Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

"Russo" candidato a prefeito de Goianésia processa jornalista por denúncias


“Russo” de Goianésia processa jornalista Wellington Hugles por denunciar fraudes milionárias

Fotos: Wellington Hugles
“Russo” de Goianésia processa jornalista Wellington Hugles por denunciar fraudes milionárias

“Russo” de Goianésia ganhou licitação supostamente fraudulenta da construção da Escola Zolima Ténorio, que após as denúncias estão paralisadas
“Russo” de Goianésia processa jornalista Wellington Hugles por denunciar fraudes milionárias
 Sancler Ferreira figura como "mentor intelectual" dos resultados das licitações "arranjadas" em detrimento ao erário público

Acima obras da escola totalmente paralisadas e abaixo anúncio de precisa-se de pedreiros e ajudantes 

  Acima o administrador das obras da Etuzea Wagner Felsiberto da Costa que deu o valor da caução para que Russo” de Goianésia fosse o vitorioso na licitação da escola Zolima Tenório a qual Wagner administra as obras 


“Russo” de R$ 100 mil de adiantamento para dar início na obra de reforma de um prédio alugado onde funciona o CEO em Tucuruí no valor global de R$148 mil
 Certidão da SEFA comprovando que "Russo" possui débitos com o fisco do Estado 




“Russo” de Certidões comprovando os dois processos impetrados por "Russo" contra o jornalista Wellington Hugles 

“Russo” respondendo processo no estado do Piauí, onde foi identificado o réu, como não tendo cumprido os pagamentos de pensão alimentícia desde 2006 
Após ser denunciado por comandar empresa “laranja” em suposto envolvimento em fraude em licitações de quase R$ 5 milhões para ser “beneficiado” com obras da Prefeitura de Tucuruí, pelos vereadores na tribuna da Câmara de Tucuruí, o candidato a prefeito João Gomes da Silva “Russo” de Goianésia do Pará impetrou processos judiciais contra o jornalista e correspondente do Diário do Pará.
O candidato a prefeito de Goianésia do Pará João Gomes da Silva “Russo”, ajuizou na Comarca de Tucuruí, duas queixas crimes contra o jornalista Wellington Hugles, correspondente do Diário do Pará e Diário de Carajás em Tucuruí, em função da publicação de matéria jornalista datada de 22/06/12, com o titulo “Empresa é acusada de esquema milionário”.
“Russo” em ação que tramita na vara civil, pede a condenação do jornalista pelos crimes de calúnia, injúria e difamação e em outra ação na vara criminal exige uma indenização por danos Morais no valor de R$ 24.880,00 a ser paga por Hugles.
Uma série de irregularidades denunciadas pela população, envolvendo a malversação dos recursos públicos, foi apurada e denunciada na tribuna da Câmara de Tucuruí pelos vereadores da bancada do Partido dos Trabalhadores em junho do corrente ano, constatando prováveis irregularidades em licitações e contratos entre a Prefeitura de Tucuruí e a empresa Etuzea Construtora LTDA, através de recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB do governo federal e dos cofres públicos do município de Tucuruí. O “esquema” que figura “Russo” como administrador da empresa Etuzea Construtora LTDA, já rendeu ao “grupo” a cifra de mais de R$ 5 milhões, foram obras de reformas em diversos prédios da cidade de Tucuruí, entre eles: estádio municipal, rampa de acesso ao cais, unidades de saúde, hospital municipal, prédio da vigilância sanitária e a reforma de uma residência particular onde atualmente funciona o Centro de Especialização em Odontologia – CEO, que custou para ao município o valor de mais de R$ 148 mil.
Não satisfeitos com tantas “traquinagens”, a empresa “familitária” Etuzea, comandada por “Russo”, candidato a prefeito em Goianésia, com o apoio do candidato a reeleição a prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira, participou de mais uma licitação para a construção da Escola Professora Zolima Tenório dos Santos, no bairro Bela Vista, no valor de R$ 1.498.322,75. Na ausência das outras duas empresas que adquiriram o edital, a Etuzea foi à única participante do certame, sagrando-se vencedora da licitação, mesmo não podendo habilitar-se em função do seu capital social ser de apenas R$ 100 mil, neste caso, muito inferior para licitações acima de R$ 1 milhão, e com um agravante, por este o motivo da suspeita das irregularidades na licitação, a caução do valor dos 10% da obra, que obrigatoriamente deveria ser depositado pela empresa Etuzea, foi depositado na Secretaria da Fazenda de Tucuruí, através de um cheque pessoal de nº 000443, do Banco do Estado do Pará, no valor de R$ 14.983,22 fornecido e assinado por Wagner Felisberto da Costa, nada mais que cunhado do prefeito Sancler Ferreira que não tem nenhuma participação no quadro de sócios da Construtora Etuzea, mas, que após a contratação da Etuzea o administrador e executor da obra é Wagner Costa.
Nos mesmos moldes, encontra-se a obra de construção do novo Cemitério de Tucuruí avaliado em quase R$ 1,5 milhão, e que a empresa Etuzea administrada por “Russo” candidato a prefeito em Goianésia, também repassou a obra a outro “aliado” político do prefeito Sancler Ferreira, e que passado mais de 15 meses do prazo para a conclusão da obra, até a presente data nada foi concluído no local.
Outro fato que é de conhecimento público que “Russo” além da grande “amizade” com o candidato a reeleição a prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira, também mantem relação de trabalho, onde Sancler assinava como engenheiro as obras da Empresa Etuzea Construtora LTDA, antes de assumir cargos de chefe de governo. “Russo” passa ainda por problemas junto ao fisco estadual, não podendo figurar como proprietário de empresas em função de seus débitos junto a Secretaria da Fazenda do Pará comprovado através de Certidão Positiva de Natureza Tributária.
Estas práticas na má utilização dos recursos públicos têm que serem extirpadas pelos legisladores municipais, através de medidas rigorosas nas Câmaras Municipais e denunciados ao Ministério Público do Estado e Federal, haja vista, que os recursos do Fundeb estão sendo utilizados de forma ilícita, beneficiado diretamente um grupo político, que vem ao longo destes anos praticando o conhecido “caixa 2”, com vistas ao financiamento de suas campanhas eleitorais.
Vistoria – A direção do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Tucuruí – Sitricomt, realizou na tarde de ontem, uma visita in loco, para constatar as diversas denúncias dos funcionários que prestam serviços nas obras de construção da Escola Professora Zolima Tenório e do novo cemitério público da cidade, realizadas pela Construtora Etuzea, sob o comando do candidato a prefeito de Goianésia “Russo”, constatada de imediato a falta dos Equipamentos de Proteção Individual-EPI em ambas as frentes de serviços, obrigatórios na garantira da segurança pessoal do funcionário. Outras irregularidades foram averiguadas através dos maus tratos aos funcionários no fornecimento de alimentos, e, até de água potável, além das queixas de que palavras de baixo calão são direcionadas aos trabalhadores com a acusação através de “gritos” chamando a todos de “ladrões”, pelo responsável da obra da escola Wagner Felisberto da Costa, cunhado do prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira, que a mais de 90 dias não realiza o pagamento dos salários dos funcionários, e o que é pior os trabalhadores estão a mais de 11 meses sem seus registros nas suas Carteiras de Trabalho (CTPS). Após a vistoria, o Sitricomt tomará todas as medidas necessárias junto ao Ministério do Trabalho e a Justiça do Trabalho para coibir esta prática retrógada e de desrespeito ao trabalhador.
Um funcionário da Etuzea que com medo de represália preferiu manter seu nome resguardado informou que “há 11 meses trabalho na empresa e nunca tive minha carteira assinada, “depois que foi descoberto o “esquema” desta obra tudo parou até nossos salários estamos há 90 dias sem ver, agora como é que este “Russo”, que não consegue administrar sua pequena empresa, quer ser prefeito de um munícipio como Goianésia” que Deus o livre aquela população deste martírio”.
Pensão Alimentícia – O empresário e administrador da Construtora Etuzea João Gomes da Silva “Russo”, candidato a prefeito de Goianésia, responde desde o ano de 2006 processo de Execução de Alimentos, no estado do Piauí, na cidade de Barras de Maratoan, impetrado por sua companheira Adriana de Carvalho Sousa, a qual desde 2006 luta para que o pai “Russo”, ajude com a pensão alimentícia no sustento de sua filha, mas, passado 6 anos nunca o candidato a prefeito deu atenção mínima nem no passado, nem no presente a sua filha. O processo continua em tramitação no estado do Piauí, aguardando a localização de “Russo”, para ser intimado e cumprir com os pagamentos das pensões alimentícias a sua filha, atrasadas desde 2007, ocorre que o não cumprimento acarretará nas sanções previstas em lei, culminando até com o mandato de prisão, pela falta de suprir o sustento de seus dependentes.  
Relembre o Caso - A ação do grupo teve início em 1997, José Gomes da Silva conhecido como “Russinho do táxi”, fundou a empresa Etuzea Construtora LTDA, inscrita no CNPJ: 01.892.495/0001-73, Inscrição Estadual: 15.196.163-8 e Inscrição Municipal: 001154-2, constituindo como sócio seu sobrinho Francisco Eduardo Oliveira Silva, tendo a empresa sua sede na residência de Eduardo Silva no bairro da Cohab em Tucuruí e com um capital social de R$ 100 mil.
Após oito anos como sócio da empresa fundada por seu tio José Gomes da Silva “Russinho do táxi” o sobrinho Eduardo Silva, este que tinha a maioria absoluta de 70 % das cotas de propriedade da empresa, resolveu em um passe de mágica, sair da sociedade em janeiro de 2005, para poder prestar assessoria há época ao então vice-prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira, transferindo os 70% das cotas de participação na empresa Etuzea Construtora LTDA ao seu cunhado Kleber Leonardo Oliveira Sampaio, que atualmente responde como vice-diretor do Presídio de Tucuruí, que inclusive foi uma indicação política do prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS) a pedido de seu aliado e candidato a prefeito de Goianésia “Russo”.
Dai em diante, entra em cena a figura de João Gomes da Silva “Russo”, natural de Barras de Maratoan, estado do Piauí, nascido em 15 de junho de 1953, irmão de José Gomes da Silva “Russinho do Táxi” e pai de Eduardo Silva, sócios fundadores da empresa Etuzea, e sogro do novo sócio Kleber Sampaio vice-diretor do presídio de Tucuruí proprietário de 70% das cotas da empresa Etuzea.
Passado quatro meses desta alteração contratual que garantiu a Kleber Sampaio a maioria absoluta da empresa Etuzea com a saída de seu cunhado Eduardo Silva, os sócios resolveram nomear como procurador com poderes universais inclusive para participar de licitações e assinar contratos e receber os pagamentos, respondendo pela Etuzea Construtora LTDA, João Gomes da Silva “Russo”, residente e domiciliado a Ala A – Quadra 04, casa nº 61, no bairro da Cohab em Tucuruí, mesmo local onde funciona a empresa de “faixada” Etuzea, a partir dai passando a prestar serviços para a Prefeitura de Tucuruí com o apoio de seu filho Eduardo Silva assessor de gabinete do então vice-prefeito Sancler Ferreira no período de 2005 a 2008 abençoando todos os contratos neste período.
“Russo” como é conhecido no meio político foi candidato a prefeito nas eleições de 2008 no município de Goianésia do Pará, pelo partido PSDC não conseguindo ser eleito, mas sempre tendo expectativas de ter seu sonho concretizado, em assumir o executivo de Goianésia, mesmo tendo que para isso, celebrar “acordos” e “esquemas”.
Durante a atual administração do prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS), o procurador da empresa Etuzea, João Gomes da Silva “Russo”, teve guarida, para as suas “artimanhas” na prestação de serviços, haja vista, que Sancler Ferreira é considerado o maestro destas ações, e com um agravante positivo, que o filho de “Russo” Eduardo Silva, também figura como braço direito de Sancler, desde a época que Sancler foi vice-prefeito, inclusive Eduardo Silva, também figura como “articulador administrativo” de outra empresa que venceu a licitação duvidosa na atual gestão para o fornecimento do “coffee break” da PMT. (Wellington Hugles)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

'The Voice': Tucuruiense Liah Soares encanta com sua voz


Liah Soares já tocou no Domingão do Faustão

Liah Soares, cujo nome verdadeiro é Eliana Soares da Silva, natural da cidade de Tucuruí, sudeste Paraense, conquistou os jurados do The Voice, reality show musical da rede Globo, e foi aplaudida de pé. Além de possuir uma bela voz, a cantora paraense se consagrou como compositora e tem sucessos interpretados nas vozes de Sandy & Junior, com Nada É Por Acaso, Pedro & Thiago, com Decidi, Wanessa, com De Onde Você Vai Surgir, e KLB, com Um Dia Acontece.
Em 2004, ela lançou um álbum, homônimo, com a gravadora EMI e cantou o hit Garotas Choram Demais no programa Domingão do Faustão. Além disso, ela também lançou Perdas e Ganhos, em 2005, Livre, em 2008, e Quatro Cantos, em 2012.
Aprovada pelos quatro jurados do programa - Claudia Leitte, Daniel, Lulu Santos e Carlinhos Brown -, Liah Soares escolheu Daniel como treinador.

Biografia – Nascida no dia 8 de Janeiro de 1980, em uma família convencional, não tendo nenhum música profissional, Eliane Soares da Silva nasceu em Tucuruí, no Pará, cidade conhecida por sua grande hidrelétrica e desde cedo nutria o sonho de trabalhar com a música. Com menos de dois anos Liah se deitava no colo do pai para ouvir os seus discos, Luiz Gonzaga a Cartola e, aos três anos passou a cantar no coral da igreja em que sua família frequentava. Aos onze anos a aspirante à cantora ganha seu primeiro violão como presente de Natal, mesma época que começou a compor suas primeiras músicas e criar seus primeiros arranjos. Aos doze anos, Liah se inscreve em um Festival de Música Popular Brasileira, no qual chegou ao vigésimo quarto lugar dentre 3 mil inscritos, sendo sua primeira experiência com o palco e o público.
Em 1994, com apenas 14 anos, Liah muda-se de sua cidade, lugar sem estruturas para que desse início em sua carreira de cantora, e vai morar com seus tios em Santa Catarina, lugar onde estudou dança e violão clássico. Entre 1994 e 1999 a cantora participou de vários festivais de música e passou a integrar várias bandas de pop rock e jazz, chegando a cantar em vários barzinhos onde tocou Sheryl Crow, Stevie Wonder, Djavan, Shania Twain, Cassia Eller, dentre outros nomes da música brasileira e internacional.
Em 2000 Liah muda-se novamente, desta vez para a cidade de São Paulo, visando a iniciar sua carreira como cantora e compositora. Na época Liah participou de diversos festivais, de um musical e integrou um curso na Oficina dos Menestréis, local de onde surgiram outros nomes da música como Zélia Duncan e Oswaldo Montenegro. Em 2001 conheceu o produtor Rique Azevedo, que apostou no talento de Liah como compositora, gerando junto a ela mais de cinquenta músicas e, pouco tempo depois, foi apresentada a Pedro Barezzi e Dani Mônaco, compositores e arranjadores que ajudaram a iniciação da carreira da cantora. Em 2002 a cantora ganha status de compositora renomada no meio artístico, tendo muitas de suas canções gravadas por grandes artistas brasileiros, como Fotos No Espelho por Angélica e Desperdiçou por Sandy e Junior, além de outras canções compostas para Wanessa Camargo, KLB, dentre outros.
No mesmo ano Liah consegue um contrato com a gravadora EMI e muda-se para Belo Horizonte, em Minas Gerais, cidade onde residia seu empresário Felipe Barreto e onde começou a gravar seu primeiro álbum produzido por Rubem di Souza e o grupo de músicos e produtores Yahoo, formado por Zé Henrique, Marcelão e Serginho, conhecidos por trabalhar com o LS Jack, com quem chegou a gravar em torno de quarenta músicas.
Em 2012, Liah fez audição para o The Voice Brasil, onde cantou "As Rosas Não Falam" de Cartola e pôde escolher qual mentor queria, já que Claudia Leitte, Daniel, Lulu Santos e Carlinhos Brown apertaram o botão para ela. Liah optou por Daniel.
Carreira - Em 2003 Liah assina com uma grande gravadora, a EMI e em 2004 seu primeiro álbum intitulado "Liah" chega as lojas trazendo o primeiro single "Garotas Choram Mais", que estreou com grande repercussão por ser uma canção altamente feminista e abriu caminhos nas paradas para o nome de Liah.
Logo em seguida a música "Poesia e Paixão" foi lançada como single e obteve grande aceitação do público em geral, consolidando-se como o maior sucesso de Liah, chegando ao # 1 das paradas musicais. "O Amor é Mais" foi escolhido como terceito single do álbum e entrou para trilha sonora de Malhação o que ajudou as paradas das rádios. Outras duas canções: "Acreditar no Seu Amor" e "Não Vou duvidar" chegaram a tocar em algumas rádios do país.
No fim de 2004 Liah grava a canção "Sere Nere", uma parceria musical com o cantor italiano Tiziano Ferro. A música alcançou as paradas de sucesso e foi incluída original na trilha sonora da novela global Senhora do Destino.
Em 2005, "Perdas e Ganhos", seu segundo álbum, chegou às lojas com a produção assinada por Marcelo Sussekind. "Perdas e Ganhos" rendeu em 2005 o single "Tarde Demais", que fez parte da trilha sonora de Malhação e permaneceram semanas nas paradas de sucesso. A faixa "Tardes Negre", versão de "Sere Nere" em português foi também foi divulgada nas rádios.
Em 2006 foi a vez do single título do álbum "Perdas e Ganhos" ser lançado nas rádios. A faixa fez algum sucesso, porém foi semanalmente despencando nas paradas fazendo com que logo fosse retirada das rádios. O single ainda entrou para a trilha sonora de duas novelas: "Alta Estação" da Record e "Cristal" do SBT.
O álbum "Perdas e Ganhos" traz certo amadurecimento em relação à sonoridade e voz da cantora.
Em 2007 Liah inicia as gravações de seu terceiro álbum, alçando novos voos ao assinar pela primeira vez a produção do seu disco, juntamente com seus parceiros Dan Sebastian e Cesar Santos, e inicia a divulgação do disco "Livre" independente em 2008. A faixa "Livre" chega a algumas rádios.
O disco Livre ganha visibilidade, e em seguida Liah fecha com a gravadora Som Livre para distribuí-lo nas lojas em janeiro de 2009. A execução da música "E Não Vou Mais Deixar Você Tão Só", regravação do sucesso de Roberto Carlos e que está presente na trilha sonora da novela Três Irmãs, entrará como bônus track no álbum.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Tucuruí: Pesquisa do Ibope sob suspeita

Resultado da Pesquisa do Ibope sob suspeita de beneficiamento de Sancler além dos números ultrapassarem o percentual de 100%

Resultado da Pesquisa do Ibope em Castanhal foi proibida a divulgação pelos fatos de dúvidas nas mostragens e o número do percentual não chegou em 100% 

Nos gráficos da pesquisa estimulada do Ibope o total de entrevistados ultrapassa os 100%
O flagrante de uma moradora quando da procura pelas entrevistadoras do Ibope a procura de casa com cartazes identificando sua preferência ao candidato a reeleição em Tucuruí

Pesquisa do Ibope sob suspeita

Os Partidos Políticos ligados as Coligações que disputam as eleições municipais de 2012, deverão protocolar nas primeiras horas desta terça-feira (18), representação judicial solicitando a proibição da utilização dos resultados da pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto Ibope Inteligência, no período de 12 a 14 de setembro, com uma amostra de 406 eleitores entrevistados, garantindo uma confiança de acerto de 95% e uma margem de erro de até 5% para cima ou para baixo, mas que em diversas graficos os números deixam em duvida a transparência dos percentuais aplicados de 100%, ou seja, não estão diretamente transmitindo o desejo dos 406 eleitores sondados.
Contrato – O Sistema Floresta de Comunicação afiliado ao Sistema Brasileiro de Televisão -SBT, através da Rádio Floresta LTDA, contratou o instituto Ibope Inteligência de pesquisas, pelo valor de R$ 33 mil, para realizar a pesquisa de Opinião Pública em Tucuruí, sendo registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob o protocolo Nº 00125/ 2012.
Nesta segunda-feira (17), foram anunciados os resultados no programa diário de rádio de maior audiência em Tucuruí e região o “Tucuruí Agora”, bem como no único jornal televisivo da cidade o TJ Regional de propriedade da contratante.
Com os resultados disponibilizados no site oficial do Ibope, as coligações ao tomarem conhecimento dos números, observaram diversas disparidades, dentre as mais sérias, e que se observa a “olho nu”, caracterizando um descompasso nos resultados oficiais, são os observados nos gráficos que mostram os percentuais dos candidatos em suas intenções de votos para prefeito, os números da amostra estimulada dos quatro candidatos totalizam mais de 100%, demostrando uma disparidade nos resultados oficiais que, segundo o Ibope dão uma garantia de 95% de confiança.
Ainda observa-se nos gráficos, outra amostra com referência a rejeição dos candidatos a prefeito, o total dos percentuais chegam a 117%, ou seja, foram ouvidos mais do que os 406 eleitores que deveriam ser entrevistados para o concluso da pesquisa, ou em duas situações, os números não estão corretos por algum erro na finalização dos dados. Mas segundo a informação contida na pesquisa que as somas das porcentagens que não totalizam 100%, são em função decorrentes de arredondamentos ou de múltiplas escolhas.
É fato, que o Instituto Ibope tem uma excelência em pesquisa, e. é, o de maior credibilidade no país, mas, com esta situação de números desencontrados, cria-se um precedente para que os partidos que disputam as eleições tento o 13, 15 e 50, entrem com representação solicitado ao juízo eleitoral, a proibição da utilização destes números, como foi feito no inicio do mês de setembro no município de Castanhal, em face, de estarem sendo prejudicados com as disparidades da pesquisa e os supostos equívocos, até os devidos esclarecimentos do instituto, e ou, as devidas correções, que se não forem solucionadas podem induzir diretamente o eleitor em acreditar nos números publicados, e que deixam duvidas qual a formula utilizada para a finalizações dos gráficos e a falta de levantamento do plano amostral e ausência da demonstração da ponderação, como ocorrido no ano de 2008 na eleição a prefeito de Belém, sendo o resultado da pesquisa impugnado para a publicação pela justiça eleitoral.
Espontânea – ​No resultado da pesquisa observa-se quando o entrevistado e perguntado de sua intenção de voto, é feita sem a apresentação do disco com os nomes dos candidatos, o atual prefeito Sancler atinge 53% das citações. Jones William tem 14% das intenções de voto, Claudio Furman 9% e Professor Jonatas são citados por 4% dos eleitores de Tucuruí e 1% citou outros nomes. Brancos e nulos somam 3%, enquanto 16% dos eleitores não sabem ou preferem não responder em quem votariam, totalizando os 100% que são o correto no universo de 406 entrevistados.
Rejeição - Quando perguntados em quais candidatos não votariam de nenhuma maneira, o candidato Claudio Furman é citado por 49% do eleitorado. Jones William atinge 23% das menções, enquanto Sancler e Professor Jonatas têm índices de rejeição de, respectivamente, 16% e 12%. Os eleitores que declaram poder votar em qualquer um dos candidatos representam 6% do eleitorado, ao passo que 11% não sabem ou preferem não responder essa questão, totalizando 17% a mais do número oficial de 100% dos 406 eleitores entrevistados.
Castanhal Da mesma forma, como esta ocorrendo em Tucuruí, os resultados da pesquisa de opinião pública do Ibope em Castanhal, que apontou Paulo Titan com 52% das intenções de votos, não batem o total de entrevistados, em um universo de 100%, o resultado aponta apenas 99%, a justiça eleitoral determinou a proibição da divulgação dos resultados que ocorreria no último dia 5 de setembro, nos programas eleitorais. Já nesta segunda-feira (17), o juiz do TRE, liberou a divulgação dos resultados, com as devidas correções dos dados.
Impugnação – Nas eleições de 2008 para a prefeitura de Belém, a Justiça Eleitoral impugnou a publicação dos resultados da pesquisa do Ibope Inteligência, encomendado pelo Partido Democratas. Aliás, foi Duciomar, candidato pelo PTB a reeleição na capital, quem impugnou a pesquisa.
A decisão foi tomada pelo juiz do TRE Rubens Leão que concedeu liminar impedindo que a sondagem fosse publicada. Nas alegações do PTB em 2008, foi observada à falta de levantamento do plano amostral e a ausência da demonstração da ponderação. Na sentença o Ibope teve que indenizar Duciomar Costa em R$ 50 mil, de multa por uma pesquisa irregular, montada e divulgada às vésperas da eleição.
Pesquisadores - Segundo informações de dezenas de moradores do bairro Santa Mônica, Jardim Mariluce e Colorado, as entrevistadoras, realizavam a escolha das residências para sondagem, na sua grande maioria com a identificação de cartazes ou bandeiras do candidato à reeleição no munícipio de Tucuruí. Com isso, as entrevistadoras conduziram os resultados da pesquisa em beneficio de apenas um candidato, colocando o Ibope em uma situação delicadíssima, conduzindo a um suposto erro com a publicação dos percentuais da pesquisa de forma direcionada, prejudicando a imagem, competência e a seriedade do Ibope no munícipio de Tucuruí, e colocando em “xeque-mate” todos os demais candidatos concorrentes. (Wellington Hugles)

Fonte de dados: http://www.eleicoes.ibope.com.br/Paginas/Prefeito-Sancler-lidera-a-disputa-pela-reeleicao-em-Tucurui.aspx

Diário do Pará: Justiça libera resultado de pesquisa do Ibope após inclusão de dados


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Diário do Pará Caderno Diário de Carajás: Queimadas preocupam população


CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO – ABANDONO DE EMPREGO

CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO – ABANDONO DE EMPREGO
3ª Chamada


Sr. ERLI FRANCISCO BARBOZA - CTPS 6.632.128 - Série 001- PA.

Esgotados nossos recursos de localização e tendo em vista encontrar-se em local não sabido, convidamos o Sr. ERLI FRANCISCO BARBOZA, portador da CTPS 6.632.128 - Série 001- PA, exercendo a função de ENCARREGADO a comparecer em nosso escritório no Canteiro de Obras na Vila Cacoal – Distrito de Limoeiro do Ajuru - Pará ou no escritório administrativo a Rua Baião, Nº 47 - Vila Permanente - Tucuruí - Pará, a fim de retornar ao emprego ou justificar as faltas no prazo de 72 horas, a partir da data desta publicação, sob pena de ficar rescindido, automaticamente, o contrato de trabalho, nos termos do Art. 482, alínea “i” da CLT.


Tucuruí-Pará, 10 de Setembro de 2012.



CONSTRUTORA BITENCOURT LTDA
CNPJ: 02.313.243/0001-05
Rua Baião, Nº 47 - Vila Permanente
Tucuruí - Pará

terça-feira, 11 de setembro de 2012

CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO – ABANDONO DE EMPREGO


CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO – ABANDONO DE EMPREGO
2ª Chamada

Sr. ERLI FRANCISCO BARBOZA - CTPS 6.632.128 - Série 001- PA.

Esgotados nossos recursos de localização e tendo em vista encontrar-se em local não sabido, convidamos o Sr. ERLI FRANCISCO BARBOZA, portador da CTPS 6.632.128 - Série 001- PA, exercendo a função de ENCARREGADO a comparecer em nosso escritório no Canteiro de Obras na Vila Cacoal – Distrito de Limoeiro do Ajuru - Pará ou no escritório administrativo a Rua Baião, Nº 47 - Vila Permanente - Tucuruí - Pará, a fim de retornar ao emprego ou justificar as faltas no prazo de 72 horas, a partir da data desta publicação, sob pena de ficar rescindido, automaticamente, o contrato de trabalho, nos termos do Art. 482, alínea “i” da CLT.


Tucuruí-Pará, 10 de Setembro de 2012.



CONSTRUTORA BITENCOURT LTDA
CNPJ: 02.313.243/0001-05
Rua Baião, Nº 47 - Vila Permanente
Tucuruí - Pará

Diário do Pará Caderno de Carajás: Feriado com dos arrombamentos


segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Estudante da Ufpa, atropelado em calçada de passeio na Vila Permanente

Fotos e filmagens: Sidney Paquito



Estudante UFPA, Sandiny da Silva Chaves atropelado em calçada de passeio na Vila Permanente

Por volta das 13:30 h desta segunda-feira, 10, na Avenida dos Amazônidas na Vila Permanente, ocorreu um grave acidente em frente a Escola Rui Barbosa. Um veículo da empresa prestadora de serviços de manutenção elétrica da Vila Permanente da Eletronorte conduzido pelo motorista de nome Edson, que trafegava com bastante velocidade pela avenida que fica em frente ao Hospital Regional de Tucuruí - HRT, onde a velocidade máxima e 60 km, e ao chegar próximo ao redutor de velocidade (quebra-molas), ao perceber que não daria tempo de frear, pois bateria na parte traseira do outro veículo que estava ultrapassando o redutor de velocidade. Em uma manobra arriscada tirou o caminhão de pequeno porte da direção do veículo e jogou para o acostamento, subindo na calçada de passeio de pedestres e atropelando pelas costas o estudante universitário da UFPA de Tucuruí, de 23 anos, Sandiny da Silva Chaves, que, em face da velocidade do caminhão foi projetado a mais de 10 metros à frente, caindo em uma valeta de água pluvial, os funcionários juntamente com o motorista da empresa que estavam no caminhão, desceram desesperados com o ocorrido e deram total apoio na assistência ao estudante, acionando a ambulância e ajudando na remoção do acidentado ao HRT. O motorista Edson estava completamente emocionado pelo atropelamento e psicologicamente desorientado chorando muito pelo acidente e o que poderia ocorrer com a vitíma.
Por sorte, duas moças que estavam passando na calçada no momento do acidente não foram atingidas de frente, mas restou ao estudante o impacto fatal.
Segundo informações das pessoas que estavam no local, para evitar a batida traseira no veículo que parava para passar o quebra-molas, o caminhão de manutenção elétrica da Vila, vinha em alta velocidade, não restando outra saída a não ser ter jogado o veículo para o lado da calçada, colhendo o estudante pelas costas.
Face, ao grave impacto que sofreu Sandiny da Silva Chaves, foi internado as pressas no HRT de Tucuruí e encontra-se internado na Unidade de Tratamento Intensivo, até o momento o quadro médico do paciente continua inalterado, em virtude de ter chegado ao hospital inconsciente.
Até o momento não temos informações se o atropelamento foi registrado na Seccional de Tucuruí, para que sejam apurados os causadores do acidente e a devida culpabilidade ao autor do atropelamento do estudante, que poderá adquirir graves sequelas do acidente.  (Wellington Hugles)

video

Agradecimentos especiais ao fotógrafo e cinegrafista amador Sidney Paquito, que cedeu as imagens ao Jornal dando sua colaboração para o esclarecimento dos acidentes inexplicáveis em nossa cidade.

Dois arrombamentos garantem “grito” de Independência de ladrões em Tucuruí

Fotos: Wellington Hugles 

Dos dois caixas eletrônicos apenas o do Banco do Brasil foi arrombado e roubado dentro do Supermercado Carajás
Mesmo com sistema de vigilância através de câmeras, no momento do arrombamento e roubo o sistema estava inoperante



Após intenso trabalho durante a madrugada o caixa eletrônico foi aberto com o uso de maçarico e toda a grana surrupiada pelos larápios
Agência dos Correios em Tucuruí arrombada durante o feriadão da Independência
Anuncio comunica que agência ficará fechada por tempo indeterminado
 Grades retorcidas demonstram a violência da ação dos assaltantes


Dois arrombamentos garantem “grito” de Independência de ladrões em Tucuruí
Dois arrombamentos foram registrados na Seccional de Tucuruí, sudeste paraense, durante o feriado prolongado da Independência, o primeiro foi durante a madrugada do domingo (9), uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos utilizando maçarico, invadiram um supermercado da cidade e levaram todo o dinheiro. E nas primeiras horas desta segunda-feira (10), outro arrombamento foi identificado na agência dos Correios localizada no bairro Santa Isabel em Tucuruí.
Em menos de 24 horas a cidade sofreu duas ações de arrombamento e roubo, que se fossem realizadas em outros dias da semana, poderiam trazer um grande transtorno aos clientes e usuários dos locais dos roubos. De acordo com os modos operantes identificados nos arrombamentos, provavelmente trata-se da mesma quadrilha em ambos os roubos e que são especializadas nestas práticas criminosas.
Caixa eletrônico – Na madrugada do domingo (9), os assaltantes invadiram o Supermercado Carajás no centro da cidade de Tucuruí, e duramente toda a madrugada arrombaram o caixa eletrônico do Banco do Brasil utilizando um maçarico, levando todo o dinheiro.
A quadrilha teve bastante tempo para poder se dedicar ao roubo e também se deliciar com os inúmeros produtos das prateleiras do supermercado, mas, nada foi levado a não ser o todo o dinheiro do caixa eletrônico do Banco do Brasil. Mesmo com mais um caixa eletrônico do Bradesco no local, os assaltantes dedicaram-se única e exclusivamente ao caixa do Banco do Brasil.
Mesmo o supermercado possuir o sistema de câmeras de vigilância monitorizada, no momento do assalto o sistema estava inoperante, com isso, dificultando a identificação do elemento ou dos elementos que realizaram a façanha de arrombar e roubar pela primeira vez um caixa eletrônico na cidade.
Mesmo com inúmeras tentativas de informações junto à gerência do Banco do Brasil de Tucuruí, até o fechamento desta edição não foi revelado o valor que foi subtraído do caixa eletrônico de dentro do supermercado Carajás.
Agência dos Correios – Nas primeiras horas da segunda-feira (10), outro crime de arrombamento e roubo foi registrado na Seccional de Tucuruí. Desta vez, a agência dos Correios da cidade foi arrombada e do seu interior diversos pertences e objetos foram levados, além de uma grande quantia em dinheiro que não foi revelado.
A agência possui sistema de segurança e vigilância particular, mas que no momento do assalto o vigilante estava ausente, por isso, os arrombadores tiveram a facilidade de retirarem a grade de uma janela lateral e adentraram o prédio, e de lá, subtraíram uma grande quantidade de correspondências e encomendas de grandes valores.
Até o fechamento desta edição nenhuma informação oficial foi prestada pela gerência dos Correios em Tucuruí, haja vista, ser uma empresa federal, por este motivo estava aguardando os agentes da Polícia Federal, para comandarem as investigações e realizarem as perícias necessárias no local, bem como nas gravações do sistema de vigilância monitorizada.
Buscas - Os policiais militares e civis de Tucuruí estão em diligências na tentativa de identificar os envolvidos dos arrombamentos ocorridos no feriado prolongado da Independência, mas tudo leva a crer que a quadrilha veio de outra localidade, e que são especializados nestes delitos, vindo a cidade para aproveitar o feriado prolongado, sabendo da tranquilidade da movimentação na cidade e do reduzido quadro de policiais nas ruas em virtude da participação de inúmeros militares durante o desfile militar de 7 de Setembro.  (Wellington Hugles)



Preso décimo envolvido em roubos a bancos em Novo Repartimento


Andreive Barros preso por envolvimento em roubos a bancos em Novo Repartimento
O décimo envolvido nos assaltos a duas agências bancárias em Novo Repartimento, sudoeste do Pará, foi preso, nesta segunda-feira, 10, em um ônibus intermunicipal, que fazia a viagem de Altamira para Marabá. Andreive Coelho Barros, de 25 anos, natural de São Paulo, porém criado em Altamira, sudoeste do Pará, está com mandado de prisão judicial por envolvimento em grupos criminosos responsáveis por roubos a bancos, no interior do Pará.
O delegado André Costa, da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), unidade vinculada à DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado), informou que Andreive tem participação também em outros dois assaltos a bancos e em uma tentativa de roubo a banco.
As investigações tiveram início logo após as ocorrências dos roubos em Novo Repartimento ocorridos em 4 de maio deste ano. Na época, o grupo armado atacou, de forma simultânea, as agências do Banco da Amazônia e do Banco do Brasil, situadas uma ao lado da outra, na ação conhecida como “vapor”, em que a bando chega ao local atirando e faz reféns na fuga.
Cerca de 15 depois dos assaltos, sete pessoas envolvidas com o grupo criminoso foram presas pela Polícia Civil.  Um mês e maio depois, foram presos Alan de Oliveira Silva, conhecido por “Playboy”, apontado como líder do grupo, e o comparsa Diego Carneiro. De acordo com o delegado, dos dois outros assaltos a bancos dos quais Andreive tem participação, um roubo foi do tipo “vapor” ocorrido em Medicilândia e outro foi um assalto do tipo “sapatinho”, registrado em Pacajá. Nos três assaltos, estima-se que mais de R$ 1,5 milhão foi roubado.
Em outra ocasião, o grupo criminoso tentou assaltar uma agência em Placas, mas, na ocasião, foram impedidos por policiais civis da DRCO que trocaram tiros com os bandidos.  Três foram presos e um dos assaltantes foi morto na ocasião. Durante as investigações, a equipe da DRRB teve acesso a fotos do acusado Andreive Barros em que aparece em situações de ostentação de riqueza, como em baladas regadas a uísque e vinho. O preso foi conduzido para a sede da DRCO, em Belém, para ser ouvido em depoimento pelo delegado André Costa. Ele permanecerá recolhido à disposição da Justiça.

Autor de homicídio foragido da Justiça é preso em Tucuruí


João Marcos Pereira da Silva vulgo "Joãozinho" preso em Tucuruí por ter tirado avida de Diemison Caldas Magalhães, de apelido "Danilo", em um bar, à beira do cais

O homicida João Marcos Pereira da Silva, de apelido "Joãozinho", está preso em Tucuruí, sudeste do Pará, sob acusação da autoria de homicídio. Foragido da Justiça local, ele estava com mandado de prisão preventiva pelo crime cometido em 23 de janeiro do ano passado, quando matou a facadas Diemison Caldas Magalhães, de apelido "Danilo", por motivos banais, num bar, à beira do cais.
Segundo as apurações, o autor do homicídio fugiu para a cidade do Rio de Janeiro, após o crime. Meses depois, ele se refugiou em Jacundá, sudeste do Pará.
Após ter retornado à cidade de Tucuruí, ele foi reconhecido por policiais civis, da 15ª Seccional Urbana de Tucuruí, que deram cumprimento ao mandado de prisão. O delegado Jivago Ferreira, responsável pela prisão, informou que desde o cometimento do crime, vinha acompanhando os passos do homicida.
Durante a semana, o comparsa de João Marcos no assassinato, Luanderson Freitas Valente, que responde também por tráfico de drogas, foi preso.
O superintendente regional, delegado Herbert Renan, ressaltou que a Polícia Civil continuará a priorizar o combate aos crimes contra a vida no município.

CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO – ABANDONO DE EMPREGO

CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO – ABANDONO DE EMPREGO
1ª Chamada

Sr. ERLI FRANCISCO BARBOZA - CTPS 6.632.128 - Série 001- PA.

Esgotados nossos recursos de localização e tendo em vista encontrar-se em local não sabido, convidamos o Sr. ERLI FRANCISCO BARBOZA, portador da CTPS 6.632.128 - Série 001- PA, exercendo a função de ENCARREGADO a comparecer em nosso escritório no Canteiro de Obras na Vila Cacoal – Distrito de Limoeiro do Ajuru - Pará ou no escritório administrativo a Rua Baião, Nº 47 - Vila Permanente - Tucuruí - Pará, a fim de retornar ao emprego ou justificar as faltas no prazo de 72 horas, a partir da data desta publicação, sob pena de ficar rescindido, automaticamente, o contrato de trabalho, nos termos do Art. 482, alínea “i” da CLT.


Tucuruí-Pará, 10 de Setembro de 2012.



CONSTRUTORA BITENCOURT LTDA
CNPJ: 02.313.243/0001-05
Rua Baião, Nº 47 - Vila Permanente
Tucuruí - Pará


sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Desfile Militar encerra as comemorações da Semana da Pátria

Fotos: Wellington Hugles










 Desfile Militar encerra as comemorações da Semana da Pátria
Os festejos alusivos a Semana da Pátria em Tucuruí, sudeste paraense, foi bastante movimentado, a abertura foi realizada com desfile dos alunos das escolas infantis na manhã do dia 1º, na Avenida 31 de Março em frente à Praça da Independência.
Vila Permanente - No inicio da noite da segunda-feira (3), a Avenida Garcia Lanno na Vila Permanente, foi o palco para o desfile escolar em comemoração a Independência do Brasil, cerca de 3 mil alunos desfilaram representando dezenas de escolas particulares, da rede pública municipal, estadual e federal contando ainda com o desfile dos Militares do Exército Brasileiro do 23º Esquadrão de Cavalaria de Selva de Tucuruí. Sob o olhar entusiasmado das diversas autoridades que estiveram presentes no palanque, em especial o Superintendente de Geração Hidráulico da Usina de Tucuruí Antônio Pardauil juntamente com o gerente administrativo das Vilas de Tucuruí João Carlos.
Dia da Raça - No final da tarde do dia 5, data comemorativa ao Dia da Raça, cerca de cinco mil estudantes participaram do desfile escolar nas escadarias da Santo Antônio, que estava lotada por familiares e a população para prestigiarem a excelência da apresentação de cada escola.
7 de Setembro - E como já é tradição, hoje em comemoração a Independência do Brasil, cerca de quase mil militares, dentre eles: Exército, Polícia Militar e Bombeiros Militar, desfilaram também na Avenida Santo Antônio escadarias da cidade.
A apresentação foi bastante participativa, mesmo com o sol escaldante, o local estava lotado pelos moradores da cidade e região, aguardando a apresentação dos militares com seus equipamentos de combate e veículos militares.
O ponto máximo foi à apresentação do Grupamento de Operações Especiais e o Tático da PM, que simularam diversas atividades militares em plena avenida.
Participaram do desfile diversas outras entidades convidadas pela coordenação como: Aldeia Indígena Trocará, Lions Clube, Bombeiros Voluntários, Maçonaria, Rotary Clube, Associação Carajás e diversas instituições governamentais.
Cerca de cinco mil pessoas lotaram as escadarias para apreciarem o desfile militar, encerrando com “chave de ouro” as comemorações alusivas a Semana da Pátria na cidade geradora de energia. (Wellington Hugles)