Pesquise as matérias do JT:

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Vigilante morre em colisão de motos no bairro Nova Tucuruí











WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Divulgação

Em um dos bairros mais requintados da cidade e de pouca movimentação de veículos, o da Nova Tucuruí, na cidade de Tucuruí, sudeste paraense, aconteceu na tarde do último domingo (5), um grave acidente que ceifou a vida de um dos dirigentes da Igreja Evangélica Assembleia de Deus do bairro Santa Isabel, que trabalhava como vigilante da Prefeitura de Tucuruí, lotado no prédio do Conselho Tutelar, José de Ribamar Gomes de Souza, 56 anos que teve sua vida interrompida bruscamente em uma colisão cinematográfica.

O delegado de Tucuruí Valério Oliveira esclareceu na tarde da segunda-feira (6), que após ter tido acesso e analisar as filmagens do sistema de monitoramento de uma residência na esquina do acidente, fornecido pelo morador do bairro, decidiu pedir a prisão preventiva do condutor da motocicleta causadora da colisão, segundo o delegado, as testemunhas afirmam que o piloto da moto apresentava sintomas de embriaguez visíveis, e que transitava em alta velocidade. Segundo o delegado o nome do culpado ainda não foi revelado para não atrapalhar as investigações.

O impacto foi tão grande que a vítima voou cerca de 20 metros de distância, caindo de cheio em cima de uma cesta de lixo de ferro da esquina, inclusive após o acidente, o culpado pelo acidente negou-se a receber assistência médica e ser levado para a UPA de ambulância, segundo informações de testemunhas que estavam no local após o acidente, houve a facilitação pelos agentes de segurança na fuga do condutor da moto causadora do acidente, que escapou do local em um moto táxi, para evitar ser apresentado na especializada e ser indiciado em flagrante delito.

O acidente ocorreu no domingo (5), por volta das 13:30 h, na esquina da Rua Fernando Guilhon com a Rua Presidente Costa Silva, no bairro Nova Tucuruí, a colisão foi tão forte entre as duas motocicletas que tanto os dois condutores, assim como o passageiro vitimado, foram arremessados a grandes distâncias, infelizmente em função a ausência do capacete no momento do acidente, o vigilante José de Ribamar Gomes de Souza foi arremessado diretamente em um cesto de ferro na beira da rua, caindo de cabeça na calçada, a vítima chegou a ser socorrido ao Hospital Regional de Tucuruí, mas em função aos traumatismos sofridos foi a óbito.

Os dois condutores que estavam de capacete sofreram escoriações pelo corpo, o condutor da motocicleta de grande cilindrada, que segundo a Polícia Civil foi o causador do acidente e da morte do vigilante, fugiu do local sem prestar socorro aos acidentados, e até o fechamento desta edição ainda estava foragido.

O IML realizou os exames periciais para identificar a causa morte, o corpo foi liberado para os familiares que realizaram o velório do vigilante José de Ribamar Gomes de Souza e realizaram o sepultamento do féretro na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim da Saudade em Tucuruí.


Um comentário:

  1. preso ta e quem morre.
    q o Senhor o receba d bracos abertos.

    ResponderExcluir