Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 6 de junho de 2014

BR 422 na escuridão, e prefeito Sancler Ferreira manda pintar meios-fios de verde e amarelo








WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

“Se não fosse trágico seria cômico”, afirma o morador da Vila Permanente Sebastião Vilhena, usuário da rodovia diuturnamente.

A rodovia BR 422, construída em uma ação conjunta entre Eletrobrás Eletronorte e a Prefeitura de Tucuruí, como compensação financeira pela construção das obras da Usina e Eclusas, inaugurada na gestão do ex-prefeito Cláudio Furman, passa pelas maiores precariedades já vistas desde sua entrada em funcionamento, tudo em função a falta de manutenção, obrigação da Prefeitura de Tucuruí, que, em função aos inúmeros acidentes que ocorreram ao longo dos anos, ocasionando a derrubada da queda de mais de 15 postes de iluminação pública, a prefeitura nunca nos últimos 5 anos realizou a reposição, colocando em risco a vida dos condutores de veículos que são obrigados a trafegarem neste trecho sem iluminação, podendo ocorrer acidentes perigosos, principalmente nas curvas.

Mas na contra mão das carências e necessidades da população, o prefeito Sancler Ferreira, determinou a empresa Clean Gestão Ambiental, que “abocanha” uma grande parte do bolo da arrecadação mensal da prefeitura, realizando as obras de fachadas, e agora pintando os meios-fios e postes da rodovia, se realmente a prefeito quisesse ajudar a população a manter sua segurança, determinaria a sua equipe, a recolocação dos postes inexistentes e emergencialmente a recolocação das lâmpadas que estão apagadas em todo o trecho da rodovia Tucuruí/Vila.


Mas, como em Tucuruí, o que e necessário não e feito e o supérfluo e abundante. Viva a gestão do prefeito “Viajante”, que está “Construindo o Desenvolvimento”, só não sabemos do que, e nem de quem? 

2 comentários: