Pesquise as matérias do JT:

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Corpo de mulher e encontrado nas matas do bairro Carajás




WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

No início da tarde desta segunda-feira (20), um catador de açaí, ao adentrar uma área de difícil acesso nas matas do bairro Carajás para a coleta do produto, se deparou com o corpo de uma mulher quase as margens do igarapé, o corpo estava coberto de sangue, mas deu para identificar que a mulher estava trajando um short azul, um bustiê marrom e por cima um abadá de carnaval, segundo a aparência da mulher, ela possuía entre 25 a 30 anos.

A Polícia Militar foi acionada pelos moradores do bairro Carajás, após ter sido encontrado o corpo “desovado” no matagal as margens do igarapé que corta o bairro, suspeita-se que o crime deve ter ocorrido na noite anterior, e em função aos golpes que recebeu em sua cabeça, que estava toda ensanguentada, inclusive em função ao abadá que estava trajando, desconfia-se que o assassinato ocorreu após o final da folia do bloco Minhocão, sendo que a mulher pode ter sido levada para o local e após ter sido usada sexualmente ter sido morta de forma cruel.

A equipe do IML foi acionada e realizou a remoção do cadáver, que foi levado para necropsia e até o fechamento desta edição o corpo da mulher contínua sem identificação.


Boatos dão conta que a mulher teria envolvimento como um elemento de alta periculosidade, que realiza assaltos na cidade, sendo ele o principal suspeito de ter tirado a vida de sua companheira e ter desovado o corpo nas matas as margens do igarapé, para não ser descoberto e sair ileso do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário