Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Dilma Roussef entrega 164 casas e 1.248 apartamentos em Castanhal


Dilma Roussef entrega 164 casas e 1.248 apartamentos em Castanhal
 O residencial Jardim dos Ipês teve seu projeto elaborado pela Cohab e será inaugurado nesta sexta-feira (1) pela presidenta da republica Dilma Rousseff e pelo governador Simão Jatene

A presidenta Dilma Roussef juntamente como o governador Simão Jatene, entregam, nesta sexta-feira, 1º de fevereiro, em Castanhal, o residencial Jardim dos Ipês, construído em parceria com o governo federal, por meio do programa "Minha Casa, Minha Vida".
A inauguração do empreendimento contará com a presença da presidente da República, Dilma Roussef que pela primeira vez virá ao Pará após sua posse. O governador vai recepcionar a presidenta na Base Aérea de Belém, por volta de 9 horas da manhã, e deverá acompanhá-la, de helicóptero, até Castanhal.
A cerimônia de inauguração está prevista para iniciar às 10 horas.
O residencial Jardim dos Ipês teve seu projeto elaborado pela Companhia de Habitação do Pará (Cohab) e está constituído de quatro residenciais: Jardim dos Ipês Amarelos, Jardim dos Ipês Roxos, Jardim dos Ipês Brancos e Jardim dos Ipês Rosa. A Cohab foi responsável pela execução de infraestrutura interna, composta por sistema viário, sistema de abastecimento de água, rede de drenagem de águas pluviais, esgotamento sanitário e rede de distribuição de energia elétrica e iluminação pública, além da construção de 1.412  unidades habitacionais, sendo 164 casas e 1.248 apartamentos.
As casas possuem área de 35 metros quadrados e os apartamentos 43 m². Ambos são compostos de sala, cozinha, dois quartos e banheiro. O sistema de abastecimento de água foi dimensionado para atender também o residencial Jardim dos Tangarás, inaugurado no ano de 2012, localizado em área contígua, contemplando mais 496 famílias, perfazendo um total de 1.908 famílias beneficiadas.
Com o advento do programa "Minha Casa, Minha Vida", o terreno, com a Estação de Tratamento de Água já construída, foi alienado para a Caixa Econômica Federal, que adquiriu a área com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial, para a construção das 1.412 unidades habitacionais. O investimento do Governo do Estado no programa, excluindo-se os valores pagos pelo terreno, foi da ordem de R$ 1.879.320,39, referente à Estação de Tratamento de Água e o asfaltamento da via de acesso e da primeira rua frontal ao empreendimento.
Residencial Jardim dos Ipês Amarelos:
- Nº de Unidades Habitacionais:  332 (76 casas e 256 aptos)
Residencial Parque dos Ipês Roxos:
- Nº de Unidades:   360 aptos
Residencial Parque dos Ipês Brancos:
- Nº de Unidades: 376 apartamentos
Residencial Parque dos Ipês Rosa:
- Nº de Unidades: 344, sendo 256 apartamentos e 88 casas

Cametá enfrenta o Paysandu ao vivo na TV Cultura via internet

Cametá enfrenta o Paysandu ao vivo na TV Cultura
O jogo desta quinta-feira, 31, promete ser decisivo para Cametá e Paysandu, que buscam mais uma vitória no Parazão.
Dotado do ataque mais positivo do campeonato até aqui - 11 gols, boa parte deles saídos dos pés de João Neto e Rafael Oliveira - o Papão já superou a derrota no clássico para o Remo e busca errar menos, como pede o técnico Lecheva.
Já o Cametá quer uma chance de se aproximar do G4 após um começo de campeonato decepcionante, mas que vem engrenando desde a vitória frente a Tuna Luso. Com quatro pontos até o momento, uma vitória hoje contra o Paysandu pode fazer o Mapará acreditar na classificação.
No confronto, válido pela 6ª rodada do torneio estadual, uma curiosidade: Cacaio, o técnico do Mapará, foi campeão brasileiro da série B pelo Papão.
Cametá e Paysandu será transmitido com exclusividade às 20h30, pela Rádio, TV e Portal Cultura. Lembrando que antes da bola rolar o “Meio de Campo” entra no ar, às 19h30, com debate e sorteio de prêmios. 

TV Cultura Digital transmite o Campeonato Paraense de Futebol




TV Cultura Digital transmite o Campeonato Paraense de Futebol
Os times paraenses entram em campo e a Cultura Rede de Comunicação desenvolve um esquema para garantir a transmissão dos jogos para todo o Pará
Desde o último dia 13, a transmissão do Campeonato Paraense de Futebol 2013 esta ocorrendo pela TV Cultura Digital. A equipe da emissora entrou em campo para transmitir o primeiro jogo entre o Paysandu x São Francisco, direto da Curuzu.
A TV Cultura é a única emissora de televisão que detém os direitos de transmissão do Campeonato Paraense, que este ano ganha mais qualidade graças ao sinal digital da TV Cultura. A presidente da Cultura Rede de Comunicação, Adelaide Oliveira, destaca a parceria com a Empresa de Processamento de Dados do Pará (Prodepa), que garante a transmissão dos jogos online no Portal Cultura, no endereço www.portalcultura.com.br.
A transmissão na internet dá aos torcedores a oportunidade de acompanhar os times estando em qualquer lugar do Brasil e do mundo. No Pará, a TV Cultura alcança 111 municípios, além da Região Metropolitana de Belém. Outra novidade é que, este ano, a Rede Cultura de Comunicação vai premiar os melhores jogadores, selecionados a partir da indicação de jornalistas esportivos e ex-jogadores e escolhidos pelo voto dos telespectadores. Será lançado também um blog do Parazão, com todos os detalhes sobre os jogos.
Além de aprimorar a qualidade da transmissão, a Cultura Rede de Comunicação também investe na qualificação de seus profissionais, que, participaram de uma oficina com André Gallindo, da Rede Globo, considerado uma das referências em jornalismo esportivo no Brasil. Durante uma semana, o diretor de fotografia João José Santos deu curso sobre transmissão digital com foco em jornalismo e produção. A cada transmissão, são cerca de 25 profissionais em campo, entre narradores, repórteres, produtores e técnicos.
A partir do início das transmissões, a TV Cultura volta a exibir os programas "Meio de Campo", ao vivo, sempre antes de cada jogo, com apresentação de Raul Bentes e Ana Paula Bezerra, e "Esporte Cultura", toda segunda-feira, às 19h30, com os comentários sobre a rodada de jogos.

Serviço: Campeonato Paraense de Futebol. Transmissão pela TV Cultura Digital (canal 2.1), Rádio Cultura FM (93,7) e Portal Cultura (www.portalcultura.com.brwww.portalcultura.com.br).

‘Maranhão’ morto à bala em Tucuruí


‘Maranhão’ morto à bala em Tucuruí

O nacional Antônio Pocassio Neto, 25 anos, morador do bairro da Matinha, conhecido pelo apelido de ‘Maranhão’, foi alvejado no início da tarde desta quinta-feira (31), com três tiros a queima roupa, sendo um na cabeça, um no abdômen e outro no tórax mesmo socorrido ao Hospital Regional após os procedimentos veio a óbito as 17 h.
O assassinato de Antônio Pocassio Neto de codinome ‘Maranhão’, ainda esta sem nenhuma explicação de quais os reais motivos que levaram a sua morte que ocorreu em via pública na Rua João Pessoa em frente à Academia Ritmus na Praça das Mangueiras no bairro da Cohab em Tucuruí.
Segundo informações de populares, após o meio dia, ‘Maranhão’ transitava tranquilamente pela Praça das Mangueiras, quando foi surpreendido por dois elementos não identificados em uma moto, que começaram a realizar disparos em sua direção. Populares ainda socorreram ‘Maranhão’ que foi levando as pressas para o Hospital Regional de Tucuruí, onde Antônio Pocassio Neto foi internado em estado grave na UTI com um tiro na cabeça onde a bala se encontra alojada, e mais dois tiros que lhe perfuraram órgãos vitais no abdômen e outro no tórax. Mesmo com toda a assistência dispensa pela equipe de médicos do HRT, ‘Maranhão’ não suportou os graves ferimentos a tiros e foi a óbito as 17 h desta quinta-feira.
Assassinato – Passado pouco mais de 60 dias, a Praça das Mangueiras no bairro da Cohab volta a ser palco de novo tiroteio, no dia 21 de novembro de 2012, na Rua dos Lírios, a menos de 200 metros de onde ‘Maranhão’ foi baleado, o nacional Elison Dias, 26 anos, conhecido como ‘Tininho’, foi alvejado com seis tiros, sendo levado a Unidade de Pronto Atendimento de Tucuruí, e ao dar entrada foi constatado o seu óbito.

As ações de execução estão se proliferando na cidade, no último dia 25, foi executado com sete tiros no bairro da Nova Matinha Darlan dos Santos Bezerra. Estes crimes na sua maioria sempre obedecem a um padrão, de dois elementos em uma moto, sendo que um garante pilotar a moto na fuga, enquanto ao outro recai a responsabilidade de tirar a vida da vítima.

‘Maranhão’ internado na UTI do Hospital Regional com 3 tiros


‘Maranhão’ alvejado com 3 tiros na Cohab

O nacional Antônio Pocassio Neto, 25 anos, morador do bairro da Matinha, conhecido pelo apelido de ‘Maranhão’, foi alvejado no início da tarde desta quinta-feira (31), com três tiros, sendo um na cabeça, um no abdômen e outro no tórax.
A tentativa de assassinato de Antônio Pocassio Neto de codinome ‘Maranhão’, ocorreu em via pública na Rua João Pessoa em frente à Academia Ritmus na Praça das Mangueiras no bairro da Cohab em Tucuruí.
Segundo informações de populares, passado o meio dia, ‘Maranhão’ transitava tranquilamente pela Praça das Mangueiras, quando foi surpreendido por dois elementos não identificados em uma moto, que começaram a realizar disparos em sua direção, um tiro acertou a sua cabeça e a bala se encontra alojada, mais dois tiros acertaram órgãos vitais no abdômen e outro no tórax.
Populares socorreram ‘Maranhão’ que foi levando as pressas para o Hospital Regional de Tucuruí, onde Antônio Pocassio Neto se encontra internado em estado grave na UTI.
Se não fosse o socorro rápido dos anjos da rua, ‘Maranhão’ teria chegado a óbito no local.
Assassinato – Passado pouco mais de 60 dias, a Praça das Mangueiras no bairro da Cohab volta a ser palco de novo tiroteio, no último dia 21 de novembro de 2012, na Rua dos Lírios, a menos de 200 metros de onde ‘Maranhão’ foi baleado, o nacional Elison Dias, 26 anos, conhecido como ‘Tininho’, foi alvejado com seis tiros, sendo levado a Unidade de Pronto Atendimento de Tucuruí, e ao dar entrada foi constatado o seu óbito.
As ações de execução estão se proliferando na cidade, no último dia 25, foi executado com sete tiros no bairro da Nova Matinha Darlan dos Santos Bezerra. Estes crimes na sua maioria sempre obedecem a um padrão, de dois elementos em uma moto, sendo que um garante pilotar a moto na fuga, enquanto ao outro recai a responsabilidade de tirar a vida da vítima.

"Maranhão" recebeu varios tiros na Praça das Mangeiras em Tucuruí

Mais uma pessoa foi baleada com vários tiros nas ruas de Tucuruí, na tarde desta quinta-feira (31),   o nacional conhecido como "Maranhense", estava no bairro da Cohab próximo a academia Ritmus em frente a Praça das Mangueiras, segundo informações "Maranhense" como era conhecido na cidade, levou dois disparos de pistola logo após ter cruzado com duas pessoas em uma moto, os disparos acertaram sua cabeça e pescoço, sendo socorrido por populares ao Hospital Regional de Tucuruí onde se encontra internado em estado grave na UTI.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Tucuruí e Região: BR-422 fora da determinação de instalação de balanças

Aquaplanagem em rodovias
Guard rail garante maior segurança aos condutores

Rodovia BR-422

BR-422 fora da determinação de instalação de balanças
A determinação da Justiça Federal de Marabá, através da iniciativa do Ministério Público Federal (MPF), em atendimento as demandas da população que sofre com a degradação das estradas em algumas rodovias federais da região sul e sudeste do Pará, deixou uma lacuna muito grande principalmente com referência a BR-422, que recebe diuturnamente uma quantidade absurda de veículos com cargas pesadas, que inclusive trafegam na rodovia federal que passa por cima da barragem e da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, trazendo uma degradação e a falta de trafegabilidade em alguns trechos, devido às crateras que estão sendo formadas.
Por outro lado, após a conclusão das obras do trecho Tucuruí a Vila Permanente, nos meados do ano de 2003 até os dias atuais, já foram registros uma centena de acidentes com vitimas fatais, como por exemplo, em 2012 a BR-422 vitimou 20 pessoas.
Tudo devido às inúmeras falhas constatadas na construção da rodovia, observa-se pontos com curvas, que ao invés de a abertura se a favor da curva, a pista tem a abertura jogando o veículo para fora da via.
Existem diversos pontos de acumulo de águas pluviais, que formam poças de água em toda a estrada, colocando em risco os condutores com a ‘aquaplanagem’ e a falta de ‘guard rail’ em toda a extensão de pontos de fuga da rodovia, colocando em risco os condutores, que na maioria dos acidentes observados ao longo dos 10 anos de funcionamento da BR-422, sempre as colisões são com os postes de iluminação distribuídos ao longo do canteiro central da rodovia, em função da ausência de uma proteção lateral, haja vista, a falta de acostamento e passeio central, que inclusive no projeto original da duplicação da rodovia em 2003, estava assegurada à construção de passeios centrais, e acostamentos laterais, mas, para diminuir os custos da obra, que foi realizada pela Eletronorte através da empresa Camargo Corrêa e fiscalizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).
Hoje, a população de mais de 110 mil habitantes de Tucuruí e os usuários dos municípios circunvizinhos, que necessitam diariamente trafegar pela rodovia BR-422 nestes trechos, correm diariamente o risco de morte.
Com a inauguração recente da Justiça Federal, e agora, com a instalação da sede do Ministério Público Federal em Tucuruí, a população está aguardando o atendimento dos anseios da sociedade, e que, o MPF seja o interlocutor junto a Justiça Federal dessas melhorias em nossa cidade e região. Ampliando às determinações já exauridas pela Justiça Federal de Marabá, para a rodovia BR-422, com isso, garantindo, maior segurança na trafegabilidade ao longo da BR-422, e na garantia, de maior segurança para a estrutura física da maior Hidrelétrica Brasileira, à Usina de Tucuruí, com o controle do peso das cargas dentro do padrão de segurança dos veículos que trafegam em toda a extensão da BR-422, com a instalação em caráter de urgência de balanças na BR-422. (Wellington Hugles)

DNIT terá que instalar balanças em vias federais


DNIT terá que instalar balanças em vias federais
A Justiça Federal de Marabá determinou à União e ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a instalação de balanças de pesagem de veículos e fiscalização em trechos das rodovias federais BR-122, BR-155, BR-158 e BR-230, localizadas na região sul e sudeste do Pará. O prazo para cumprimento da decisão é de 180 dias.
A decisão atende a solicitação feita pelo Ministério Público Federal (MPF) de Marabá em ação civil pública. O pedido do MPF foi justificado pela falta de balanças de pesagem e de fiscalização dos veículos que trafegam com excesso de peso nas rodovias da região, o que causa graves prejuízos ambientais e ao patrimônio público, além de ser a causa de inúmeros acidentes devido à rápida degradação do asfalto causada pelo constante fluxo de veículos de grande porte com sobrepeso. A decisão é da juíza federal Nair Cristina Corado Pimenta de Castro.
Em ofício enviado ao MPF, o DNIT, que é o órgão responsável por zelar pelas rodovias federais, atesta a inexistência de balanças na região sul e sudeste do Pará e reforça também a necessidade da instalação desses equipamentos na região.
Com base em estudos do próprio DNIT, a juíza federal afirma que, além dos danos causados à malha viária, o sobrepeso compromete também a segurança do veículo, já que peças como o eixo, freios e molas podem não suportar o excesso de peso aumentando o risco de acidentes.
O texto da decisão judicial reforça que a existência de um polo industrial altamente produtivo na região afeta diretamente o fluxo de veículos nas rodovias federais na região sul e sudeste do Pará. A falta de balanças, fiscalização e punição acaba incitando a impunidade e estimulando o transporte de carga com sobrepeso.
“Segundo a fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, requisitada pelo MPF, 35 notificações por infração ao limite de peso, em junho de 2011, teriam sido expedidas, somente, contra a siderúrgica Sidepar, localizada no setor industrial de Marabá, salientando que, em 19/06/11, os policiais constataram, com base na carga declarada nas notas fiscais, média de 94,43% de peso excedido pelos veículos”, detalha a sentença, destacando que a fiscalização foi baseada apenas nas notas fiscais devido à ausência de balanças.
Caso a decisão não seja cumprida no prazo de 180 dias, a Justiça determinou multa diária no valor de R$ 3 mil reais. A Polícia Rodoviária Federal deverá fazer a fiscalização do cumprimento das medidas. (MPF)

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Sociedade em Destaque: Noivado do casal Paco Martins e Rosângela Lopes e comemoração do aniversário do jovem Luan Ivo


MAIS GENTE
Noivado de Paco e Rosângela





   Na noite do último sábado 26 de janeiro, no terraço da pizzaria Soraya's, no centro da cidade de Tucuruí, o casal Paco Martins e Rosângela Lopes, recepcionaram seus familiares e amigos em uma requintada festa tradicionalmente Havaiana, para comemorar o noivado do belíssimo casal Paco e Rosângela. Os convidados estiveram presentes com roupas tradicionais lembrando os rituais de noivado no Havaí. Foram momentos de muitas alegrias e felicidades, coroado o acontecimento com a troca das alianças pelos noivos confirmando o compromisso de amor eterno e futuramente a troca das alianças pela de matrimônio.
    A festa foi até o sol raiar, com um requintado banquete regado as diversas bebidas tradicionais havaianas, que só finalizou na noite do domingo com a presença do casal no arrastão do bloco Minhocão. 
     Da redação do JT seguem os votos de muitas felicidades e um amor eterno.
_________________________________
______________________________________________________________________________ 

Niver in family
Laun Ivo no berço

Completou mais um ano de vida no último dia 23 de janeiro, o mais novo micro-empresário Luan Ivo do setor de lava jatos em Tucuruí, os festejos foram realizados no último sábado (26), com a presença de seus familiares e amigos, a confraternização foi regada a muito whisky e red bull, e como não poderia faltar os parabéns regado a um delicioso bolo de aniversário a festa foi animada com a potencia da Saveiro Vermelhona. Da redação do JT seguem os votos de parabéns e muito sucesso em seus investimentos.

Feira Pará Pescado em Tucuruí dias 1º e 2 de fevereiro



Criminosos assaltam carro-forte na PA-150


Criminosos assaltam carro-forte na PA-150
Um carro-forte que transportava dinheiro pela rodovia PA-150 foi assaltado, na tarde desta terça-feira (29), a 20 quilômetros da Vila Palmares, no trecho entre os municípios de Moju e Tailândia, no oeste do Pará.
A quadrilha era formada por oito homens, que estavam armados com escopetas e pistolas. O grupo tomou o carro-forte, conduziu o veículo para um ramal da rodovia e levou todo o dinheiro que era transportado. Informações preliminares afirmam que uma pessoa teria morrido durante a ação dos bandidos.
Ainda não foi informada a quantia que foi levada.
O caso já está com a Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em Belém.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

BOLSAS SOCIAIS não conseguiram diminuir as desigualdades sociais no País



BOLSAS SOCIAIS

Estudo realizado pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento afirma que, dez anos depois de implantados, os programas de renda não conseguiram diminuir as desigualdades sociais no País. Indica também que, sem iniciativas adequadas, as “bolsas” podem acentuar a distância entre as classes.
Há poucos dias, a presidente Dilma Roussef anunciou que até 2014 a miséria será erradicada no Brasil. A declaração é a uma afirmação do seu compromisso político-social, mas é um grande desafio pois o Brasil, apesar de estar entre as maiores economias do mundo e incluído nos Bric’s, sigla que reúne países emergentes (Brasil, Rússia, Índia, China e a África do Sul), mantém profundos contrastes entre o seu potencial econômico e sua parcela de população miserável.
Sou a favor dos programas como o bolsa-família porque são instrumentos para a retirada de populações que vivem na mais profunda pobreza. A situação é mais ou menos igual a de um médico que atende a um paciente em estado gravíssimo: a primeira coisa a fazer é salvar-lhe a vida. Depois, então, serão verificadas outras medidas para a saúde. No caso das bolsas, os brasileiros são retirados da indigência com R$ 112 reais por mês. Mesmo que esse valor possa parecer insignificante e por mais paradoxal que seja a situação, há muitos cidadãos no País que não podem imaginar suas vidas sem essa irrisória quantia. Esse é o retrato da nossa realidade econômico-social. O cruel reflexo de um dos mais sérios problemas brasileiros, que é a desigualdade social, é a má distribuição de renda. Não creio que alguém possa ser tão insensível para desejar que o governo acabe com os programas sociais.
Por algum tempo, o Brasil ainda vai precisar desses programas, mas espero que essa política – fundamental para o povo que está no estágio da miséria – seja emergencial e transitória. Paralelos à manutenção dos programas de bolsa devem estar os projetos e programas de criação e inserção de populações no mercado de trabalho. É a verdade traduzida no velho ditado: melhor que dar um peixe a alguém faminto é lhe ensinar a pescar. Este é o caminho que o Brasil deve tomar, a exemplo de Bangladesh, onde foi criado o Banco do Povo, ou mesmo no programa New Deal, do presidente americano Franklin Delano Roosevelt que desenvolveu frentes de trabalho por toda parte e de toda ordem, capazes de preparar mão de obra, criar mercados produtivos e inserir os desempregados na depressão dos EUA de 1929. São ideias, projetos e ações que deixam para trás o sentido da esmola. A remuneração se fundamenta na justiça e no direito ao trabalho.
O Brasil precisa de muitas escolas de pesca para tirar a miséria do seu caminho. O benefício da bolsa deve cessar na hora em que o governo inserir o cidadão nos programas econômicos e sociais.
JADER BARBALHO*Texto originalmente publicado no Jornal Diário do Pará no dia 27 de Janeiro de 2012.

Senador Jader denuncia falta de investimentos no Pará



Diário do Pará no Caderno Diário Polícia: Desportista e Assassinado com Tiros na Cabeça


Diário do Pará no Caderno Diário Polícia: Afogamento - Corpo de pescador encontrado no Lago de Tucuruí


Diário do Pará no Caderno Diário Polícia: Homem tem garganta cortada com Serra Elétrica




sábado, 26 de janeiro de 2013

Massacre da Serra em Tucuruí

 Foto: Wellington Hugles

Residência de Waldemir Almeida no bairro Beira Rio onde seu corpo foi encontrado
Poça de sangue formada em baixo da casa de Waldemir Almeida 

Por volta das 18 h desta sexta-feira (25), a Polícia Civil de Tucuruí, foi acionada por populares, para verificar o sumiço do nacional Waldemir de Sousa Almeida, 36 anos, morador da Rua no bairro Beira Rio, ao chegar a casa onde residia Waldemir Almeida, seu corpo foi encontrado sem vida em uma poça de sangue com a garganta cortada, e ao seu lado estava uma Makita, instrumento usada na construção civil para cortar lajotas, madeira e outros objetos.
Segundo informações de populares, Waldemir Almeida morava sozinho na casa, e logo após o meio dia, desta sexta-feira (25), os vizinhos sentiram a falta dele, pois sempre ele estava na redondeza conversando com os vizinhos, e não informou a ninguém se ausentaria da casa, por este motivo a suspeita, e a preocupação com o seu sumiço.
Até o momento não esta descartada a possibilidade da morte ter sido um homicídio, mas, tudo leva a crer que Waldemir de Sousa Almeida cometeu suicídio.
Após a constatação pelos investigadores da Polícia Civil do óbito do nacional, a equipe do IML foi acionada para realizar a remoção do corpo, que foi periciado e liberado para a família, que realizou a translado do féretro para ser sepultado no município de Mocajuba sua cidade natal.
As investigações darão continuidade para elucidar o motivo da morte de Waldemir Almeida, e com o resultado do laudo pericial feito no local e no corpo de Waldemir, a polícia civil com o resultado técnico das causas que levaram a morte de Waldemir Almeida, tomará todas as providências para elucidar o caso.

Morte com garganta cortada, ossada encontrada na Transcametá e corpo de pescador encontrado no Lago


Morte com Maquita – Por volta das 21 h desta sexta-feira (25), o nacional Waldemir de Sousa Almeida, 36 anos, foi encontrado morto com a garganta cortada em sua residência no bairro do Beira Rio em Tucuruí ao seu lado estava uma maquita usada na construção civil. Até o momento não esta descartada a possibilidade de ter ocorrido suicídio ou homicídio, sendo aguardado o resultado da pericia no corpo de Waldemir para que a polícia civil possa dar andamento nas investigações.
Ossada – Na manhã deste sábado (26), a equipe do IML de Tucuruí, acompanhou os investigadores da Polícia Civil na Rodovia Transcametá (BR-422), no Km 30, entrando cerca de 10 km de uma vicinal, para realizarem a pericia local e a remoção de uma suposta ossada humana encontrada por colonos, segundo as informações do perito criminal Andrey Fernandes diretor do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Tucuruí, a ossada achada são apenas poucos fragmentos de ossos, que foram recolhidos, e que, ‘a olho nu’ não da para confirmar se realmente se trata de ossada humana, mas que será encaminhada a capital ao setor de antropologia forense para a devida analise pericial.
Afogamento – Ao final da tarde da quinta-feira (24), a equipe de resgate do Corpo de Bombeiros Militar de Tucuruí, conseguiu encontrar o corpo do pescador Ângelo Dias Valério de 49 anos, que estava desaparecido desde à tarde da terça-feira (22) no lago de Tucuruí, os bombeiros encontraram muitas dificuldades, mas com a ajuda dos ribeirinhos tiveram êxito, o corpo foi levado para um porto mais próximo do local já no município de Breu Branco, sendo removido pela equipe do IML, que após necropsia confirmaram a identidade do pescador, haja vista, o adiantado estado de putrefação do cadáver. O corpo foi liberado aos familiares para o funeral.

Darlan executado a tiros na Nova Matinha


Darlan executado a tiros na Nova Matinha
Fotos: Wellington Hugles
Esquina da Rua Marciano Siqueira onde Darlan Bezerra foi executado com seis tiros a queimar roupa
Prédio do IML de Tucuruí  com suposta 'fila de espera' para a necropsia dos cadáveres


Por volta das 21 h desta sexta-feira (25), na Rua Marciano Siqueira no bairro da Nova Matinha nas proximidades do ‘Bar do Gordo’, a vítima conhecida popularmente no meio esportivo como Darlan dos Santos Bezerra, 27 anos, casado e pai de dois casais de filhos. A vítima transitava em seu carro a caminho de sua residência, naquele momento Darlan Bezerra ainda chegou a cumprimentar as pessoas que estavam no bar, seguindo pela rua com pouca velocidade, antes de chegar à esquina em função da pouca iluminação, uma moto preta com dois elementos com capacete, adentrou a rua em alta velocidade e emparedou com o carro da vítima, e, sem ter como esboçar defesa ou fuga, recebeu o primeiro tiro no peito, foi quando o veículo parou totalmente, os meliantes ainda em dúvida da morte de Darlan, e para terem certeza do ‘serviço’, fizeram o retorno na moto e retornaram abrindo à porta do veículo e disparando mais seis tiros, na sua maioria na cabeça da vítima, após a confirmação da execução sumária de Darlan Bezerra, os algozes fugiram do local.
Por coincidência na outra esquina próximo onde Darlan Bezerra foi executado, uma viatura da Polícia Militar estava ‘no prego’ e os militares estavam trocando o pneu, sendo ainda surpreendidos com vários disparos de tiros pelos motoqueiros em direção da viatura, para coibir a ação dos policiais em persegui-los, por sorte, os disparos não vitimou nenhum militar.
Por quase duas horas, o corpo de Darlan Bezerra, ficou no local aguardando a perícia do Renato Chaves e a remoção do IML, segundo as informações preliminares, os dois homens de capacete em uma moto preta, chegaram próximo ao carro da vítima e passaram a realizar disparos de revólver na cabeça e no corpo de Darlan, fugindo em seguida do local.
Necropsia – Segundo informações dos familiares, desde a noite da sexta-feira (25), até o final da manhã deste sábado (26), o corpo de Darlan Bezerra, encontra-se em uma suposta ‘fila de espera’ para necropsia no IML de Tucuruí, pelo motivo do médico legista, está doente, formando esta fila de corpos, já conta com quatro corpos aguardando a pericia.
IML – Em contato telefônico com o perito criminal Andrey Fernandes diretor do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Tucuruí, as informações com referência a suposta ‘fila de espera’ para necropsia é sem dúvida inverídica, pois não há nenhum cadáver aguardando necropsia no IML, a não ser o de Darlan dos Santos Bezerra, que foi trazido para o instituto às 23 h desta sexta-feira, mas, que conforme determinação as necropsias só são realizadas nos horários das 8 h às 21 h, por este motivo, apenas na manhã deste sábado, e que foi realizada a pericia, mas, os familiares procuraram o instituto apenas às 9:40 h, deste sábado, para solicitar a liberação do corpo de Darlan, e foi, a partir do momento do reconhecimento do cadáver pelos familiares que acionamos o médico legista para realizar a necropsia, mas que foi finaliza antes do meio dia, e o corpo liberado para a família.
No bairro da Nova Matinha onde Darlan Bezerra atuava como dirigente de clube esportivo no esporte amador da cidade, que inclusive Darlan Bezerra foi campeão municipal como técnico em 2012, os jogadores e a população em geral estão tristes e revoltados pela forma cruel que Darlan foi executado, sem pelo menos o direito a defesa e exigem uma resposta das autoridades para elucidar esta morte e muitas outras ocorridas no ano de 2012.
Em 2012, as estatísticas mostram que oito assassinatos com características de execução foram registrados em Tucuruí, e até o momento nenhum destes crimes foram totalmente elucidados, nos primeiros dias do mês de janeiro, já se observa que os crimes de execução não foram coibidos e novas vitimas estão perdendo suas vidas como Darlan dos Santos Bezerra.
Último adeus - O velório de Darlan Bezerra ocorrerá na Rua Jacinto Ramos, 818 bairro Colinas próximo a Comunidade Evangélica Geração Eleita, a partir das 14 h deste sábado (26). E o sepultamento do féretro ocorrerá no final da tarde deste domingo (27). 
(Foto Arquivo Outubro/2011)

Sem local adequado para a colocação dos corpos que aguardam necropsia, os familiares ficam angustiados ao pensar que  novamente os corpos de seus entes queridos poderiam ser colocados ao chão no fundo do terreno do prédio do IML de Tucuruí como ocorreu em outubro de 2011 conforme foto acima

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Mais uma execução em Tucuruí


Mais uma execução em Tucuruí
WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Por volta das 21 h desta sexta-feira (25), na Rua Marciano Siqueira no bairro da Nova Matinha nas proximidades do Bar do Gordo, a vítima conhecida popularmente no meio esportivo como Darlan dos Santos Bezerra, 27 anos, transitava em seu carro a caminho de sua residência, naquele momento Darlan ainda chegou a cumprimentar as pessoas que estavam no bar, seguindo pela rua com pouca velocidade, antes de chegar à esquina, uma moto preta com dois elementos com capacete, adentrou a rua em alta velocidade e emparedaram com o carro da vítima, e sem ter como esboçar defesa, recebeu o primeiro tiro no peito, foi quando o veiculo parou totalmente, os meliantes inconformados e para terem certeza da execução, fizeram o retorno na moto e abriram à porta do veículo, disparando mais cinco tiros, na sua maioria na cabeça da vítima, após a confirmação da morte de Darlan, os algozes fugiram do local.
Por coincidência na outra esquina próximo onde Darlan foi executado, uma viatura da Polícia Militar estava ‘no prego’ e os militares estavam trocando o pneu, sendo ainda recepcionados com vários disparos pelos motoqueiros em direção da viatura, para coibir a ação dos policiais, por sorte, os disparos não vitimou nenhum militar.
Por mais de uma hora o corpo de Darlan ficou no local aguardando a pericia do Renato Chaves e a remoção do IML, segundo as informações preliminares, os dois homens de capacete em uma moto preta, chegaram próximo ao carro da vítima e passaram a realizar disparos de revólver na cabeça e no corpo de Darlan, fugindo em seguida do local.
O corpo de Darlan esta no IML e deverá ser liberado na madrugada deste sábado, para que os familiares possam providenciar o velório e o sepultamento do féretro.
No bairro da Nova Matinha onde Darlan atuava como dirigente de clube esportivo no esporte amador da cidade, os jogadores e a população em geral estão tristes e revoltados pela forma cruel que Darlan foi executado, sem pelo menos o direito a defesa.
Em 2012, as estatísticas mostram que oito assassinatos com características de execução foram registrados, e até oi momento nenhum foi elucidado, neste primeiro mês do ano já se observa que os crimes de execução não foram coibidos e novas vitimas estão perdendo suas vidas. 

Diário do Pará no Caderno Polícia: Pescador cai no rio após acidente e está desaparecido