da operação, sendo 21 motos, oito carros e inclusive na manhã desta terça-feira (31), ao realizar fiscalização na Rua Siqueira Campos com Rua B, os agentes estaduais apreenderam um veículo oficial da Prefeitura de Tucuruí de marca L 200, ano 2002, cor Branca de placas JUH 3312, que transitava com seus documentos de licenciamento vencidos desde 2009. O procedimento aplicado ao veiculo oficial foi o mesmo adotado a todos os outros veículos irregulares, guinchado e recolhido ao pátio de apreensão do Detran em Tucuruí, e só será liberado após a comprovação do pagamento do valor de R$ 210, 56 referente ao licenciamento dos anos de 2010 e 2011 e o recolhimento do valor de R$ 85,13 referente a multa de trânsito da CTTUC.
A operação se estenderá até o período do Carnaval, sendo que a equipe deverá se desdobrar na fiscalização dos veículos nos municípios de Tucuruí e Breu Branco. Para tentar  reduzir o elevado numero de acidentes ocorridos nos últimos dias e c om a operação igualar ao resultado do fim de 2011, quando da presença da equipe de fiscalização consegui reduzir a zero os acidentes com vítimas na cidade.
A operação realizada pela equipe de fiscalização do Detran da capital e comandada por “Vavà”, é com vistas à prevenção de acidentes no período do Carnaval, que cotidianamente aumenta o índice de acidentes na região, face ao elevado numero de visitantes ao município.
Nas fiscalizações nos bairros da cidade as irregularidades mais observadas pelos agentes do Detran, e que causam multas, são à inobediência dos condutores de veículos com os equipamentos de segurança como cinto e capacetes, e o porte obrigatório dos documentos como Carteira Nacional de Habilitação - CNH e do Certificado de Registro de Licenciamento de Veiculo – CRLV.  (Wellington Hugles) 


domingo, 29 de janeiro de 2012

Técnico Amaral leva Galo ao empate de virada fora de casa
















Graças a grande experiência do ex-jogador de futebol, e o vasto trabalho na formação de grandes jogadores de futebol em Tucuruí e Região.
Amaral foi coroado na noite deste domingo (29), com um resultado excepcional, haja vista, a maré de azar que o Galo esta passando. Mas graças à experiência e o “jeito” popular de dirigir uma equipe, Amaral consegui devolver os dois gols a equipe do São Raimundo dentro do “Barbalhão” lotado, realizando alterações inusitadas que deram resultados e que conseguiram agradar aos torcedores do Galo Elétrico. Amaral que dirigiu a excelente partida consegui a façanha de mais um ponto para o Galo e entrou na história do clube, agora como o técnico que colocou a equipe nos trilhos de novas vitorias, assim aumentando seu urriculum de grandes alegrias e vitórias.
Um ditado popular que sempre e usado “que santo de casa não faz milagre”, temos ai uma demonstração de que a oportunidade dada e missão cumprida.
Com o resultado positivo para o Galo, conseguindo empatar fora de casa, a equipe se prepara para o jogo de volta com o Papão na quarta-feira em Tucuruí. (Wellington Hugles)

Papão acaba com a invencibilidade do Leão ganhando de 2 x 0 com o Mangueirão lotado


ONG protesta contra a discriminação de haitianos


A Organização Não Governamental Visão Mundial fez um protesto formal ao governo brasileiro contra o que qualifica de postura imperialista, preconceito e discriminação contra dois cidadãos haitianos, impedidos pela Polícia Federal de entrar no País para participar de um treinamento sobre monitoramento jovem de políticas públicas. Claude Rinvil e Jean-Wilbert Taptichon foram inadmitidos pela imigração do Aeroporto de Guarulhos, no último dia 23, quando tentavam desembarcar em São Paulo e mandados de volta sem apelação para o Haiti.
Os haitianos, que tiveram documentos e bagagens apreendidas pela Imigração brasileira, tinham visto de entrada no País emitido pela Embaixada do Brasil em Porto Príncipe. Segundo a ONG, eles estavam com a documentação em dia, inclusive as vacinas exigidas pela Agência
Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e uma carta da entidade indicando a finalidade da visita. “Eles (os policiais) reproduziram a mesma atitude imperialista que os americanos sempre praticam com brasileiros e latinos”, criticou Wellington Pereira, dirigente da entidade.
A PF informou, pela assessoria, que os haitianos estavam com o visto errado - de turista, em vez de estudante; não tinham dinheiro para bancar a estadia e deram informações contraditórias na entrevista para justificar a viagem. A PF disse ainda que agiu com objetividade, sem privilégio, ou perseguição, como age com qualquer estrangeiro que tenta entrar irregularmente no País. Informou por fim que não se trata de deportação - medida prevista para estrangeiros indesejáveis - mas de inadmissão de pessoa que não cumpre os requisitos legais para entrar no país.
Para a ONG, todavia, é mais do que isso: “Foi um ato de humilhação e desprezo por puro preconceito contra cidadãos de um país que passa pelos problemas que todos sabem”, enfatizou o dirigente. A ONG notificou o caso junto ao Ministério das Relações Exteriores, do qual alega ter sido parceira em programas de reconstrução do Haiti, após o terremoto de 2010. A entidade explicou que o visto correto era o de turista, mesmo porque eles não vieram na condição de estudantes, mas para participar de um evento oficial e portavam a carta convite.
O monitoramento de políticas públicas, segundo o dirigente, é uma metodologia que a Visão Mundial utiliza no Brasil desde 2008, em 30 comunidades empobrecidas. A entidade vem implementando no Haiti a metodologia e mandou os dois jovens para conhecer a experiência brasileira, tida como essencial para que o trabalho pudesse ser desenvolvido no seu país com o máximo de eficiência. A ONG não reconhece as causas alegadas pela PF para barrar os haitianos.  (Agência Estado)

Sinomar Naves e o novo teste no RE X PA


Sinomar Naves, treinador do Clube do Remo, chega ao primeiro Re x Pa do ano tranquilo

Qualquer tipo de comparação ou semelhança é mera coincidência

O professor Sinomar Naves, treinador do Clube do Remo, chega para o primeiro Re x Pa do ano tranquilo. Entretanto, o treinador do Leão sabe o peso de um clássico. Afinal de contas, no seu último Re x Pa, na sua primeira passagem pelo Baenão em 2009/2010, caiu após perder um turno de Parazão para o maior rival. Porém, nesse ano, a situação é diferente. Sua equipe é líder, está invicta na competição e com um pé na classificação à fase semifinal.
De qualquer forma, será que ele tem algum tipo de trauma? “Para a crítica sim, mas para nós, enquanto projeto de conquista de campeonato, não tem isso”, garante. Pelas contas do treinador, pelo Remo, já enfrentou o Paysandu quatro vezes: uma vitória, uma derrota e dois empates. Desses, somente o jogo em que conseguiu a vitória não foi disputado em um Campeonato Paraense, e sim, em um amistoso. Seria um tabu em cima do maior rival? “Se é pra falar em tabu é preciso contar todos os jogos, sejam eles oficias ou não”, rebate a acusação.
JT - O Clube do Remo é líder isolado, vem de uma vitória e um empate fora de casa e com o elenco em evolução. O Paysandu vem de duas derrotas, torcida desacreditada e técnico na corda bamba. O Remo pode entrar de salto alto para esse jogo?
Sinomar Naves – Sempre vai existir um respeito muito grande por parte dos nossos jogadores pelo rival, até pela nossa história. Sabemos que, hoje, estamos em uma situação inversa a do rival, porque somos líderes, mas o Re-Pa é sempre um jogo diferente dos outros. Tenho certeza que nossos jogadores não vão subestimar o adversário por essa circunstância momentânea. Clássico é uma situação em que aquele que tiver mais tranquilidade e, compromisso com o jogo, sai vitorioso.
JT – O Paysandu fez várias contratações nessa semana. Será que eles podem vim com a alguma surpresa? O Sinomar tá pronto para isso?
Sinomar – Assim como temos conhecimento do adversário, eles têm conhecimento da nossa equipe. O adversário tá fazendo o trabalho deles. Esperamos não ser surpreendidos até pelo trabalho a mais tempo que vem sendo desenvolvido por nossa equipe. Sabemos que temos que ainda melhorar, mas temos nossas estratégias para vencer.
JT – Independente de posição, como você avalia o peso de um Re-Pa no campeonato?
Sinomar – Pela própria seqüência do campeonato, analisando de forma bem tranquila, agora não vai ter interferência em nada, a não ser para pontuação de um ou de outro. Mas, para a crítica, o Re-Pa muitas vezes é traumático, mas para nós, enquanto projeto de conquista do campeonato, não vai ter, a não ser pelo fato de querermos pontuar. Ele pesa muitas vezes mais para aquecer essa rivalidade. Mas estamos tranquilos em relação a isso. (Com informações do Diário do Pará Sucursal de Tucuruí)

Valter Lima a esperança do Galo para a garantia de vitorias

Valter Lima comandou várias equipes no futebol paraense como: Paysandu, São Raimundo, Sergipe-SE e outros



São Raimundo e Independente brigam para fugir da ponta inferior da tabela. As duas equipes fazem campanha abaixo do esperado e já sentem o medo do rebaixamento. Além disso, até aqui, foram os únicos clubes que trocaram de técnico no decorrer da competição. Hoje, se enfrentam no Barbalhão, às 18h30.
No lado santareno, aconteceu o que muitos temiam. A instabilidade política na diretoria do clube tem afetado o desempenho dos jogadores dentro de campo. O Pantera iniciou o Parazão sob o comando de Lúcio Santarém. O técnico ficou à frente da equipe alvinegra somente por dois jogos – empate em 1 a 1 com São Francisco e a derrota para o Remo por 1 a 0.
Com o retorno do presidente afastado, Rosinaldo do Vale, a nova diretoria rapidamente demitiu Lúcio e colocou Nildo Pereira no cargo. Pereira era auxiliar técnico quando Charles Guerreiro foi treinador do São Raimundo, no Estadual do ano passado.
Há duas partidas comandando o São Raimundo, Pereira conseguiu a primeira vitória na competição na rodada anterior. Na 5ª colocação com 4 pontos ganhos, a equipe mocoronga precisa vencer para se distanciar de vez da ponta inferior e sonhar com a classificação para o quadrangular final.
No Independente, a equipe será comandada pelo técnico interino Amaral. No meio de semana, o empate diante do arquirrival do Pantera, o São Francisco, derrubou Fran Costa. Ele ficou no cargo por quatro jogos, somando somente um único ponto e amargando a lanterna da competição.
Valter Lima assumirá o time na terça-feira (31), e precisará dar um novo fôlego ao atual campeão estadual para tirar o Galo Elétrico da zona da degola. 
Em números - 4 pontos. Esta é a pontuação do São Raimundo, que segue com uma campanha abaixo do esperado no Campeonato Paraense. Para seguir com chances no primeiro turno, o time de Santarém precisa vencer o jogo de hoje.
O novo técnico, Valter Lima, estava livre no mercado desde sua saída do Castanhal, clube que comandou na primeira fase do Parazão.
Além do Castanhal, Valter Lima comandou várias equipes no futebol paraense como: Paysandu, São Raimundo, Sergipe-SE e outros.
Esperança do Galo- A esperança do novo técnico do Independente, Válter Lima, é apostar no melhor condicionamento físico do meia Gian, maestro do meio-campo tucuruiense. (Com informações da Sucursal do Diário do Pará em Tucuruí)

Militares do Exército de Tucuruí trabalham na reconstrução do Haiti


Militares de Tucuruí em atividade nas ruas da capital haitiana 
Militares de Tucuruí a mão amiga do soldado brasileiro

  Distribuição de material doado aos haitianos

O último dia 12 de janeiro marcou dois anos do terremoto que matou mais de 220 mil pessoas e arrasou uma parte do Haiti. Entre os mortos, mais de 20 brasileiros: militares, diplomatas e a fundadora da Pastoral da Criança, a Sra. Zilda Arns.
Os militares brasileiros que perderam suas vidas no exercício da função, faziam parte da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti - MINUSTAH.
Esta missão foi criada em junho de 2004 pelo Conselho de Segurança da ONU e tem como principal objetivo apoiar a reconstrução do país, mantendo um quadro de estabilidade política e social.
O 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva de Tucuruí, vem contribuindo pela segunda vez com o efetivo de militares do Exército Brasileiro nesta missão. Em 2008 foram enviados 30 militares de Tucuruí para o Haiti. Em agosto de 2011, este número subiu para 54, os quais devem retornar para o Brasil no próximo mês de abril.
Acompanhando o triste cenário, quase inalterado, os militares brasileiros estão dando demonstrações do seu real valor ao povo haitiano, brasileiro e ao mundo. Alguns analistas consideram que os militares brasileiros tornarem-se a principal força na reconstrução daquela sofrida nação.
As constantes demonstrações de dedicação, competência, profissionalismo, solidariedade e amor ao próximo estão ajudando a diminuir a dor dos haitianos e as desigualdades sociais e consolidando a fraternidade dos povos.
As ações realizadas pelos militares oriundos de Tucuruí ao Haiti enchem de orgulho toda a nação brasileira, em especial o estado do Pará e a população filhos de Tucuruí que tem sua representação através do 23° Esquadrão de Cavalaria de Selva de Tucuruí.
A distância de suas famílias, a diferença cultural e sócio-econômica, a grande carga de trabalho e outras diversas dificuldades enfrentadas no dia-a-dia são amenizadas pelo espírito de cumprimento de missão e pela certeza da grandeza mudança e da reconstrução de um novo país.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Assaltante tomba em refrega com a PM






















A Polícia Militar do Pará, através do 13° Batalhão de Tucuruí, comunicou a redação do Jornal de Tucuruí e Região On line, que as informações prestadas na postagem do dia 25 de janeiro publicada as 00:36 h por este meio de comunicação. Que naquela oportunidade, muitas informações estavam desencontradas colocando em dúvida a ação realizada e a atuação dos serviços de segurança da cidade.
A verdade - O meliante Samuel Alves de Lima, 24 anos, que morava na Travessa Lino da Costa no bairro do Paravoá, era na verdade um elemento de alta periculosidade, bastante conhecido pela polícia de Tucuruí e Região, ele com uma arma na mão causava o maior terror e pânico as suas vitimas.
No dia 24 de janeiro, Samuel Alves de Lima realizou durante todo o dia diversos assaltos em toda a cidade culminando a noite, precisamente as 21:00 h, Samuel de porte de um revolver, assaltado um cidadão, levando sua moto e seus pertences, inclusive sua camisa.
Com a denúncia do furto através do 190, a equipe da Polícia Militar de plantão iniciou uma ação de busca pelo assaltante, sendo encontrado na Rua Siqueira Campos, os policiais militares fecharam o cerco e comunicaram voz de prisão a Samuel, foi quando o meliante sacou de um revolver e realizou disparos contra a guarnição, seguindo em fuga, sendo que os policiais iniciaram sua perseguição de pés atrás do elemento, sendo atingido por disparos do policiais militares caindo na esquina da Rua Siqueira Campos com Rua da Bica. Depois da refrega com os policias o meliante levou a pior devido aos ferimentos chegou a óbito ainda no local.
Com isso fica esclarecido que o elemento Samuel Alves de Lima, tinha uma vida voltada a marginalidade, que inclusive já tinha puxado cadeia em Casa de Detenção do Estado e estava com diversas ordens de prisão para serem cumpridas.
NOTA DO JT ON LINE
A equipe de jornalismo do JT On Line, na noite do dia 24 de Janeiro foi acionada em função da morte de um homem em via pública. Ao chegarmos no local, diversas pessoas aglomeraram-se na cena do crime. Na coleta de informações muitas versões foram especuladas, mas em nenhum momento foi confirmado o numero de pessoas que perseguiram o meliante e a identidade delas.
Após a postagem recebemos informações que o elemento morto era de uma péssima índole, que inclusive estaria foragido em Tucuruí.
Com nossa experiência e sabendo que em todos os locais onde ocorrem crimes desta proporção, sempre impera a lei do silêncio em função de pessoas de boa índole não envolverem seus nomes nestes fatos.
Com a confirmação através da Polícia Militar nesta sexta-feira (27), que o meliante Samuel Alves de Lima, foi morto em função de fugir após ter recebido voz de prisão e trocado tiro com os policiais. Neste sentido com a conclusão das informações que não foram possíveis serem colhidas no local no dia da ação da PM, estamos complementando a matéria da morte de Samuel Alves de Lima para o conhecimento de a toda a sociedade tucuruiense, que conta com as ações da PM para coibir os mal feitores. (Wellington Hugles)


http://jornaldetucurui.blogspot.com/2012/01/mais-um-tomba-assassinado-tiros-em.html

Diário de Carajás: Dengue Hemorrágica confirmada em Tucuruí


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Conselho não aprova contas de 2010, e reunião termina em agressões




Dos 18 conselheiros compareceram 10 o que deu quorum para a reunião. O prefeito apresentou somente o relatório, sem a documentação necessária para justificar o gasto na Saúde de mais de um milhão de reais, diferença esta que foi detectada pelo DENASUS.

A reunião começou às 18:10 e como só tinha uma pauta que era a aprovação das contas, e como faltou à apresentação de documentos, o Conselho não aprovou as contas da saúde pública referente ao exercício de 2010, e às 18:45 a reunião foi encerrada.

Pastor tumultua após o encerramento da reunião do Conselho e agride repórter do Folha.

O Pastor José Maria, chegou atrasado, depois do encerramento da reunião e totalmente descontrolado, ensandecido de ódio e revolta porque o conselho não esperou o prefeito apresentar documentos na reunião, mesmo o prefeito não tendo enviado representante e nem justificando a falta da documentação perante o Conselho durante toda a reunião.

Em nossa opinião o prefeito apostou que não daria quorum na reunião do Conselho, como a estratégia não deu certo, o Pastor que é conselheiro e contratado pela PMT (Cargo Comissionado), tendo uma filha que também é contratada e trabalha no Centro de Referência Maria do Pará em Tucuruí, se desesperou e partiu para a violência contra o repórter do Folha dando um tapa e derrubando seu celular, só porque o reporter estava filmando o seu acesso de raiva e o tumulto que estava fazendo.


Como no caso da ASERT, os bate-paus do prefeito quando não conseguem convencer e ganhar democraticamente, partem para a violência e para a agressão verbal e física, provavelmente por orientação e incentivo do seu chefe.

Nunca houve na história de Tucuruí uma administração tão perseguidora e violenta como esta. Isto é lamentável, os seguidores do prefeito em sua maioria são violentos, mal educados e baderneiros.

Esta administração tenta a todo custo se impor cooptando as pessoas e quando não consegue, parte para a baderna e para a violência como estratégia política.

Isso é lamentável, principalmente partindo as agressões de um pastor evangélico, que se espera, deveria dar o exemplo. São estes que se dizem seguidores de Cristo? Este é o resultado quando a Igreja se mistura com política partidária.

Isso é lamentável.
FONTE FOLHA DE TUCURUÍ

Diário de Carajás: Contas da Saúde de 2010 analisadas pelo Conselho



Diário de Carajás: Acidente manda motociclista para o HRT



Diário de Carajás: MP faz vistoria no Hospital Regional de Tucuruí


Diário de Carajás: Usina de Tucuruí abre comportas



quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Mais um tomba a tiros em Tucuruí

 Samuel Alves de Lima, 24 anos, tombou com diversos tiros a queima roupa 
 
Os peritos do IML estiveram analisando o local do crime e levaram o cadáver para necópsia

Centenas de populares aglomeraram-se no local do crime


Por volta das 21:30 h desta terça-feira (24), mais um assassinato a queima roupa foi registrado em Tucuruí, a vitima foi o nacional Samuel Alves de Lima, 24 anos, que morava na Travessa Lino da Costa no bairro do Paravoá.
Segundo informações obtidas por populares no local, a vitima foi alvejada com diversos disparos de arma de fogo, no cruzamento da Rua Siqueira Campos com a Rua Adenildo Gaia (Bica), por um número de elementos ainda não confirmados. Samuel chegou a cair uma vez baleado, levantando-se e correndo em direção de uma moto, sendo crivado por balas que o levou a óbito.
A CTTUC através do Inspetor Lima ao chegar ao local isolou a área juntamente com a Polícia Militar e Civil, os peritos do Instituto Médico Legal Renato Chaves foram acionados e realizaram a perícia do local do crime e a remoção do cadáver para necrópsia.
Uma grande quantidade de pessoas aglomerou-se no local, com a chegada dos familiares foi confirmada a identidade de Samuel Aves de Lima.
Mesmo com todo o aparato policial que se encontra concentrado na cidade em função do acompanhamento e da segurança no julgamento dos envolvidos na operação “Lago sob Nevoa”, não coibiu a ação dos meliantes que executaram barbaramente a vitima.
A sociedade tucuruiense clama as autoridades de segurança do munícipio, ações para coibir a falta de segurança dos munícipes e elucidar mais este assassinato, para que não fique esquecido nas estatísticas da polícia, com isso colocando um fim nas ações de meliantes que costumeiramente fazem justiça pelas próprias mãos na cidade.

Preso assaltante dos R$ 100 mil levado na "saidinha bancária" em Tucuruí




Vagner Lopes: Flagrado com arma 380, suspeito do assalto dos R4 100 mil de empresário


Vagner Oliveira Lopes, apontado como autor de roubo na modalidade “saidinha bancária” está preso em Tucuruí, sudeste do Estado. Ele foi flagrado enquanto estava em um motel do município com uma pistola marca Imbel calibre 380 municiada com quatro cartuchos. O preso foi apresentado por uma guarnição da Polícia Militar, sob coordenação do sargento Luciano, na sede da Polícia Civil, para ser autuado em flagrante pela delegada Rosinara Santos de Abreu, plantonista da 15ª Seccional Urbana de Tucuruí, por porte ilegal de arma de fogo de acordo com o Estatuto do Desarmamento. A prisão foi resultado de investigação realizada de forma conjunta pela Seccional Urbana de Tucuruí em atendimento à orientação do superintendente regional do Lago de Tucuruí, delegado Carlos Magalhães, em parceria com a Polícia Militar de Tucuruí, para intensivar investigações para esclarecer a autoria de crimes de roubo conhecido por “saidinha”.
De acordo com o delegado Carlos Magalhães, a Polícia Civil registrou ocorrências deste crime no município nas últimas semanas, o que levou a equipe policial a intensificar a repressão a esse tipo de delito. Os policiais chegaram ao nome do acusado na condição de suspeito de participar de roubos. Durante investigações, os policiais conseguiram localizá-lo em um motel do município. Após a prisão, foi mantido contado com a vitima do assalto registrado no último dia 17. Na ocasião, foi subtraída a quantia de R$ 100 mil.
A vitima foi abordada após sacar o valor na agência da Caixa Econômica Federal do município. "Ela foi seguida por dois indivíduos em uma motocicleta. Um dos assaltantes estava sem capacete. Após a prisão dele, foi possível realizar o reconhecimento por parte da vítima que apontou o preso como um dos autores do crime", explicou o delegado. Além da “saidinha bancária", o preso é suspeito de outros roubos cometidos na mesma modalidade. Os crimes estão sendo investigados. A Justiça local já manteve o flagrante do preso que permanecerá recolhido para responder pelos crimes.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Acidente grave na Vila e Hospital Regional de Tucuruí sem médicos






Um grave acidente com moto ocorreu no início da tarde da segunda feira (23), na Avenida Amazônidas na entrada da rotatória da portaria principal da Vila Permanente.
Pelo estado em que ficou a moto Honda CB 300 cilindradas, que se chocou de frente com um bloco de concreto que faz o reforço do poste que por diversas vezes foi derrubado em acidentes anteriores, o piloto estaria em estado grave, mas graças às bênçãos de Deus, o técnico em enfermagem Odair Oliveira que estava saindo de seu plantão no Hospital Regional de Tucuruí, saiu com faturas múltiplas, mas passa bem e foi transferido para Belém, Odair teve seu atendimento emergencial realizado pelos atendentes e enfermeiros do HRT, haja vista, que durante todo o dia, o Hospital Regional de Tucuruí está sem nenhum médico para realizar o atendimento dos pacientes. Apenas o médico intensivista que se encontrava de plantão na Unidade de Tratamento Intensivo – UTI, Dr. Guilherme Oliveira realizou o atendimento do acidentado Odair.
Muitas reclamações dos pacientes ocorreram no hospital culminando com a vinda do Promotor de Justiça da comarca de Breu Branco José Augusto Nogueira Sarmento, em face da falta de médico, mais de 50 pacientes que estavam aguardando o atendimento diário pela manhã retornaram para suas casas sem serem atendidos. Na emergência os pacientes que chegavam acidentados estavam sendo atendidos pelos enfermeiros e em alguns casos prioritários, recebiam o atendimento do médico intensivista, que se ausentava da UTI para realizar o atendimento aos pacientes, colocando em risco os pacientes internados do HRT. (Wellington Hugles)

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Paysandu 2 X 1 Tuna, o Papão inicia sua trajetória rumo ao título


Técnico do Leão Sinomar Naves visita Wellington Hugles em Tucuruí


Fotos: Die Sacramento
 Sinomar Naves em visita ao presidente da Liga Esportiva Municipal de Tucuruí o jornalista Wellington Hugles
 Sinomar Naves e equipe técnica do Leão Azul em visita a Wellington Hugles em Tucuruí
Carlos e Ronaldo da equipe técnica do Leão em visita ao jornalista e presidente da Liga de Tucuruí Wellington Hugles

O técnico do clube do Remo Sinomar Naves já em Tucuruí, realizou juntamente com sua equipe técnica formada por: Jaime, Ronaldo, Carlos e Junior uma visita ao presidente da Liga Esportiva Municipal de Tucuruí o jornalista Wellington Hugles, na oportunidade Sinomar agradeceu o apoio dispensado por Hugles e a Liga Esportiva em sua passagem por Tucuruí.
Hugles falou da vitoriosa campanha do técnico Naves pelo Independente de Tucuruí, coroando em 2011 a conquista do Campeonato Paraense a frente do Galo Elétrico.
Wellington Hugles parabenizou Sinomar Naves por ser agraciado no mês de dezembro com a maior comenda do município de Tucuruí, o Titulo de “Cidadão Tucuruiense”.
Atualmente o técnico do Remo, Sinomar Naves, acredita que o time sob seu comando esta evoluindo. Para o treinador do Leão, os jogadores que foram contratados estão chegando à sua melhor forma tanto física, como técnica. “Nossos jogadores, do meio para frente, ainda não atingiram sua forma física e tática ideal. Foram os jogadores que chegaram atrasados e treinaram pouco com a equipe. Mas, nossa equipe jogou muito bem, fez um primeiro tempo excelente e no segundo, tivemos uma postura inteligente para sairmos com a vitória”, avaliou Naves.
Para o comandante azulino, o placar poderia ter sido maior, se seu time tivesse acertado mais na hora da troca de passes. “Erramos muitos passes em contra-ataques em que poderíamos ter finalizado com gol”, observou.
Sinomar também comentou sobre a entrada de dois garotos da base, Jayme e Betinho. “Tiveram bom desempenho e isso demonstra o bom trabalho que estamos fazendo com os garotos. Pela nossa experiência, sabemos o momento certo em colocá-los”.
E o herói azulino Betinho, está confirmado para o jogo deste sábado contra o Independente de Tucuruí.
Betinho vai substituir Juliano que sofreu um baque grave no tornozelo e deve passar cerca de 15 dias em recuperação. “A torcida tem ajudado muito a gente, tanto eu, como o Jayme. Se eles criticassem no primeiro passe errado, não estaríamos fazendo esse trabalho”. (Com informações do Diário do Pará Sucursal de Tucuruí)
Remo em Tucuruí - Para o importante jogo deste sábado, contra o Independente, o Clube do Remo chegou a Tucuruí, sudeste paraense  distante 453 km capital às 20h30 desta quinta-feira19.
Apesar de durar mais de sete horas, a viagem de ônibus transcorreu tranquilamente. Os jogadores assistiram vários filmes, depois o videoteipe do jogo Remo 1 x 0 São Raimundo, em Belém.
Tão logo chegaram ao CRT Hotel, os jogadores foram jantar e depois se recolheram aos seus apartamentos.
Treino no Complexo do CRT - Pela manhã desta sexta-feira, o preparador físico Carlos Rocca realizou um trabalho de reforço muscular com o meia Magnum no complexo esportivo do CRT, local onde a delegação está concentrada.
Na parte da tarde a partir das 16:00 h o grupo fará o reconhecimento do gramado do Estádio Navegantão para o jogo contra o  Independente neste sábado (20/01), às 19h30.
Sem confirmação - Embora assegure que a tendência é repetir a formação do time, o treinador Sinomar Naves não confirmou a escalação. “Vou deixar para definir somente após os trabalhos de hoje, à tarde em Tucuruí, mais uma coisa e certa Betinho entrará como titular”, disse o treinador.
Preparação - Toneyvando Costa se diz orgulhoso em preparar o almoço dos jogadores azulinos, foram servidos aos atletas: filé ao molho madeira, frango grelhado, massa e muita salada. Essa é a base do cardápio que foi servido para os jogadores do Leão por volta do meio-dia no CRT hotel, em Tucuruí.
O chefe da cozinha do hotel, Toneyvando Costa, conta que os jogadores não dão trabalho algum. Pelo contrário, são muito educados e bem receptivos com os funcionários do hotel.

 Em Tucuruí o preparador físico Carlos Rocca realizou um trabalho de reforço muscular com o meia Magnum 

Bloco Pinocler é manchete no Jornal O Liberal em todo o Pará



Diário de Carajás: Greve da PM e Bombeiros em Tucuruí



Diário de Carajás: Desperdício de medicamentos jogado no lixo em Tucuruí






Diário de Carajás: Morte misteriosa do Taxista "Sorriso"