Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Tucuruí vive invasão de Caramujo Africano




quinta-feira, 26 de julho de 2012

Epidemia de Caramujo Africano em Tucuruí

Fotos: Wellington Hugles 


O caramujo africano, cujo nome científico é Achatina fulica, toma conta do bairro do morro da Matinha e se multiplica rapidamente, podendo vir a tomar conta da cidade em poucos dias
  Sem apoio da prefeitura de Tucuruí e da Vigilância Sanitária, os moradores fazem fogueiras para a queimada dos Caramujos, tentando evitar a transmissão de doenças



 O caramujo africano, cujo nome científico é Achatina fulica, toma conta do bairro do morro da Matinha e se multiplica rapidamente, podendo vir a tomar conta da cidade em poucos dias



Manoel Mourão “Duca” recolhe e queima diariamente mais de 300 Caramujos em seu terreno



Epidemia de Caramujo Africano em Tucuruí

Os moradores do bairro do morro da Matinha estão vivenciando uma situação inusitada, onde a mais de 25 dias suas casas estão sendo invadidas por Caramujos Africanos, e mesmo com os diversos apelos a Vigilância Sanitária da Prefeitura de Tucuruí, até o momento nenhuma providência foi tomada para a eliminação dos invasores.
São mais de 100 residências que estão sendo tomadas por milhares de Caramujos Africanos, que ao anoitecer saem de suas tocas e sobem pelas paredes invadindo as casas, sendo que pela manhã a população realiza um imenso mutirão para colher os caramujos e tentar de qualquer forma destruí-los, através de queimadas.
A situação está ficando preocupante, haja vista, que o único Posto de Saúde das redondezas, o Mercedes Barroso, entrou em reforma a mais de 2 meses, e o índice de crianças e adultos com febre e dores de cabeça, teve um grande aumentou, com isso trazendo uma situação de desespero aos familiares que passam pela falta de assistência a saúde. Para a moradora Suely Santos, 48 anos, “estou cada dia mais convencida que estes caramujos estão adoecendo nossos familiares, e o pior disso, e que em novembro de 2011 houve uma morte de um bombeiro voluntario de 18 anos, pela ingestão de agua oriunda dos caramujos”. Os sintomas avançam com fraqueza no corpo e dores estomacais. Tudo isso, após o aparecimento súbito dos milhares de caramujos, que diariamente se multiplicam, mesmo com a tentativa de matá-los, cada dia aparece um número muito maior, denunciou Suely.
Segundo o morador Manoel Mourão conhecido como “Duca”, a epidemia começou desde que iniciaram o aterramento das margens do Igarapé Santana, que desemboca na Lagoa do Mesquitinha, local onde estão sendo realizados o aterramento de forma irregular, com isso, os caramujos que lá se refugiavam estão espalhando-se pelo bairro e se nada for feito tomarão conta da cidade. Diariamente em minha casa recolho mais de 300 caramujos e normalmente jogo sal, mais quando não tenho condições de compra-lo, faço uma fogueira e queimo os caramuhos, afirmou “Duca”.
Desde o início do mês de junho a invasão dos caramujos tomou as casas do bairro, diversos apelos foram feitos a prefeitura e a vigilância sanitária, e nada foi feito, por este motivo, os moradores apelaram ao Corpo de Bombeiros que já realizaram a retirada dos caramujos em duas oportunidades.
Os moradores exigem uma solução da prefeitura de Tucuruí em caráter de urgência para acabar com esta situação de calamidade pública, “estamos avisando para prevenir uma situação de caos que poderá ser inevitável sem uma atitude urgente da prefeitura”, disparou Suely.
O caramujo africano, cujo nome científico é Achatina fulica, uma espécie exótica invasora, é considerado uma das cem piores espécies da lista da União para Conservação da Natureza (UICN) e representa a segunda maior causa de perda de biodiversidade no planeta. Só perde para os desmatamentos. Além das doenças que pode transmitir, ele ataca, destrói plantações e compete com outros moluscos da fauna nativa, podendo levá-los à extinção. Podem viver mais de nove anos e, após a morte, a concha fica geralmente virada para cima, podendo ficar cheia de água da chuva e servir de criadouro para o Aedes aegypti e também outros mosquitos. Os caramujos em geral gostam de locais úmidos e sombreados, como cantos de muros e paredes onde não bate muita luz, lugares com acúmulo de galhos, restos de podas, folhas, madeiras, etc. Também são locais muito propícios aos caramujos os restos de construção, entulhos e, em especial, os tijolos furados.
As doenças transmitidas pelo caramujo são: Angiostrongilíase meningoencefálica humana, tendo como principais sintomas: dor de cabeça forte e constante, rigidez na nuca e distúrbios do sistema nervoso e Angiostrongilíase abdominal que causa perfuração intestinal e hemorragia abdominal (cujos sintomas são: dor abdominal, febre prolongada, anorexia e vômitos).
A contaminação pode ser através de ingestão ou a simples manipulação dos caramujos vivos podem causar a contaminação, pois os vermes são encontrados no muco (secreção) dos caramujos. Ao se instalar em hortas e pomares, o caramujo pode contaminar frutas, verduras e disseminar doenças. Mas não há motivo para pânico: basta orientar crianças sobre os cuidados que devem ter e lavar bem hortaliças e vegetais que serão consumidos in natura.    (Wellington Hugles)

TRE julga ação contra ex-governadora do Pará













Ana Júlia e Anivaldo Vale no banco dos réus do TRE/PA

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (26), o julgamento de uma Ação de Investigação Judicial contra a ex-governadora Ana Júlia Carepa (PT) e o vice candidato na chapa da campanha de 2010, Anivaldo Vale (PR). Ana disputava a reeleição e Vale se licenciou do cargo de vice-prefeito de Belém para concorrer ao pleito como vice-governador do estado na chapa da coligação 'Acelera Pará".
Sobre eles pesa a acusação de infrigir a legislação que trata das condutas vedadas: conjunto de normas que os gestores devem cumprir durante o período eleitoral, como, por exemplo, demissão e admissão de servidores, assinaturas de convênios para repasse de recursos a entidades, entre outros.
A denúncia refere-se ao suposto uso de veículo estatal nas proximidades do comitê de campanha dos candidatos, o que pode caracterizar uso da máquina pública na campanha.
O julgamento vai por em jogo o futuro político dos réus que podem ficar por até oito anos inelegíveis caso sejam condenados pelos cinco juízes do pleno do TRE/PA com base na Lei complementar 135/2010, Lei da Ficha Limpa. O que pode, inclusive, indeferir na candidatura de Vale já nas eleições à PMB deste ano. O relator da ação é o desembargador Leonardo Tavares e o presidente do TRE/PA é o desembargador Ricardo Nunes.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Carteira estudantil é medida de segurança nas escolas estaduais


Carteira estudantil é medida de segurança nas escolas estaduais

O Coordenador Estadual de Promoção dos Direitos da Juventude, Raimundo Rodrigues, reuniu-se na tarde desta terça-feira (24) com gestores das Unidades Seduc nas Escolas (USEs). O encontro ocorreu no auditório da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e tratou sobre a nova Carteira de Identidade Estudantil (CIE). Elaborado pelo Governo do Pará, o documento beneficiará milhares de estudantes da rede pública de ensino e será entregue gratuitamente logo na primeira semana de aula do próximo ano letivo.
Inicialmente, a carteira será distribuída aos alunos de Belém, para depois chegar ao interior. Idealizada pela Seduc, a iniciativa tem apoio da Coordenadoria Estadual de Promoção dos Direitos da Juventude, da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), e do programa Pro Paz. Nos modelos apresentados nesta tarde, a identidade destaca o nome do estudante, assim como traz informações da instituição, matrícula, turno, série e a validade do documento.
Segundo os idealizadores da carteira, o objetivo é diminuirá a violência nas escolas. “A captura das imagens dos alunos para a identificação na carteira será feita nas próprias escolas, e isso contribuirá para termos o controle do acesso de quem entra na instituição e a frequência dos estudantes”, disse o assessor de Políticas da Seduc, Altimar Alves.
O gestor da USE 2, Sérgio Araújo, lembrou que a iniciativa vai priorizar a segurança nas unidades de ensino. “Tanto os alunos quanto os funcionários das escolas ganharão maior segurança, pois os estudantes terão de apresentar a carteira na entrada, evitando que pessoas que não sejam estudantes entrem nesses ambientes escolares”, explicou.
A carteira também dará ao estudante da rede estadual o direito à meia-entrada em eventos culturais e esportivos, conforme assegurado pela Lei 5.746, de 28 de abril de 1993.
"A ideia é criar um mecanismo de segurança para nossos estudantes, já que com a medida o aluno só poderá entrar na escola se estiver com a carteira. Além disso, o documento será gratuito e garantirá outros benefícios, como a meia-entrada”, frisou o coordenador estadual de Promoção dos Direitos da Juventude, Raimundo Rodrigues.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Polícia Civil divulga resultado parcial da Operação Tucuruí sem Drogas



Operação Tucuruí sem Drogas tira traficantes de circulação

A primeira parte da Operação Tucuruí sem Drogas, deflagrada na última sexta-feira (13), foi completada com sucesso. Foram estourados 15 pontos de venda de entorpecentes, seis pessoas foram presas em flagrante, armas, drogas, celulares e munições, foram apreendidas. Para que os pontos de tráfico de drogas fosse revistados simultaneamente, foi necessário o apoio de outras unidades policiais além das que integram a Superintendência Regional do Lago de Tucuruí. No total, participaram da operação 13 delegados e 39 investigadores.
A operação começou a partir de uma determinação da Superintendência Regional do Lago de Tucuruí que expediu ordens de missão aos investigadores de polícia civil que compõem as  equipes de serviço para que identificassem e localizassem os pontos de tráfico de drogas (PTD) na cidade, bem como identificassem e qualificassem os responsáveis pelo tráfico de drogas.
“Após as investigações, as equipes coordenadas pelos delegados Sandro Rivelino da Silva Castro e Jivago Freitas Ferreira confeccionaram relatório circunstanciado de missão em que foi informado, entre outras coisas, que nas residências que servem de PTD não ficam mais grandes quantidades de drogas, porém há uma intensa movimentação de usuários as proximidades durante o período noturno e que pessoas associadas ao tráfico de entorpecentes servem como “aviões” e “ olheiros”, detalhou o delegado Herbert Renan Silva de Souza, superintendente regional do Lago de Tucuruí.
Ele explica que os “aviões” do tráfico fazem o comércio do produto entorpecente na posse de pequenas quantidades para justificarem serem viciados no caso de uma prisão em flagrante; ficando constatado, assim, a ausência de tráfico de entorpecente direto nas residências.  Foram presos: Jonas Pereira de Souza, Sindeval Leite Tocantins, Deva Rosa Sobrinho, Maria Jorge Câmara, Domingos Cardoso e Raimundo Maranhão Campelo. Com eles foram encontrados armas, munições, drogas e aparelhos celulares.
Após o cumprimento da missão, as equipes se deslocaram à 15ª Superintendência da Polícia Civil em Tucuruí para a apresentação de pessoas e materiais, bem como para a formalização e lavratura dos procedimentos policiais pertinentes. 

FGTS libera mais 12,7 bilhões para financiamento


FGTS libera mais 12,7 bilhões para financiamento
Os conselheiros do Fundo Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiram hoje (24) disponibilizar mais R$ 12,7 bilhões para financiamento da habitação. Desse total, R$ 10,7 bilhões serão para o reforço de programas de habitação popular e R$ 2 bilhões para aumentar o subsídio de compra de casa própria por famílias de baixa renda.
Com o acréscimo, o orçamento do FGTS este ano sobe de R$ 43,9 bilhões para R$ 56,6 bilhões – cerca de 28,9%. Os recursos serão assim distribuídos: R$ 36,6 bilhões para habitação popular, R$ 6,4 bilhões para subsídios, R$ 5 bilhões para saneamento, R$ 5 bilhões para infraestrutura urbana, R$ 2,5 bilhões para a compra de certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) e R$ 1 bilhão para o Programa Pró-Cotista, que concede juros a menores com conta vinculada ao FGTS.
De acordo com a prestação de contas do FGTS de 2011, analisada pelo conselho curador do fundo hoje, foram investidos R$ 42 bilhões em habitação popular, R$ 4,8 bilhões em saneamento e R$ 4 bilhões em infraestrutura – principalmente no âmbito do Minha Casa Minha Vida e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. A auditoria do FGTS foi feita pela Caixa Econômica Federal e pela empresa Price Waterhouse Coopers.

MPF pede anulação da licença para Belo Monte



MPF pede anulação da licença para Belo Monte

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça a anulação da licença de instalação da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. Segundo procuradores da República, as condicionantes (ações obrigatórias de prevenção e redução dos impactos socioambientais do projeto) não estão sendo cumpridas. Informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da prefeitura de Altamira e de lideranças locais dão conta que iniciativas obrigatórias estariam há um ano sem sair do papel.
“Houve violação de condicionantes. Essas condicionantes evitariam o dano ambiental em sentido amplo. Seu descumprimento, portanto, deve ter como sanção a suspensão ou o cancelamento da licença ambiental”, pede o MPF à Justiça.
A ação cautelar contra a Norte Energia, concessionária da obra, e contra o Ibama, foi ajuizada na Justiça Federal, em Belém, nesta segunda-feira (23). Para o MPF, além do descumprimento das condicionantes, estas são insuficientes e mal fiscalizadas pelo Ibama.
“As condicionantes estabelecidas na licença prévia não foram cumpridas, sendo postergadas e incorporadas na licença parcial de instalação e, posteriormente, na licença de instalação, fase na qual continuam sendo tratadas pelo empreendedor como mero requisito formal” diz o texto da ação assinada pelos procuradores da República Felício Pontes Jr., Ubiratan Cazetta, Meliza Barbosa e Thaís Santi.
A ação cautelar, embora seja um processo novo, está vinculada a uma ação proposta em 2011, chamada de ação principal, na qual o MPF já pedia a suspensão da licença de instalação exatamente por descumprimento das condicionantes.
No início do ano, a Norte Energia foi multada em R$ 7 milhões devido ao descumprimento de condicionantes. De acordo com o MPF, o Ibama encontrou informações inverídicas em resposta da concessionária sobre o andamento do programa de educação ambiental e também apontou o descumprimento de condicionantes em 24 programas e projetos, como os de saúde e segurança, saneamento, acompanhamento das comunidades, atendimento social, monitoramento da qualidade da água e vários ligados à conservação da fauna, caracterizando infração administrativa.
Em relação ao programa de recomposição/adequação da infraestrutura de serviços de educação, o parecer anexo à multa diz haver “fortes indícios” de que a Norte Energia não atendeu os prazos fixados.
Informações da prefeitura de Altamira encaminhadas ao MPF citam itens não atendidos pela concessionária, como ações de cooperação nas áreas de abastecimento de água, esgotamento sanitário, aterro sanitário, remediação do lixão, drenagem urbana, requalificação urbana, habitação e treinamento de mão de obra local.
Indígenas - Na ação do MPF, também é relatado o descumprimento de condicionantes destinadas ao atendimento dos povos indígenas afetados pela implantação da usina de Belo Monte. Os procuradores afirmam que o comitê gestor para acompanhar a vazão das águas em terras indígenas, que seria criado em julho do ano passado, ainda não saiu do papel, assim como o plano operativo, o termo de compromisso para o plano ambiental indígena e o plano de proteção das terras indígenas.
O MPF cobra ainda solução para o mecanismo de transposição de pequenas embarcações no barramento no sítio Pimental, em benefício de comunidades indígenas e ribeirinhas, que usam o transporte fluvial para conseguir acesso à saúde, educação e comércio em Altamira.
Contatada, a concessionária Norte Energia informou que não vai se manifestar sobre o assunto, porque não foi notificada oficialmente sobre o posicionamento do Ministério Público Federal (MPF) de pedir a anulação da licença de Belo Monte.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Jornal de Tucuruí comemora mais de 200 mil acessos


Jornal de Tucuruí comemora mais de 200 mil acessos
A equipe do Jornal de Tucuruí e Região – JT Online agradece aos seus leitores diários, que acessam o blog do JT, pela conquista dos mais de 200 mil acessos, sabemos do nosso comprometimento pela transparência na publicidade da verdade, e seguimos cada dia mais fortes por este ideal, sabemos que muitas pedras de tropeços tivemos que suportar pelo caminho, mais um blog que nasceu em Fevereiro de 2010 e passado 2 anos e 5 meses, em Julho de 2012, ultrapassa mais de 217.000 acessos com muita força e responsabilidade pela verdade.
Agradecemos nossos leitores, e, continuem conosco rumo ao projeto de democratizar nosso munícipio com seu retorno às mãos do povo para que possam ter novamente acesso a cultura, esporte, lazer, conhecimento, saúde, educação, emprego, investimentos com geração de renda e o acesso às informações globalizadas a todos e todas sem distinção de raça, credo, cor, convicção política ou classe social.
FORA DO AR – Aproveitamos as comemorações para informar que desde o último dia 13 de Julho, nosso blog foi “invadido” por forças “ocultas”, que conseguiram travar a atualização e a manutenção do blog.
Mas graças às bênçãos de DEUS que e mais forte de que qualquer outro ser neste universo, conseguimos resgatar todo o conteúdo do blog, e coloca-lo novamente atuante como o eco do povo, agora com maior potência e agora em 13 línguas diferentes para o acesso em todo o globo.
São ações como estas, de tentar calar um dos únicos meios de informação da cidade, que fala a verdade “nua e crua”, que nós da mais força para continuarmos a mostrar a real situação de nosso munícipio e região.
E ainda mais, para aqueles que estão na “obscuridade” tramando algo para os membros desta equipe, fica apenas uma dica, não adianta ameaçar, tentar fazer emboscadas e nem criar “armadilhas” cinematográficas, para colocar em situação vexaminosas a honra e a conduta dos membros desta equipe, porque somos o que somos e não adianta criar factoides porque o povo e testemunha viva de que ações como estas que estão sendo tramadas, são abomináveis e nunca aceitas pela população. E antes de pensares em fazer, olhe para seu passado e lembre que antes de tudo começar, já o fizemos e temos arquivos de muitas situações que se chegar às redes sócias será uma grande carnificina generalizada.
Mais como diz o velho ditado: “quem quer pegar a galinha não diz xô” e “quem tem telhado de vidro não atira pedra no do vizinho”. Tenha como dito o não dito.
Um forte abraço e que Deus ilumine os caminhos de todos nesta jornada rumo a vitória.


WELLINGTON HUGLES
Adorado por muitos e odiado por poucos

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Declaração de bens de candidato Sancler Ferreira demonstra desvalorização de sua casa e o aumento de seu patrimônio

Com os novos serviços colocados a disposição da população para acompanhamento total dos candidatos as eleições municipais em todo o país através do site do TSE, este meio de comunicação, realizou uma série de pesquisas e comparou o registro de candidatura dos três candidatos a prefeito de Tucuruí, que disputaram as eleições de 2008 e que vão disputar as eleições de 2012.
A olho nu, e muito fácil identificar algumas disparidades, para a população de Tucuruí que acompanhou os últimos 8 anos de administração da prefeitura de Tucuruí, observa-se que Sancler Ferreira em 2008, declarou possuir uma casa na Vila Pioneira no Valor de R$ 500.000,00 (Quinhentos Mil Reais), passado quase 8 anos, e diga-se de passagem muitas melhorias foram realizadas para a modernização e valorização do patrimônio do atual prefeito Sancler Ferreira em sua casa na Vila Pioneira, em sua declaração de bens, a sua modesta casa desvalorizou em 8 anos 20% do seu valor declarado em 2008, dos R$ 500.000,00 (Quinhentos Mil Reais) que era o valor em 2008 passou a valer apenas R$ 400.000,00 (Quatrocentos Mil Reais) em 2012.
Parece que o bairro da Vila Pioneira, principalmente a Rua B, que tem em seu entorno um Centro de Inclusão Digital, Unidade de Saúde e Escola, passou a ficar desvalorizado em função da implantação destes serviços da municipalidade.
Se compararmos com a declaração de bens do Professor Jonatas de 2008 sua casa localizada no bairro da Cohab foi avaliada em R$ 21.600,00 e passado estes 8 anos, sua rua não foi asfaltada, nem uma obra pública beneficiou diretamente sua rua, mas na declaração de bens de 2012 sua casa foi avaliada em R$ 40.000,00, tendo um aumento substancial de quase 47% no valor anterior demonstrado a valorização de seu patrimônio. É fato que poucas ou mínimas obras foram realizadas na sua casa, mas pelo espaço de tempo a tendência e a valorização do patrimônio imóvel.
Com referência a declaração do candidato Cláudio Furman, seu patrimônio de participação empresarial, segundo sua declaração de bens, teve uma redução acentuada, em 2008 seu patrimônio era de R$ 474.435,00 e na sua declaração de 2012 teve uma redução para R$ 409.877,00.
Com isso, fica mais uma dúvida no real valor do patrimonial do atual prefeito Sancler Ferreira, em função da redução acentuada do valor de sua residência, que, com toda certeza com as obras de melhorias a tendência seria sua valorização, e com isso, aumentaria acentuadamente o valor real de sua declaração de bens, que em 2008 era de R$ 805.000,00, sendo que deste R$ 500.000,00 era sua casa, sobrando apenas R$ 305.000,00, e atualmente sua declaração de 2012 e de R$ 1.189.256,29, um acréscimo de R$ 384.256,20, ou seja, nestes 7 anos e 6 meses, o prefeito Sancler Ferreira recebeu por mês algo entorno de R$ 4.269,51. Isso porque sua casa desvalorizou R$ 100.000,00.



Abaixo as declarações dos candidatos de 2008 e 2012 para as devidas comparações:


Declaração de Bens de Sancler Ferreira em 2012
 Declaração de Bens de Sancler Ferreira em 2008
 Declaração de Bens de Cláudio Furman em 2012
Declaração de Bens de Cláudio Furman em 2008

 Declaração do Professor Jonatas Costa  em 2012


 Declaração do Professor Jonatas Costa  em 2008

Sancler Ferreira envolvido em propaganda eleitoral irregular no Jornal “O Liberal”

100 mil revistas foram impressas e encartadas em 100 mil jornais “O Liberal”, onde em Tucuruí foram distribuídos cerca de 30 mil jornais encartados com a revista pelas ruas de Tucuruí de forma gratuitamente no domingo 12 de maio, Dia das Mães

A distribuição de revistas “Tucuruí” durante a madrugada nas portas das casas da Vila Permanente, que veio recheada com um vídeo institucional, caracterizando propaganda eleitoral antecipada em pleno os meses de maio e junho
Mães de alunos da Zona Rural do município de Tucuruí, questionam os ônibus escolares que aparecem nas fotos da revista distribuída dentro do jornal “O Liberal” no Dia das Mães nas ruas da cidade, ônibus estes que não existem na Zona Rural 

Para fatos não há questionamento:
Distribuição de dezenas de caixas de revistas “Tucuruí” durante a inauguração do mercado municipal, sem a mínima preocupação de serem filmados ou registrados para futuras denuncias na justiça, propaganda antecipada e paga pelos cofres da prefeitura de Tucuruí





O caminhão de fretes BAIA, realizou o transporte das revistas “Tucuruí´” por toda a cidade e também teve seus serviços pagos através dos cofres da prefeitura de Tucuruí


Expediente da equipe que produziu a revista da prefeitura de Tucuruí observa-se o número de tiragem de apenas 15 mil exemplares, ou seja, onde foram registradas as outras 85 mil revistas?

O Ministério Público Eleitoral após o recebimento da denúncia de um morador de Tucuruí, que por questão de sigilo processual teve seu nome resguardado, apresentou representação a Juíza Eleitoral contra o atual prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira da coligação “Pra Tucuruí Continuar Mudando”, candidato a reeleição nas eleições de outubro vindouro, na denúncia, esta caracterizada a utilização da máquina do governo municipal em benefício próprio, fazendo “apologia” a sua administração, na publicação de uma revista no formato de 30cm X 25 cm, toda em papel coche, com 70 páginas coloridas, ilustradas com fotos em grande maioria sem os devidos créditos dos titulares, e com a divulgação de diversas maquetes de obras que são projetos do governo municipal, que apenas agora no período eleitoral foram colocadas em execução, bem como a divulgação de futuros eventos culturais, a saber: Carnaré, Tortuc, Expotuc e Louvortuc, que recebem recursos da prefeitura municipal para sua execução, ficando comprovada a intenção do gestor municipal de burlar a lei, e, com mais de três meses de antecedência a realização dos eventos fez as divulgações em revista intitulada “Tucuruí a cidade da energia”, paga através de recursos do erário público municipal, burlando a lei, que proibi o patrocínio e a divulgação institucional no período eleitoral.
Toda a confecção da revista foi dirigida através da contratação de uma Agência de Comunicação de Belém, que produziu a Edição nº 01, Ano I – Maio de 2012.
A equipe que prestou os serviços de confecção de textos e fotos em Tucuruí foi contratada pela empresa Carla Alin Alves Estumano - Agência de Publicidade Shekinah, administradora da área de Comunicação Social da Prefeitura de Tucuruí, que administra a cifra de mais de R$ 1 milhão para a mídia institucional. 
Face aos volumosos valores, o contrato foi denunciado no Ministério Público desde outubro de 2011, por vestígios de irregularidades em seu quadro de sócios da empresa de Publicidade Shekinah, onde a sócia majoritária é beneficiária direta com uma bolsa do programa Bolsa Trabalho da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda do Governo do Estado do Pará.
O fio da meada - Segundo informações obtidas com os responsáveis pela edição da revista, o contrato para a impressão dos 100.000 exemplares e a inserção no Jornal “O Liberal”, do domingo, 12 de maio de 2012, data comemorativa ao “Dia das Mães”, foi através da empresa Delta Publicidade S/A do Grupo ORM, e que, inclusive o material impresso foi confeccionado no parque gráfico do Jornal “O Liberal” em Belém, em um total de 100 mil exemplares pelo custo originário de R$ 130 mil, tendo o custo unitário de R$ 1,30; valores estes que se foram pagos através da Agência de Publicidade Shekinah que presta serviços a Prefeitura de Tucuruí, teriam o acréscimo de mais 20% da Comissão da Agência, totalizando o valor para R$ 156 mil.
Mesmo com a comprovação da confecção e distribuição em diversos municípios do estado do Pará através do Jornal “O Liberal” de matéria de promoção pessoal do prefeito Sancler Ferreira, vésperas a sua candidatura de reeleição como gestor de Tucuruí, outro fato causa desconfiança no processo de contração dos serviços, haja, vista, que no expediente da Revista paga pela Prefeitura de Tucuruí, a tiragem e de 15.000 exemplares, mais o quantitativo impresso foi de 100 mil exemplares, inclusive a Prefeitura de Tucuruí contratou um caminhão de mudanças para transportar 30 mil exemplares do jornal “O Liberal” com o encarte da revista “Tucuruí”, do último domingo 12 de maio de 2012, que e impresso e colocado em circulação por volta das 15 h do dia anterior a sua publicação neste caso sábado (11 de maio de 2012), o caminhão saiu de Belém para Tucuruí no dia 11 de maio de 2012, onde, estes jornais “O Liberal” foram distribuídos gratuitamente durante toda a manhã do Domingo (12/05/2012), em todos os comércios da cidade, supermercados e no shopping, nossa equipe de reportagem questionou a distribuição gratuita do Jornal a uma gerente de um grande supermercado localizado no bairro da Vila Permanente, sendo informados com os seguintes textuais: ”foi um pedido do prefeito Sancler, que quis homenagear as mães clientes de nossa loja, e nós pediu que fizéssemos a doação de exemplar gratuito do jornal em comemoração ao dia das mães”. Perguntamos ainda se ela tinha conhecimento da inserção da revista que fazia apologia ao governo Sancler Ferreira, a gerente foi bastante incisiva em declarar que “não tinha conhecimento deste encarte na publicação do jornal”. 
Passado este fato, o prefeito com sua "superioridade" e a certeza da "impunidade", foi, mas audacioso, ordenou que os organizadores da festa de inauguração do Mercado Municipal que ocorreu no último dia 19 de maio em Tucuruí, realizassem a distribuição de dezenas de caixas de revistas durante o evento, para todos os populares que participavam da cerimônia de inauguração, que teve como atrativo a Banda Caferana do município de Cametá, um show gratuito como foi a distribuição de forma irregular de propaganda eleitoral extemporânea do prefeito Sancler Ferreira através de sua revista.
Com o passar do tempo, e com o sentimento de não ter recebido nenhuma punição pelos seus desmandos de fazer propaganda antecipada paga através dos cofres do município, e, com a certeza absoluta de que não seria punido pela propaganda extemporânea irregular, e, ainda com milhares de revistas estocadas no município para serem distribuídas durante sua campanha. Sancler Ferreira extrapolou todas as barreiras e contratou equipes de pessoas, para realizar a distribuição durante os finais de semana do mês de junho, da revista "Tucuruí" de casa em casa na Vila Permanente durante a madrugada, sendo que todos os moradores ficavam surpresos com a revista na porta de sua casa ao abrirem as portas pela manhã. 
Audiência - O Processo de Representação por Propaganda Antecipada nº 10.198 do Ministério Público Eleitoral, foi protocolado sob o nº 33833-2012, no último dia 20 de Junho de 2012, as 10:59 e registrado na 40ª Zona Eleitoral de Tucuruí, sob o nº único: 10198.2012.614.0040, com audiência marcada pela Juíza Rosa Maria Moreira da Fonseca, para o dia 13 de Julho de 2012 às 11:00 horas.
Em contato direto com o prefeito municipal de Tucuruí Sancler Ferreira, o mesmo declarou que “não faria qualquer comentário sobre o assunto”.  (Wellington Hugles)

Sancler e Furman com processos pendentes na Justiça Eleitoral de Tucuruí



Sancler e Furman com processos pendentes na Justiça Eleitoral de Tucuruí


Os candidatos, Sancler Ferreira (PPS) candidato a reeleição a prefeito de Tucuruí e Cláudio Furman ex-prefeito por três mandatos e disputando a eleição a prefeito em outubro vindouro, estão com processos tramitando na Justiça Eleitoral de Tucuruí, que poderão causar impedimentos nos registros de suas candidaturas conforme o relatório obtido pela consulta no site do TSE:
http://divulgacand2012.tse.jus.br/divulgacand2012/FramesetPrincipal.action?siglaUFSelecionada=PA, através do Acompanhamento Processual e PUSH disponível a população online pela internet.






Verão 2012: Por falta de opção e de incentivo da prefeitura, tucuruienses buscam outros municípios para o Veraneio


Fotos: Wellington Hugles/Sistema Floresta de Comunicação 
 Imagens lamentáveis que se observa diariamente no cais do porto da cidade de Tucuruí, onde milhares de pessoas deixam a cidade em dezenas de embarcações, tudo em função da falta de gestão municipal, na garantia de um local para o lazer e o veraneio dos tucuruienses, bem como pela falta de investimentos nos eventos da cidade como Carnaré e Tortuc, é a falta de serviços da prefeitura em toda a cidade: 




  
Embarcações lotadas levando nossa população em busca de municípios com maior investimento em lazer, cultural e opções de veraneio 
O primeiro final de semana do mês de julho considerado de férias escolares em Tucuruí foi marcado com pouca movimentação nos balneários e nas praias da cidade, tanto na praia da Matinha como na do Mangal nada foi preparado para garantir aos banhistas as mínimas condições para pegar um bronzeado e refrescar-se com as águas do rio Tocantins.
Queiroz – A única opção de praia que teve sua organização garantida pela Prefeitura de Breu Branco, através do prefeito Egon Kolling “Alemão”, foi a da Queiroz Galvão que fica localizada a margem direita da jusante do rio Tocantins, toda a infraestrutura foi garantida, através da colocação de barracas para assistência medica, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, energia elétrica e água potável.
No local foi montado um palco para a apresentação de eventos culturais, sendo o atrativo principal a escolha da Musa do Verão 2012, organizado pela Radio Floresta de Tucuruí e Sistema Floresta de Comunicação, já no seu 5ª ano consecutivo, que congrega diversas belas moças que durante todo o mês de veraneio apresentam seus bronzeados para o público até a decisão popular na escolha da mais linda do Verão.

Na chega ao município de Breu Branco os tucuruienses observam os investimentos da Prefeitura de Breu Branco na sua praia, e em Tucuruí com duas praias as margens do Rio Tocantins nada foi feito pelo atual prefeito
O concurso da musa do Verão de Breu Branco reuni aos finais de semana muitos veranistas na praia da Queiroz as margens do estupendo rio Tocantins 
Centenas de veranistas procuram a praia da Queiroz Galvão em Breu Branco como única opção de lazer no verão da região 
Travessia - Centenas de pessoas de Tucuruí nos finais de semana vão para a praia da Queiroz Galvão em função de não terem no munícipio um local preparado para sua diversão e banho, atravessando de lancha ou barco o rio Tocantins para o município de Breu Branco em busca de diversão nos dias ensolarados de verão.
Emigração – Em função da falta de opção no munícipio, diariamente e observado a partida do cais de Tucuruí de diversas embarcações lotadas de pessoas que estão saindo da cidade, em busca das localidades como: Baião, Mocajuba e Cametá, considerados municípios com diversos atrativos, dentre eles os belíssimos igarapés e as lindas praias, como por exemplo, a praia da Aldeia no município de Cametá.
Isso demonstra o empobrecimento do município de Tucuruí e a falta de investimentos que garantam a geração de emprego e renda para os tucuruienses que anualmente aguardam que a prefeitura de Tucuruí disponibilize ações que garantam a mínima estrutura para o veraneio nas duas praias formadas pelo rio Tocantins que banha a cidade.
Diariamente diversas embarcações lotadas de pessoas estão saindo em busca das localidades como: Baião, Mocajuba e Cametá

Carnaré – É fato que neste final de semana durante os dias de 13, 14 e 15 estará acontecendo na cidade o tradicional Carnaré, que anualmente movimenta a cidade com a chegada de milhares de brincantes, que vem de diversas localidades para participar da micareta fora de época da região, mas segundo os empresários do ramo hoteleiro e de restaurantes, a procura por hospedagem e a mínima, já vista nos últimos três anos, segundo Jorge Silva proprietário de Hotel em Tucuruí, “não tenho nenhuma reserva feita por pessoas que estejam vindos em função da realização do Carnaré, isso, para a gente que vive de público e muito ruim, porque, neste momento tão difícil que passa a economia do município com o desaquecimento da economia e o arrocho na geração de renda, e impossível sobrevivermos, em minha opinião a prefeitura não teve preocupação neste ano em investir no Carnaré e sim nas eleições, com isso inviabilizando a circulação de dinheiro no município em todos os eventos neste período que o prefeito pretende sua reeleição”, disparou.
Tortuc – Com a entrada em funcionamento da Usina Hidrelétrica de Tucuruí - UHE, houve a formação do grande lago da UHE Tucuruí, nossa região tornou-se favorável à prática da pesca esportiva, permitindo por características ambientais e biomas favorável do lago, que se tornou possível a proliferação abundante de peixes valorizados por esta prática, em especial o Tucunaré.
São mais de 1.600 ilhas que forma o lago da UHE Tucuruí, em função disso no período de 13, 14 e 15, será realizado o IV Torneio de Pesca Esportiva de Tucuruí - TORTUC, que tem como meta o fomento do turismo, ou seja, firmado nos princípios ecologicamente suportável, economicamente viável, assim com ética e socialmente equitativo para as comunidades locais.
A organização e execução do TORTUC esta a cargo da Associação de Pescadores Esportivos do Lago de Tucuruí - APELT e parceiros.
O evento terá início na sexta-feira (13) e contará com a presença de pescadores de todas as regiões do estado e do país, que terão no lago da UHE Tucuruí a oportunidade para a prática da pesca esportiva. A base do evento será a sede Náutica da Associação dos Empregados da Eletronorte - ASEEL que possui toda a infraestrutura necessária para atender aos participantes que disputaram entre si, quem será o premiado com a pesca esportiva  do maior Tucunaré no ano de 2012.  (Wellington Hugles)