Pesquise as matérias do JT:

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Sucessão Municipal: Coronel Barata desmente boatos de candidatura, mas agradece o grande apoio popular

 O comandante do CPR IV Coronel Barata 
Coronel Barata desmente possível candidatura  a sucessão do atual prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

Em linha direta com o jornalista Wellington Hugles, o Comandante do CPR IV, Coronel Pedro Paulo Barata, desmente os boatos que foram "anunciados" de forma inconsequente, em alguns meios de comunicação da cidade, mas agradece a excelente aceitação popular em sua possível participação na sucessão municipal com vistas as eleições de 2016.

Segundo o Coronel Barata, infelizmente a divulgação de uma futura candidatura ao cargo de gestor de Tucuruí, não foi pertinente, “estou à frente de um comando regional de grande importância estratégica para a região sudeste do estado, com isso, nossa missão é de garantir a segurança dos moradores destes municípios, cumprindo a meta principal do governo do estado”.

Com a divulgação, diga-se de passagem, de forma "maldosa", de uma pré-candidatura a sucessão municipal em 2016, “isso poderia ocasionar um desgaste ao exercício de nosso comando, até mesmo, a nossa manutenção a frente deste trabalho, tudo em função, a possibilidade de não estar de acordo com os interesses políticos das lideranças da região, que com absoluta certeza, não devem estar em intercâmbio com o que foi anunciado, diga-se de passagem, sem fundo de verdade ou mesmo autorização da minha pessoa, onde se criou a expectativa de uma suposta candidatura minha a sucessão municipal, inclusive, colocando em “xeque” nosso planejamento de atuação militar neste comando estratégico do setor de segurança do estado”.

Barata foi direto em afirmar que não tem pretensões de candidatura a nenhum cargo eletivo, muito embora tenha amigos na política e trânsito em todas as esferas do governo.

Aproveitou a oportunidade, para agradecer a todos os amigos, familiares, colegas de farda e admiradores, pelo apoio declarado nesta possível candidatura, “primeiro agradeço a Deus por ter retornado a minha querida e amada Tucuruí, com a missão de sempre cuidar da segurança de nossa população, agora como comandante regional, sei que nunca deveremos dizer nunca, mas por enquanto, colocar meu nome a apreciação pública em uma candidatura a qualquer cargo eletivo, ainda não está nos meus planos”.


O coronel Barata finalizou com uma frase para reflexão, “sempre aprendemos que soldado no quartel quer serviço, e nunca fugi a está regra, por isso, estou sempre a postos para defender  a todos aqueles que precisam de uma mão amiga e o abraço fraterno”.

Um comentário:

  1. Mas inegavelmente, a pré-candidatura estava posta, inclusive com divulgação em calendário o qual tenho um. O que pode ter ocorrido foi um "puxão" de orelha do governador, com ameaça de destituição do comando do CPR IV, o que diminuiria a força da pré-candidatura. Pode ser que venha a ser candidato, inclusive numa composição com o atual prefeito.

    ResponderExcluir