Pesquise as matérias do JT:

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Breu Branco: Obras das 528 casas do programa “Minha Casa, Minha Vida” foram retomadas graças à articulação do prefeito Adimilson Mezzomo, garantido R$ 1,35 milhões, gerando empregos e reaquecendo o comércio

Obras das 528 casas do programa “Minha Casa, Minha Vida” foram retomadas graças à articulação do prefeito Adimilson Mezzomo, garantido R$ 1,35 milhões, gerando empregos e reaquecendo o comércio



O prefeito Adimilson Mezzomo e o secretário de Ação Social Flávio Mezzomo realizaram uma ampla reunião com os cadastrados, que terão acesso a receberem as 528 unidades habitacionais

WELLINGTON HUGLES
De Breu Branco
Foto: Divulgação PMBB

As obras do Programa do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”, paralisadas desde 2011, em Breu Branco, sudeste do Pará, foram retomadas em função a parceria da Prefeitura de Breu Branco no último dia 7, um total de 528 unidades serão concluídas; sendo 300 casas no Residencial “Ismar Vilela I” e 228 no Residencial “Ismar Vilela II”.

Segundo o prefeito Adimilson Mezzomo, “a intenção da gestão municipal é atender as famílias cadastradas, e que aguardam há anos por uma moradia, além de gerar diretamente empregos e reaquecer o comércio da cidade”.

Depois da conclusão das obras, surgirão dois novos bairros na cidade, com o atendimento de 528 famílias com moradia digna, de qualidade e com toda a infraestrutura necessária para o conforto e tranquilidade.

Redução dos recursos - Mesmo com as inúmeras dificuldades orçamentárias que assolam todo o país, onde os municípios são os que mais sofrem cortes nos repasses federais, acumulando uma perda que ultrapassa os 40%. Sofrendo estas reduções, o prefeito Adimilson Mezzomo juntamente com sua equipe de governo decidiu encampar este desafiou, e buscar recursos para o programa “Minha Casa, Minha Vida” e a conclusão das 528 unidades habitacionais.  
Com está iniciativa pioneira, a prefeitura vai garantir a geração de 250 empregos diretos, além de direcionar a aquisição de todo o material para a obra no comércio local.  

Paralisação - As obras de construção dos residenciais “Ismar Vilela I” e “Ismar Vilela II” estavam paralisadas desde dezembro de 2011.

A empresa contratada para as obras tentou de todas as formas concluírem as 528 casas, mas em função a necessidade de um grande volume de recursos, não teve possibilidade de finalizá-las.

Devido à diminuição no volume da obra pela empresa responsável, a Caixa Econômica Federal cobrou a conclusão das unidades habitacionais, foi quando ocorreu o destrato contratual pelo abandono da obra pela empreiteira.

Em 2013, verificando que as obras estavam totalmente paralisadas em função a diminuição do cronograma de construção das casas, o prefeito Adimilson Mezzomo entrou no circuito e iniciou uma maratona para a retomada das obras, cobrando das autoridades responsáveis a conclusão.

O impasse surgiu quando no destrato do Governo Federal com a empresa que venceu a licitação das 528 unidades, o restante dos valores não garantiriam a finalização das unidades habitacionais.

Mesmo com todas as carências e dificuldades de alocar verbas para conclusão das casas, haja vista, a empresa responsável já teria recebido grande parte dos recursos alocados para a conclusão.

O prefeito Adimilson Mezzomo contou com a parceria do ex-deputado federal Miriquinho Batista (PT), que se empenhou e conseguiu a efetivação do destrato da empresa, para que fosse possível a retomada das obras, e assim a viabilidade da contratação de uma nova empresa para a conclusão das casas.

Dentro desta articulação junto aos Ministérios e a Presidência da República, foram alocados recursos na ordem de R$ 1.350.000,00 (um milhão trezentos e cinquenta mil reais) para a conclusão das 528 iniciadas em 2011 no município de Breu Branco.

A viabilidade de sonho da casa própria – Um dos maiores sonhos daqueles que galgam um teto e receber sua casa própria, que será efetivamente visibilizado graças a ação do prefeito Adimilson Mezzomo que incansavelmente buscou de todas as formas os recursos e a Caixa Econômica Federal já contratou a empresa AMEC, que retomou as obras desde o último dia 7, e tem o prazo do dia 15 de dezembro, para a entrega das chaves das novas casas aos seus proprietários.

Reunião com os cadastrados – No último dia 10, o prefeito Adimilson Mezzomo e o secretário de Ação Social Flávio Mezzomo realizaram uma ampla reunião com os cadastrados, que terão acesso a receberem as 528 unidades habitacionais, dando as boas novas do reinício das obras e a data prevista para a conclusão das casas, com isso, garantindo a transparência deste grande benefício que estava sem previsão de conclusão desde o ano de 2011, “agora saímos desta reunião com uma data prevista para a entrega das 528 casas as famílias de Breu Branco, diminuído acentuadamente o déficit habitacional em nossa cidade”, comemorou Mezzomo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário