Pesquise as matérias do JT:

sábado, 12 de abril de 2014

Tucuruí: Homem é assassinado à tiros na porta de sua casa


WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

Logo na primeira hora da madrugada deste sábado (12), mais um assassinato com rigores de execução e queima de arquivo ocorreu no centro da cidade de Tucuruí, no sudeste paraense, na Rua Presidente Médici no bairro Santa Isabel. Onde tombou com disparos de pistola e de outra arma de grosso calibre o nacional Caio Lima Silva, 22 anos, natural de Tucuruí.

Segundo informações dos familiares, uma confraternização entre familiares e amigos de Caio, estava ocorrendo no momento do crime, no local encontravam-se cerca de 20 pessoas ao redor de mesas em frente da residência da mãe de Caio Silva na rua, consumindo bebidas e deliciando-se de churrasco, mas, por volta da meia-noite foi observada uma movimentação diferente de uma motocicleta com dois ocupantes de capacetes, em frente ao local da comemoração, inclusive, por diversas vezes o piloto passou devagar e ficou observando a movimentação da confraternização.

Passado algum tempo, por volta de 1 h da madrugada do sábado, foi notada a chegada de um veículo que passou diversas vezes pela rua, na última foi até o final da rua e fez o retorno, ao chegar a frente à casa de Caio, cerca de 3 metros da mesa onde a vítima estava sentada, baixou o vidro e iniciou o disparo de vários tiros de pistola contra Caio Silva, como os tiros não foram fatais, outro disparo de uma arma de grosso calibre foi feito, provavelmente de calibre 12, o impacto do tiro afetou a parte lateral do corpo de Caio, que caiu ao chão ensanguentado e agonizando, os ferimentos foram fatais levando a vítima a óbito ainda no local.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área, iniciando a procura pelos autores do assassinato, os investigadores da Polícia Civil estiveram no local e ouviram diversas testemunhas, acionando a equipe de remoção do IML.

O corpo de Caio Lima Silva passou por necropsia no início da tarde deste sábado e liberado para os funerais aos familiares.

O velório de Caio Lima Silva esta ocorrendo na Rua Assis de Vasconcelos no bairro da Matinha, e seu féretro será sepultado as 9 h da manhã deste domingo (13) no cemitério público da cidade.

A PM informou à reportagem que estão sendo feitas as investigações para elucidar as causas que levaram ao assassinato de Caio Lima, onde deverá ser observada ainda a vida pregressa da vítima e analisada a atual atividade que estava sendo desenvolvida por Caio Lima.

Os familiares pedem justiça, e exigem que os envolvidos nesta barbárie sejam encontrados e presos. “Não esta sendo possível viver em uma cidade onde a segurança e inexistente, uma rua de grande movimentação no centro da cidade, ser palco para uma execução sumaria, na porta da casa da família da vítima, a que ponto chegou à criminalidade em Tucuruí, infelizmente nós os familiares temos todas as suspeitas e quase certeza do culpado deste crime, mas em função ao corporativismo, nada será apurado”, disparou os familiares enlutados de Caio Lima.

Em 2013, segundo os relatórios fornecidos pela Polícia Militar do Pará, em Tucuruí, ocorreram 11 execuções, e até o momento nenhuma prisão de envolvidos nestes crimes foi realizada, assim como nenhum dos assassinatos foram elucidados. Ficando estas mortes impunes, apenas como dados numéricos para as estatísticas do setor de segurança do Governo do Pará.



Um comentário:

  1. eeiih , tu mente pra caralho neer doido . porq tuh naum posta só uk eer verdade ? ... tuh vez uma parada dessa sobre mim tbm pensa kii eu esquecí , esquecii foi porra .. ei **** **** ********** **** ****** ** flw um abraço kkkk' ..

    ResponderExcluir