Pesquise as matérias do JT:

domingo, 5 de janeiro de 2014

Rodoviária de Tucuruí: Movimentação intensa na saída dos trabalhadores da CCBM para Altamira








WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

Desde as primeiras horas da manhã deste domingo (5), após a denúncia da falta de transporte para os trabalhadores do CCBM que trabalham na construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte em Altamira, e que tinham chegado de diversas partes do estado a Tucuruí, e se depararam com a falta de transporte para os levarem para seu destino o canteiro de obras de Belo Monte em Altamira, a situação foi desesperadora, em função ao cansaço, a fome, a falta de higiene corporal e o principal, sem dinheiro para custear suas estadias.

Já na manhã deste domingo (5), a situação estava completamente modificada, dezenas de ônibus já estavam posicionados próximos a rodoviária de Tucuruí, esperando o horário determinando para a saída do comboio com destino a cidade de Altamira.

Este domingo é o último dia de embarque para a cidade de Altamira, haja vista, nesta segunda feira (6), serão reiniciadas as obras nos canteiros, após 10 dias de recesso.

Segundo os trabalhadores, os quase 600 trabalhadores que estavam ao relento desde o meio dia do sábado (4), seguiram viagem por volta das 1:00 h da madrugada deste domingo (5), graças a intervenção da imprensa, através do Jornal de Tucuruí - JT On line e do jornalista Wellington Hugles que acionou a gerência em Altamira da CCBM e viabilizou com maior rapidez a liberação dos transportes tanto que seguiria no sábado, que já estava com bastante atraso, assim como neste domingo.


Estaremos atentos para qualquer situação de descaso e de falta de cumprimento dos acordos trabalhistas, tanto na garantia de transportes como no fornecimento de estrutura necessária para atender aos trabalhadores, situação esta, que deveria ser defendida pelo Sindicato que “luta” pelas melhorias dos operários de Belo Monte, mas que se encontra sem atuação nada fazendo pela defesa dos seus associados que mensalmente tem descontados R$ 30,00 em seus holerites. 

Um comentário:

  1. Esse jornalista ta muito preocupado p/gosto,deve ta interessado em alguma coisa.

    ResponderExcluir