Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Parabéns Wellington Hugles


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Crime cibernético na política de Tucuruí: “Fake” publica matéria difamatória contra vereador



  

Crime cibernético: “Fake” publica matéria difamatória em redes socais para tentar jogar a opinião pública contra um vereador de Tucuruí

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Redes Sociais

Passado três anos que entrou em vigor a Lei Federal 12.737/2012, que tipifica como crime condutas irregular no ambiente virtual, e que foi sancionada no final de 2013 pela presidente da república Dilma Rousseff (PT), garantindo através de dispositivos legais, uma série de critérios e sanções aqueles que utilizam a internet e as redes sociais para divulgar ou publicar inverdades, criando fatos difamatórios e caluniosos, sem nenhum fundo de verdade ou provas.

Na manhã desta quarta-feira (28), veio a tona em uma página na rede social do Facebook, intitulada com o nome de “Diego Pantoja”, mas com a foto do grande apresentador, o jornalista da Rede Brasil Amazônia (RBA), ancora do programa Metendo Bronca, Joaquim Campos, e dentre as fictícias informações e postagens, dava conta de uma suposta informação com o titulo: “Vereador do Município de Tucuruí Jairo Holanda Indica Projeto de Lei visando a autorização do casamento entre pessoas do mesmo sexo no município de Tucuruí”.

Entenda o caso - Um dos fatos que já virou corriqueiro em Tucuruí, dentro do período pré-eleitoral, é a criação de “fake’s” para atingir as pessoas que por ventura estejam se despontando com superioridade aos demais, dentro dos conceitos da opinião pública da cidade, com isso, como não podem atingir de forma direta seus opositores, que em muitos casos, não tem argumentos que possam trazer desgastes ou mesmo provas de que, “esta ou aquela pessoa”, é incompetente ou está de forma incoerente se utilizando do seu cargo em benefício próprio ou de um grupo, utilizando os conhecidos e vulgares “fake’s”, que nada mais são do que uma forma criminosa na criação de uma página pessoal fraudulenta dentro das redes sociais, com informações e fotos de terceiros, com a intenção de ofender e afetar de forma pessoal seus supostos inimigos ou opositores, com isso, criando factoides incoerentes, e acima de tudo, mentiras deslavadas para tentar jogar a opinião pública contra uma pessoa, que esta de certa forma atuando dentro da legalidade.

Com a entrada em vigor da lei que coíbe os crimes cibernéticos, houve um grande avanço nestas ações delituosas, e uma diminuição acentuada destes crimes, cometidos pelos vulgo “fake’s”.

Crime de difamação - Em Tucuruí, cidade piloto da região sul e sudeste, a política partidária e muito disputada, e muitos nomes já se formataram, para a disputa das eleições vindouras de 2016, com isso, muitas pesquisas de opinião púbica são realizadas mensalmente por todos os grupos políticos, para avaliar, o sobe e desce das pré-candidaturas, com isso, o desespero toma conta daqueles que em momentos atrás estavam com números positivos, e em alguns momentos, tendem a decair, e aqueles que prematuramente estavam com números irrisórios começam a subir, é neste momento, que os criminosos, os vulgo “fake’s” entram em ação para criar fatos inusitados e tendenciosos sem nenhum fundo de veracidade para confundir e jogar os munícipes de contra aos políticos que estão em ascensão.

Notoriamente na manhã desta quarta-feira (28), uma página na rede social do Facebook, intitulada com o nome de “Diego Pantoja”, mas com a foto do apresentador e jornalista da RBA, do programa Metendo Bronca, Joaquim Campos, que dentro das fictícias postagens, prestava informações de que já teria sido aprovado um Projeto de Lei de autoria do vereador Jairo Holanda que garantia o casamento entre pessoas do mesmo sexo no município de Tucuruí.

A verdade - De posse desta publicação do “fake” com a alcunha de “Diego Pantoja”, fomos apurar os fatos e esclarecer estas informações aos milhares de leitores que acompanham o trabalho do jornalista Wellington Hugles.

Mesmo sabendo que se tratava de uma informação inverídica, haja vista, o trabalho que exercemos de forma voluntária, acompanhando o dia-a-dia dos trabalhos na Câmara Legislativa, em reunião com a presidência da Câmara de Vereadores de Tucuruí, solicitei as informações oficiais e esclarecedoras, com referência a este assunto, e recebemos a resposta conforme publicamos o documento com o titulo Nota de Esclarecimento.

Segundo informações da Câmara de Vereadores, nunca foi dado entrada ou está em tramitação Projeto de Lei ou Preposição de autoria de nenhum dos 13 vereadores, que versa sobre a união estável ente casais homossexuais no âmbito municipal, inclusive, foi esclarecido ainda, que dentro do organograma do Poder Legislativo nunca existiu a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, sendo comprovado que se trata de um “esquema” difamatório orquestrado com a única intenção de jogar o povo de contra ao parlamentar Jairo Holanda e os demais vereadores daquela Casa de Leis.

Como coibir estes crimes - É importante orientar à população que fiquem atentos, porque, isso e apenas o começo de muitas outras ações criminosas destes “fake’s” que ainda virão pela frente até as eleições de 2016.

Fatos como estes, tem que ser energicamente coibidos, porque, todos nós ficamos a mercê destes criminosos, que se vestem em pele de cordeiro, mas trazem nas mãos a desonra e a inveja como arma maléfica.

Atitudes como estas são desprezíveis e não cabem mais dentro do contexto político de nossa cidade e estado, ademais dentro do século XXI, e todos aqueles que se sentirem lesados com estas matérias caluniosas e difamatórias, devem procurar as autoridades na Seccional de Tucuruí para o competente registro de ocorrência, com isso, garantindo o trabalho de investigação da polícia civil, que em tempo hábil tem a possibilidade de rastrear o endereço do “fake” e encontrar o IP do computador onde foi feita a postagem destas informações fraudulentas, sendo questão de tempo para serem descobertos estes “mal feitores”, que se utiliza destes artifícios para macular a honra e a integridade das pessoas de bem de nossa cidade.

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com a equipe do programa Metendo Bronca, em Belém, e em linha direta, tivemos as informações preliminares, que o apresentador Joaquim Campos tomará as providências cabíveis contra este “fake” que utilizou suas imagens e informações, e pedirá as autoridades constituídas que encontrem e coloquem este elemento atrás das grades, que segundo Joaquim: “são elementos cancerígenos ao convívio em sociedade”.

Opinião – Atuando desde o ano de 2.000 no jornalismo de nossa cidade, já publiquei milhares de matérias que realmente desagradaram uma gama de pessoas, mas que no fundo deram esclarecimentos das verdades “nua e crua, doa a quem doer” a toda a população, e nunca utilizei destes artifícios “criminosos” para desmoralizar ou difamar alguém, até por que, o trabalho sério e honesto e feito através de levantamento, apuração e provas, e aquele que realmente é profissional assina o que escreve, “quem se utiliza destes meios escusos são criminosos da pior espécie, e merecem estarem atrás das grades”, concluiu Hugles.


Mistério: Corpo do ex-secretário de Administração de Goianésia do Pará é encontrado em vicinal



Eduardo dos Santos

WELLINGTON HUGLES
De Goianésia do Pará
Foto: Arquivo Pessoal

Desaparecido desde a última sexta-feira (23), o funcionário público aposentado da Prefeitura de Goianésia do Pará Eduardo dos Santos, 59 anos, que já atuou em diversos setores da prefeitura, inclusive, ocupou o cargo de Secretário de Administração, foi encontrado sem vida as margens da vicinal de acesso a Vila Rajada distante 4 km da rodovia PA 150 entre os municípios de Goianésia do Pará e Tailândia.

Segundo informações dos familiares, o aposentado teria saído na manhã da última sexta-feira (23), em sua caminhonete Hilux SW 4 de cor branca, a caminho de sua fazenda localizada distante 15 km do centro de Goianésia do Pará na rodovia PA 150 em direção a Tailândia.

Na manhã do domingo (25), sem terem nenhuma notícia de Eduardo, os familiares se desesperaram e começaram uma campanha entre os amigos nas redes sócias divulgando o seu desparecimento.
Por ser uma pessoa de um grande círculo de amizades, e muito bem quista na cidade, uma força tarefa foi montada por amigos para tentar encontrar o aposentado. Mas infelizmente na manhã desta terça-feira (27), populares que passavam pela vicinal que da acesso a Vila Rajada, encontraram o corpo de Eduardo dos Santos, acionando imediatamente a polícia.

A comoção tomou conta de todos os familiares e amigos que se dirigiram para o local do crime, a equipe do CPC Renato Chaves e do IML de Tucuruí foi acionada e realizou a pericia do local do crime, removendo o copo para necropsia.

No relato preliminar de necropsia, foi identificado o estrangulamento do idoso, uma perfuração na cabeça por arma de fogo, sua orelha esquerda foi cortada, além de muitos hematomas de espancamento em todo o seu corpo, levando a crer que Eduardo dos Santos foi torturado e assassinado, a sangue frio pelos seus algozes, caracterizando latrocínio, haja vista, terem subtraído sua caminhonete, que se encontra desaparecida.

As investigações foram iniciadas pela equipe da Polícia Civil de Goianésia do Pará, que estão em ritmo acelerado, por ter sido identificada a caminhonete transitando no município de Castanhal, sendo questão de tempo para que os criminosos sejam capturados.

O féretro de Eduardo dos Santos foi liberado na tarde desta terça-feira (27) pelo IML de Tucuruí, o velório ocorreu sob muita emoção, sendo sepultado na manhã desta quarta-feira (28) no cemitério público da cidade de Goianésia do Pará.

  

O adeus a Everaldo Vasconcelos


O adeus a Everaldo Ribeiro Vasconcelos

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Arquivo Pessoal
A comunidade católica de Tucuruí teve uma baixa inesperada com a morte de Everaldo Ribeiro Vasconcelos, 38 anos, morador do bairro da Matinha, um jovem atuante em todas as atividades da igreja católica de Tucuruí e região.
Everaldo Vasconcelos sempre participou da organização de muitas atividades católicas, além da participação da coordenação dos encontros de jovens, inclusive, recentemente atuou na coordenação dos festejos do Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Tucuruí.
Um jovem muito carismático e amigo teve uma morte súbita, ainda envolvida há muitos mistérios, haja vista, Everaldo Vasconcelos sempre foi uma pessoa muita feliz, que comemorava o dom da vida, e fazia questão de estar ajudando a todos que atravessavam dificuldades, levando uma palavra amiga, orientado a trilhar os caminhos da fé, da sabedoria e do amor fraterno.
Segundo informações prestadas pelos policiais militares, por volta das 3 h da madrugada da terça-feira (27) a PM foi acionada pra atender a um chamado de uma pessoa que estava em óbito em sua residência.
A PM ao chegar ao local observou o corpo de Everaldo Vasconcelos em um cômodo da casa, com os punhos da rede enrolado em volta ao pescoço. Segundo informações prestadas por populares, Everaldo teria ido à noite anterior a um local de eventos da cidade, conhecido como “Bar do Índio”, próximo à entrada do bairro Beira Rio, com alguns amigos para se divertir.
Pouco tempo antes do ocorrido, se observou a ausência de Everaldo, foi quando começaram a procura por ele, finalizando em sua residência, infelizmente, ao chegarem ao local se depararam com Everaldo já se debatendo em função ao enforcamento com os punhos da rede. Nada foi possível ser feito em seu socorro.
A Polícia Civil foi acionada dando início às investigações para tentar elucidar os motivos que levaram Everaldo Vasconcelos a cometer o suposto suicídio.
A equipe do CPC Renato Chaves e do IML de Tucuruí composta pelo perito Bernardo Maye, auxiliado por Josué Cunha e Cleidivaldo Medeiros, estiveram no local e realizaram a perícia de local do fato e a remoção do corpo.
O féretro foi liberado no final da manhã desta terça-feira (27), após ter passado por necropsia. O sepultamento estava previsto para a manhã desta quarta-feira (28) no cemitério público de Tucuruí.

Everaldo Vasconcelos deixou muitas tristezas aos familiares e amigos enlutados, que farão muitas homenagens póstumas dentro da programação da Igreja Católica de Tucuruí em reconhecimento a sua grande atuação e o trabalho cristão que desempenhou em toda a sua vida.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

TRF suspende reintegração de posse das casas do residencial “Cristo Vive” à CEF





TRF suspende reintegração de posse das casas do residencial “Cristo Vive” à CEF

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles
Após 40 dias da ocupação das 1.001 casas que estavam em obras do residencial "Cristo Vive", iniciadas em 2012, com recursos assegurados de mais de R$ 50 milhões através do programa do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”, em Tucuruí, sudeste paraense. Mas que foram ocupadas por mais de mil famílias desde o último dia 4 de setembro.

A ocupação causou muitas preocupações aos mais de 8 mil inscritos, que aderiram ao programa desde o ano de 2010, através de cadastro junto a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Tucuruí, para serem beneficiados com uma moradia popular através do Programa “Minha Casa, Minha Vida”.

O imbróglio foi criado em função ao gestor municipal Sancler Ferreira, em suas duas eleições municipais, usou como promessa de campanha a entrega destas moradias, realizando um cadastro em 2008, totalizando mais de 4 mil inscritos, e no ano de 2012, as vésperas das eleições, utilizou do mesmo “esquema” para arrebanhar eleitores em um novo cadastro para o recebimento destas moradias, cadastrando mais 4.600 famílias, totalizando 8.600 cadastros.

Passado mais de um ano com as obras paralisadas, a sociedade civil organizada decidiu pela invasão das casas, que estavam se deteriorando ao longo do tempo, abandonadas sem previsão para serem entregues.

A segunda empesa contratada para as obras do residencial “Cristo Vive”, a Tec Casa atravessa diversas dificuldades e atrasos nos pagamentos dos funcionários, segundo a empresa, em função a falta de pagamentos das medições das obras que estavam sendo concluída, pela contratante a Caixa Econômica Federal, e após a invasão da área, decidiu abandonar as obras e dar entrada no procedimento de rescisão contatual com a CEF.

Pedido de liminar a Justiça Federal - A Caixa Econômica Federal, órgão do governo federal, que adquiriu o terreno do ex-senador Ademir Andrade em 2011, pelo valor a vista de R$ 3,5 milhões, para a construção das 1.001 unidades residências, através dos recursos oriundos do BNDS através do Programa "Minha Casa, Minha Vida”, requereu junto à Justiça Federal em Tucuruí, liminar de reintegração de posse, para dar prosseguimento às obras e posteriormente atender ao cadastro da Prefeitura de Tucuruí, realizando a análise financeira e de crédito, para liberar assinatura do contrato e a entrega das chaves das casas.

A Justiça Federal de Tucuruí após analisar o pedido, decidiu pela reintegração de posse do Residencial “Cristo Vive” a requerente Caixa Econômica Federal, por entender que o terreno e a construção estão sendo financiadas com recursos do governo federal e que há a necessidade da conclusão das obras, além de atender aos ditames legais para a viabilidade da entrega das unidades residenciais.

Reintegração – Tudo estava certo para que na manhã desta quinta-feira (22), a Polícia Federal que se deslocou em grande quantidade de agentes à Tucuruí e juntamente com os policiais militares do estado, através do Comando de Operações Especiais vindos de Belém, realizariam o cumprimento da decisão judicial.

“Virada-de-Mesa” – Mas durante a noite desta quarta-feira (21), forças políticas atuaram dentro da capital federal, e conseguiu uma “virada-de-mesa”, requerendo junto ao Tribunal Regional Federal (TRF), a suspensão da liminar expedida pela Justiça Federal de Tucuruí, que        acatou o pedido da Caixa Econômica Federal na reintegração de posse do terreno e das 1.001 unidades residências em obras no residencial “Cristo Vive”.

A decisão do TRF foi expedida ainda na madrugada desta quinta-feira (22), decidindo pela suspensão da reintegração de posse do residencial “Cristo Vive” à CEF, com isso, os agentes federais e o PM’s voltaram para suas origens sem cumprirem com o determinando, causando um prejuízo incalculável com o deslocamento, hospedagem e alimentação, além de diárias aos agentes e militares.

Dias de tranquilidade – Com a decisão exaurida pelo TRF, as mais de mil famílias que ocupam o residencial “Cristo Vive”, poderão respirar tranquilizados, pois a reintegração de posse do residencial à Caixa Econômica Federal,  só voltará a ser realizada, após o julgamento do mérito através dos Juízes do TRF, em Brasília.
Com isso, os moradores do “Cristo Vive”, poderão comemorar está vitória provisória, que dará um prazo ainda maior aqueles que realmente não tem moradia, e possam ter um teto para seus familiares.


A Caixa Econômica Federal vai recorrer da decisão, e deverá aguardar o julgamento do mérito em sessão do TRF, em Brasília, e posteriormente ter seu direito garantido de retornar ao seu patrimônio as 1.001 casas que ainda deverão ser concluídas as obras, e entregues aos beneficiários que aguardam há anos por estas moradias.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Junior Nauar em níver

Junior Nauar troca idade neste dia 21 de outubro




Quem está aniversariando neste dia 21 de outubro e o jovem empresário e grande empreendedor Junior Nauar, que comemora a especial data recebendo os votos de muita saúde e sucesso de seus familiares, amigos e admiradores, que parabenizam Junior pelas inúmeras conquistas que vem alavancando o seu trabalho, e trazendo grandes desenvolvimentos para a cidade de Tucuruí.


Junior Nauar vem com bastante afinco e competência realizando atividades dando grande crescimento aos inúmeros cursos do Sistema de Ensino Gamaliel e da Faculdade Gamaliel, trazendo aos acadêmicos de Tucuruí e região oportunidades de aprendizado em diversos cursos ofertados pela instituição de ensino.

Recentemente graças a grande visão empreendedora e o trabalho incansável do jovem Junior Nauar, a Faculdade Gamaliel foi agraciada com três rádios educativas, que farão parte do conglomerado de ações que buscam a formação educacional de nossos acadêmicos de Tucuruí e região, uma das rádios já está em pleno funcionamento em Tucuruí, a Rádio Educativa Excelência, através da frequência 96.1 FM, as outras entrarão em funcionamento em Belém e Marabá.


Graças a este trabalho do empresário Junior Nauar e as inúmeras conquistas na área educacional para a cidade e região, Junior credencia-se como um nome em ascensão para a disputa nas eleições vindouras do próximo ano, sendo um nome de grande aceitação junto a sociedade tucuruiense, para administrar o palacete municipal, sede do governo tucuruiense.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Breu Branco: Estudante de 13 anos foi barbaramente assassinado e desovado em lixão

 Andressom Santos da Graça, 13 anos, estudante da Escola José Lourenço e também do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Breu Branco assassinado cruelmente 



WELLINGTON HUGLES
De Breu Branco
Foto: Arquivo pessoal

A cidade de Breu Branco volta novamente aos noticiários policiais, em função a um bárbaro assassinato ocorrido no final da tarde deste domingo (18), que vitimou o adolescente Andressom Santos da Graça, 13 anos, estudante da Escola José Lourenço, em Breu Branco, frequentando as aulas no turno da tarde e durante a manhã participava de atividades no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), da cidade.

Andressom Santos da Graça morava no bairro Liberdade em Breu Branco, sudeste do estado, e segundo informações de seus familiares na tarde deste domingo (18), saiu para passear em sua bicicleta, Andressom estava de posse de seu aparelho de celular, sendo este os motivos que levaram ao bárbaro episódio ocorrido contra o adolescente.

Latrocínio - Andressom Santos da Graça ainda foi visto com vida na tarde do domingo (18), no bairro Liberdade, em Breu Branco, mas logo chegou à notícia de que um corpo teria sido encontrado as margens da estrada de acesso ao lixão da cidade, após a entrada do bairro do Batata.

Crueldade – A população, familiares e os amigos que estudavam com Andressom Santos da Graça estão revoltados e exigem que as autoridades encontrem os culpados pelo assassinato do adolescente, que foi executado, com regimes de crueldade e desovado no lixão, com um tiro de espingarda calibre 12 e com uma corda envolta de seu pescoço.

A equipe da Polícia Civil imediatamente foi ao local da desova do estudante e solicitou a remoção do cadáver à equipe do IML de Tucuruí.

Após a realização da necropsia o féretro de Andressom Santos da Graça foi liberado aos familiares para o velório, seu sepultamento ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (19), no cemitério público de Breu Branco.

A prefeitura de Breu Branco deu total apoio aos familiares garantindo toda a estrutura para o funeral, por ter conhecimento e acompanhado o adolescente Andressom Santos da Graça, que era de boa índole e participava das atividades organizadas pela municipalidade através do CRAS, além de ser aluno da rede municipal de ensino.

Os familiares estão revoltados e toda a população está comovida pela barbaridade que foi o assassinato deste adolescente, entrando para as estatísticas da polícia pelo aumento desenfreado dos assaltos que vem ocorrendo na cidade por motivos fúteis.

A dona de casa Amélia Furtado Santos Lima, 54 anos, desabafa “cadê nossos órgãos de policiamento da cidade, já não aguentamos mais tanta desordem e o crime desenfreado em nossa cidade e região, nosso filhos não podem mais sair em suas bicicletas ou andarem com um celular que é alvo destes marginais, esperamos que a Polícia Civil e a Militar tomem consciência de suas funções e coloquem atrás das grades estes assassinos que desonram e acabam com o nosso povo tão sofrido por falta da presença do braço forte do governo do estado em nossa cidade”.
Os familiares registraram o boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia de Breu Branco, e aguardam providências das autoridades.

Investigação - O delegado de Breu Branco tombou inquérito policial, e iniciou as oitivas, para tentar elucidar o assassinato, a principal linha de investigação é o crime de latrocínio, haja vista, o adolescente não ter envolvimento com nada que desabone sua conduta.


Segundo informações preliminares, já existe um rol de suspeitos de terem cometido o latrocínio, roubo seguido de morte de Andressom Santos da Graça, para subtrair seus pertences, sendo apenas questão de tempo para que os envolvidos sejam encarcerados e o crime seja elucidado.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

OBRIGADO MEU PROFESSOR (A) PARABÉNS PELO SEU DIA 15 DE OUTUBRO


OBRIGADO MEU PROFESSOR (A)

Salve o seu dia !!!!
Você me ensinou além da Ave Maria
Foi meu pai ou mãe nas horas precisas
Me ensinou o be-a-ba da vida
Não permitiu pelos seus conselhos
Que eu fosse condenado pelo tribunal da existência!!!!
Pois esse sem parcimônia
Me condenaria lá nós confins do arrependimento
Obrigado pai baba do meu pai que não tive!!!
Quantas você, querido mestre (a) me deu a mão para que eu saltasse com segurança os intempéries da vida !!!!!
Te dou um valor inestimável e aí daquele que não entenda seus anseios e desilusões pai/mãe amigo/amiga !!!
Pois além de muitos filhos que além de mim você fez para esse caminho tão difícil de percorrer que é a VIDA ....
Foi para nós e para muitos como eu o primeiro e único Pai ou Mãe

OBRIGADO SEMPRE POR VOCÊ TER EXISTIDO EM MINHA VIDA.

Escola Assis Rios: Sem bebedouro, estudantes consomem água diretamente das torneiras



Em um município milionário que arrecada R$ 20 milhões ao mês, e com uma Secretaria de Educação que vem recebendo volumosas quantias de verbas do Governo Federal, ainda constatamos calamidades como estas vistas nas imagens, onde os sofridos estudantes, além de todos os funcionários e os professores da Escola Municipal Assis Rios, são obrigados a consumirem água diretamente vinda das torneiras, sem nenhum tratamento adequado, e sequer um bebedouro para o seu resfriamento, uma vergonha para o atual desgoverno municipal.

Mas enquanto isso, a secretária de educação que é irmã do prefeito Sancler “Viajante” Ferreira, passa dias a fim, em tratamento especializado de estética de embelezamento, recheada com lipoaspiração e plásticas, na capital paraense, um milagroso tratamento com um salário de secretária, não dá para entender esta farra da multiplicação dos recursos pessoais, em detrimento aos estudantes da cidade.

E o que e pior para o povo, é melhor para sua pessoa, sua “pacata fazendinha” contínua bombando, com a multiplicação de muito gado!!!!!!!

Mas não pensem que é gado vindo de Barcarena nas águas não, estes estão proliferando aqui e no vento.


Por outro lado boa parte da família do “Viajante” foi vista no Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém, na Avenida Nazaré, pagando promessa, entregando água mineral aos romeiros, imaginem qual o pedido feio a santinha!!!!!!

PM realizou arrastão em operação “pós-círio” em Tucuruí


 Daniel Cantão de Oliveira, Max Sousa da Silva e Michael dos Santos Pompeu
 Operação “pós-círio” sete adolescentes foram apreendidos em uma ação “pente-fino” dentro do bairro Vila Peniel
Produtos, celulares e armas brancas aprendidas durante a operação da PM em Tucuruí

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: PM/Divulgação

A Polícia Militar realizou nesta quarta-feira (14), em Tucuruí, sudeste do estado, uma operação intitulada “pós-círio”, que realizou a prisão de três elementos: Daniel Cantão de Oliveira, Michael dos Santos Pompeu e Max Sousa da Silva, todos com a idade de 18 anos, moradores do bairro da Nova Matinha, em Tucuruí, que segundo os militares, são figuras conhecidíssimas das autoridades, por inúmeras práticas ilícitas na cidade, dentre elas, assaltos e arrombamentos a residências.

Mas suas “vidas loucas” foram interrompidas pelo trabalho incansável da PM, que conseguiu fechar o cerco e colocar atrás das grades os elementos que estavam trazendo transtornos às famílias de bem de Tucuruí.

Dentro do arrastão na operação “pós-círio”, mais 7 adolescentes foram apreendidos em uma ação “pente-fino” dentro do bairro Vila Peniel, em Tucuruí, a operação comandada pela PM teve como meta o combater ao tráfico desenfreado de drogas na cidade, que estende-se em todos os bairros, e causam um transtorno irreversível aos jovens e adolescentes que encontram no consumo das drogas uma porta de socorro aos seus problemas e aos adolescentes que figuram como “aviãozinhos”, pensando em dinheiro fácil, apenas alavancam este comércio ilegal de entorpecentes que afligem, e acabam com as famílias tucuruienses e no momento de suas apreensões deixam uma marca irreversíveis em suas condutas, por estarem em conflito com as leis.


Os três elementos foram apresentados à autoridade policial na 15ª Seccional Urbana de Tucuruí, onde foram tomados as providências cabíveis e os menores foram encaminhados ao Ministério Público que acionará os familiares para as medidas corretivas dentro do que estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Quatro Bocas: Polícia Militar e Civil prenderam 3 elementos de altíssima periculosidade

Os acusados: Josiel dos Santos, Ivanilson Caetano da Silva e Charles Labres
 Armas encontradas de posse dos elementos 
Uma das vítimas que foi baleada durante o assalto do comércio

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Divulgação PM

Em uma operação conjunta entre os policiais civis e militares, que se dirigiram na última terça-feira (13), até a localidade conhecida como Vila Quatro Bocas, no município de Itupiranga, onde conseguiram fecharam o cerco e localizaram os elementos Josiel dos Santos e Ivanilson Caetano da Silva, acusados de terem cometido assalto a um comércio na cidade e no momento da fuga balearam cinco pessoas que foram socorridas ao hospital e passam bem.

Durante a abordagem dos policiais, foram encontradas de posse dos acusados dois revolveres calibre 38 e vasta quantidade de munição.

Na companhia de Josiel e Ivanilson estava o nacional Charles Labres que também estava de posse de um arma calibre 22, municiada.

Na apresentação dos acusados na Delegacia de Polícia Civil da cidade, os elementos alegaram total inocência aos delitos.

Mas os acusados não sabiam que durante as diligências, a PM e PC já contavam com um grande número de testemunhas que reconheceram Josiel dos Santos e Ivanilson Caetano da Silva, como os autores do assalto que resultou no baleamento de cinco pessoas.

A situação de Ivanilson Caetano da Silva se agravou ainda mais, em virtude de uma mulher que preferiu não se identificar com medo de retaliação, denunciou ao delegado, ter sido vítima do crime de estupro pelo elemento pernicioso.


A autoridade policial já apresentou os três elementos ao juiz da comarca, aguardando apenas a decisão judicial para serem recambiados ao Centro de Recuperação do estado, para pagarem suas penas pelas práticas delituosas capituladas no Código Penal Brasileiro.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Minha Casa Minha Vida: Helder realiza a entrega de 938 moradias em Jacundá



Helder Barbalho anuncio o nome de Jones William como pré-candidato a prefeito de Tucuruí pelo PMDB



Helder realiza a entrega de 938 moradias em Jacundá

WELLINGTON HUGLES
De Jacundá
Fotos Divulgação

O ministro da Pesca Helder Barbalho, realizou na última sexta-feira (2) a entrega de mais 938 moradias do Programa Minha Casa Minha Vida, foram investidos em Jacundá através do governo federal R$ 56 milhões para atender as famílias carentes com o direito a moradia.

O evento foi um dos últimos compromissos na agenda do Ministério da Pesca, o ministro Helder Barbalho representou o governo federal na solenidade de entrega das 938 residências construídas através do Programa Minha Casa Minha Vida, para atender as famílias previamente cadastradas no município de Jacundá.

Na oportunidade Helder Barbalho agradeceu ao apoio da presidente Dilma Rousseff, pela oportunidade de comandar o Ministério da Pesca, e poder alavancar projetos de piscicultura em todo o país, principalmente no estado do Pará, garantindo o aumento na produção do pescado e garantido inúmeros benéficos aos pescadores.

Helder aproveitou para anunciar o convite da presidente Dilma, para que assuma o Ministério dos Portos, com isso, uma ascensão na escalada dos ministérios, podendo aperfeiçoar e garantir grandes investimentos para o país e o Pará, principalmente a viabilidade da navegação do Rio Tocantins, com a realização das obras do Canal do Lourenço, e a efetivação da transposição do Rio Tocantins em Tucuruí, através de suas Eclusas, que há anos estão prontas, mas sem uma utilização adequada, em função a canal de navegação do Rio Tocantins. “Nossas eclusas estão em funcionamento, somente no período das chuvas, mas nosso compromisso e buscar recursos e efetivamente realizar as obras necessárias para a navegabilidade do Tocantins durante todo o ano”, afirmou Barbalho.

Uma grande comitiva de lideranças de toda a região prestigiou a chegada do ministro Helder Barbalho e acompanhou a maratona de visitas e a entrega das 938 casas populares do Programa Minha Casa Minha Vida.

Após cumprir a agenda ministerial, antes de seu retorno a capital, Helder reuniu com os correligionários do seu partido o PMDB, e anunciou as pré-candidaturas de lideranças dos seguintes municípios do sudeste do estado:


 Helder Barbalho e Jones William 



Tucuruí – Helder Barbalho recebeu a comitiva de Tucuruí formada pelo empresário Artur Brito, que disputou uma vaga ao cargo de vereador em 2012 e concorreu como candidato a deputado estadual em 2014, pela legenda do PMDB juntamente Claudiney Furman ex-deputado estadual, filho do ex-prefeito de Tucuruí Cláudio Furman, que governo a cidade por três mandatos, além do ex-vereador Jones William, que oficializou sua filiação ao PMDB de Tucuruí, sendo o nome que lançado por Helder Barbalho como a opção de pré-candidato a prefeito de Tucuruí pelo PMDB nas eleições vindouras de 2016.

 Helder Barbalho e Artur Brito

Helder Barbalho e Claudiney Furman

Helder também convocou aos filiados do partido, principalmente Artur Brito e Claudiney Furman que estejam imbuídos na unidade partidária, e que, “como bons militantes do PMDB, estejam a disposição da convocação do partido, para defender a legenda do 15 no momento oportuno aos cargos eletivos em 2016”. “Queremos formar uma aliança partidária coordenada pelo PMDB, para trazer obras e serviços à população de Tucuruí, e temos no quadro do 15, nomes como o do ex-vereador Jones William que realmente esta em busca do desenvolvimento da cidade de Tucuruí e de melhorias a sua população”, afirmou Helder.

Novo Repartimento – Esta consolidada a pré-candidatura do PMDB através do nome Deusivaldo Pimentel, conhecido popularmente como “Amizade” em Novo Repartimento, em uma aliança popular com o Partido da Republica (PR) através do nome do Dr. Alexandre Guimarães.

 Helder Barbalho, "Amizade" e o senador Paulo Rocha

Alexandre Guimarães e "Amizade"

Goianésia do Pará – O PMDB tem em seu quadro de filiados em Goianésia do Pará, o empresário de renome na cidade e região José Ribamar Ferreira Lima conhecido popularmente como “Ribamar da Cikel”, sendo o nome de consenso a pré-candidato a prefeitura de Goianésia do Pará, em 2016.

José Martins ex-vereador e ex-prefeito da cidade de Jacundá

Jacundá – O PMDB de Jacundá tem no nome de José Martins, ex-vereador e ex-prefeito da cidade, como o pré-candidato para a vitória na conquista em 2016 nas eleições a prefeito de Jacundá.

Sem água: População de Tucuruí amarga 72 horas sem água nas torneiras





População está a mais de 72 h sem o líquido precioso nas torneiras


WELLINGTON HUGLES
De: Tucuruí
Fotos: Wellington Hugles

Cerca de 100 mil habitantes da cidade de Tucuruí, sudeste paraense, amargam a mais de 3 dias com a falta de água nas torneiras. Desde as 9 h da manhã da última sexta-feira (2), houve o desligamento da maior estação de captação e bombeamento de água da cidade, que abastece 80% dos bairros de Tucuruí, em função ao comprometimento dos motores que realizavam a captação de água do córrego do Igarapé Santos, na adutora que liga a estação a cidade, no KM 4 da rodovia BR 422, conhecida como Transcametá.

Desde o início da manhã da última sexta-feira (2), a autarquia Nossa Água, responsável pelos serviços de manutenção e distribuição de água potável para os mais de 110 mil habitantes da cidade, realiza os reparos para o retorno do funcionamento da estação e a distribuição de água para os bairros da cidade, mas em função aos motores que são bastante antigos, e que já foram muitas vezes recuperados, todos chegaram ao seu limite, e queimaram por completo, paralisando todo o bombeamento de água para toda a cidade de Tucuruí. 

Mais de 100 mil pessoas ficaram sem o líquido precioso nas torneiras em toda a cidade no final de semana, se estendendo já nesta segunda-feira (5), grandes filas se formaram em diversos pontos de toda a cidade, em residências com poços artesianos e nas bicas públicas, a suspensão atingiu os mais de 20 bairros tucuruienses.



O fornecimento de água tratada na cidade de Tucuruí é realizado pela administração municipal de forma gratuita desde o ano de 1996, mas que nos últimos seis anos, entrou em estado de sucateamento para a sua privatização, que mesmo sendo lançada pelo gestor municipal no último mês de maio, e aprovada a “toque de caixa” pelos vereadores, a Parceria Público Privada (PPP da Nossa Água), deu com os “burros n’água”, a Prefeitura de Tucuruí, chegou ainda a lançar edital para este fim, mas em função a negativa das empresas de participarem do certame, por que tinham certeza do “eminente calote” na prestação dos serviços terceirizados, a Prefeitura decidiu suspender a implantação da “PPP da Nossa Água” e retornar as atividades normais da autarquia, que mesmo recebendo os repasses mensais no valor de R$ 400 mil para sua manutenção, já se encontra totalmente sucateada e inviabilizada de funcionamento, em função ao descaso da gestão municipal.

Dos 35 mil pontos de ligações existentes na cidade, com estes valores assegurados no orçamento municipal de R$ 400 mil mensais, cada residência em média contribui mensalmente com R$ 12,00 para ter o recebimento de água potável em suas torneiras, mas isso ocorre apenas no papel, por que raramente a água chega às torneiras durante os 30 dias do mês.

O interessante é que dentro do Projeto de Lei original, enviado pelo prefeito Sancler Ferreira e aprovado pelos vereadores da Câmara de Tucuruí, cada morador seria obrigado a desembolsar no mínimo o valor de R$ 15,00 mensais pela água potável que poderia chegar a sua torneira, através de uma empresa particular, correndo o risco de não o pagando, ter seu nome negativado, ora, se custeada pelos cofres da Prefeitura no valor de R$ 15,00 não está funciona, imagine através de uma empresa que visa apenas o lucro.

É fato, que a população não aceita mais este descaso da gestão pública de Tucuruí, que não tem recursos para adquirir sequer as bombas que necessita para realizar a captação de água da nascente do igarapé Santos, agora imaginem, um governo, que não tem condições de adquirir um equipamento que custa em média R$ 4 mil, realmente a administração está passando por problemas irreversíveis.




Decisão – Em uma decisão inédita na região, a justiça de Tucuruí, decidiu atender a Ação Popular impetrada pelo MPE, que requereu a suspensão imediata da privatização da “Nossa Água”, que era uma medida salutar da gestão municipal para a viabilidade da chegada de água potável nas torneiras dos contribuintes.

Dentro da salutar decisão, a juíza suspendeu a “PPP da Nossa Água” e determinou prazo para que a Prefeitura de Tucuruí realize a interligação da Estação de Tratamento de Água (ETA), construída pelo Governo Federal, através da Eletrobras Eletronorte, ou seja, o município terá que realizar a colocação de cerca de 800 metros de tubulação ainda de sua obrigação dentro do Convênio de Cooperação assinado entre PMT/Eletrobras Eletronorte, para que entre em funcionamento a distribuição de água tratada e em abundância através da ETA da Vila Permanente, para mais de 100 mil ligações residenciais, em todos os bairros da cidade de Tucuruí, mas há quatro anos inviabilizado, em função ao marasmo e o despreparo, culminando com a desordem da atual gestão municipal, que vem “empurrando com a barriga” esta conclusão com a intenção de usar este benefício, como “trampolim eleitoral” nas vésperas das eleições, e quem sofre e o povo, que fica há anos a fim, sem condições de receber o líquido precioso em suas torneiras, mesmo sendo detentor do maior lago da região norte do país e tendo o município rodeado pelas águas abundantes do virtuoso Rio Tocantins.


Contraponto - A equipe de reportagem procurou a direção da autarquia Nossa Água e a assessoria de comunicação da Prefeitura de Tucuruí, mas foi informada que não teriam condições de esclarecer nada, antes do retorno do prefeito Sancler Ferreira, que estava “veraneado” nas praias do litoral nordestino.


Santa Mônica – Dentro das precariedades existentes no sistema de captação e distribuição de água de Tucuruí, relembramos um escândalo que foi “abafado”, em função as estratégias de mídia da Prefeitura, quando da construção do sistema elevado do bairro da Santa Mônica, onde milhões de reais foram liberados pelo Governo Federal para este fim, e a empresa de um parente da ex-secretária de Finanças Sheila Vaz foi contratada, sendo pago os valores totais para a realização dos serviços, e na verdade a obra não saiu do papel, mais uma investigação que deverá ser feita pelo Ministério Público Federal (MPF), e desvendar mais um “esquema” de enriquecimento ilícito, fraudes em licitação, formação de “cartel” para pagamentos e recebimentos sem a devida prestação dos serviços, além da fraude tributaria, envolvendo a secretária Sheila Vaz, o prefeito Sancler Ferreira e o empresário beneficiado. 

Belo Monte: Indígenas realizam o bloqueio da Transamazônica em Altamira



WELLINGTON HUGLES
De Altamira
Foto: Divulgação

Desde as 5 h da manhã desta segunda-feira (5), uma grande quantidade de índios interditou a Rodovia BR 230, conhecida como Transamazônica, na altura do trevo de acesso aos canteiros de obras de construção da usina de Belo Monte, em Altamira, sudoeste do estado.

O clima contínua tenso desde as primeiras horas da manhã desta segunda 5. Dezenas de indígenas bloquearam a principal rodovia federal de acesso à cidade de Altamira e aos canteiros de obras de Belo Monte, dentro da pauta, os manifestantes pedem que o consórcio Norte Energia cumpra com urgência o plano básico ambiental - uma das condições para a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, em Vitória do Xingu - além de outras ações que não foram cumpridas pelo consórcio construtor.

Os manifestantes afirmaram, só irão desobstruir a rodovia depois que forem recebidos e atendidos na sua pauta de reivindicações. Caso isso não ocorra, eles prometem radicalizar.


Com o ato de bloqueio da BR 230, o andamento dos trabalhos na usina estaria sendo prejudicado. Segundo o Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM), os operários que moram em Altamira, e representam 40% do total, não estão trabalhando porque não conseguem ter acesso aos canteiros de obras, mas a obra contínua em funcionamento com a presença dos operários que residem nos alojamentos.