Pesquise as matérias do JT:

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

“Neném” preso suspeito de ter assinado com 12 facadas um comerciante em Tucuruí

Roberto da Silva, 26 anos, vulgo “Neném”

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

Na manhã desta terça-feira (17), através do trabalho em conjunto da Polícia Militar e Civil, culminou com a prisão do nacional Roberto da Silva, 26 anos, vulgo “Neném”, acusado de ter tirado a vida, com 12 facadas, do comerciante Orlando dos Santos Souza, 56 anos, fato ocorrido na tarde do último domingo (15).

Após o corpo ter sido encontrado em um terreno baldio por populares, na tarde da segunda-feira (16), no bairro Bela Vista, em Tucuruí.

A PM iniciou as investigações preliminares, e após as informações de testemunhas, que presenciaram a movimentação naquele local nas últimas 48 horas, possibilitou a identificação, localização e a prisão do assassino Roberto Silva, vulgo “Neném”, que após sua prisão, confessou que matou para roubar, sendo apresentado perante a autoridade policial na Seccional de Tucuruí e autuado em flagrante delito.

Latrocínio - O autor do crime, “Neném”, confessou que estava trabalhando com a vítima Orlando Souza, desde a sexta-feira (13), afirmando que cometeu o latrocínio, no momento em que havia consumido uma grande quantidade de entorpecentes (cocaína), lembrando apenas que discutiu com o comerciante, e que em seguida esfaqueou a vítima, mas não lembra o motivo que levou ao crime.

Através do trabalho incansável da PM, comandado pelo Coronel Barata, titular do IV Comando de Policiamento Regional, em parceria com a Polícia Civil através da delegada Rosinara Santos de Abreu e dos delegados Vitor e Sandro Rivelino, o latrocínio foi elucidado em menos de 24 horas.


O elemento Roberto Silva “Neném”, preso na Seccional, será transferido nas próximas horas para o Centro de Recuperação Regional de Tucuruí, onde ficará aguardando seu julgamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário