Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

JET’s: Estudante é esfaqueado em evento da Prefeitura de Tucuruí

Estudante é esfaqueado em evento organizado pela Prefeitura de Tucuruí

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

Na tarde desta quinta-feira (24), um estudante da rede municipal de ensino de Tucuruí, foi cruelmente esfaqueando quando participava dos Jogos Estudantis de Tucuruí (JET’s), que esta sendo realizado na quadra de esporte da Escola Municipal Alcindo Leal, no bairro do Getat, em Tucuruí, sudeste do estado.

O evento está sendo organizado pela Prefeitura de Tucuruí e coordenado pelas Secretarias de Educação e de Esporte e Lazer, Por muito pouco o estudante não foi assassinado, mas encontra-se internado no Hospital Regional de Tucuruí, e conforme informes médicos, o estudante ainda corre risco de morte.

Segundo relatos da população, que se encontra revoltada com a organização do evento, os jogos estão sendo realizados sem as mínimas condições necessárias para a realização, material esportivo de segunda, bolas e redes sucateadas, além de que, nenhuma equipe da Segurança da Prefeitura está presente nos jogos, além de que, a Polícia Militar não foi requisitada para acompanhar o andamento dos jogos dos JET’s.

Rosângela Dias, 39 anos, mãe do aluno de 12 anos, que presencio o momento da agressão, ficou completamente revoltada com a situação de descaso da prefeitura com os estudantes, seu filho chegou a sua casa totalmente desesperado, por ter presenciado o linchamento e o esfaqueamento do adolescente que estava acompanhando os jogos da competição que ocorre anualmente entre as escolas.

“Todos os dias ouvimos as denúncias de escândalos envolvendo a Prefeitura de Tucuruí, são valores de R$ 38 milhões, R$ 5 milhões, e o prefeito que nunca tá na cidade, se quer, coloca segurança para evitar incidentes, e nosso filhos ficam expostos a esta situação de descaso e de insegurança patrocinado pelo poder público”, disparou Rosângela.

Até o momento na se sabe os motivos que levaram a confusão, entre os grupos, e que foi que desferiu os golpes de arma branca contra o estudante, mas a vida do adolescente se encontra por um fio internado na unidade de saúde.

E o que é pior, contínua a realização do evento coordenado pela irmã do prefeito Sancler Ferreira, Helen Ferreira, que se quer determinou a suspensão do certame, que esta sendo realizando sem nenhuma segurança aos atletas e participantes.



2 comentários:

  1. Cadê o Nosso Poliesportivo....que se Encontra abandonado em Nossa Cidade...pepino faz alguma coisa....

    ResponderExcluir
  2. Ela não poderia cancelar nada!
    Pois está a 10 dias em Belém fazendo plásticas!

    ResponderExcluir