Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Vice-presidente do TJE morre em Belém

A causa da morte do desembargador ainda é desconhecida. Cláudio Montalvão era casado com Rosa Neves

Cláudio Augusto Montalvão das Neves, 63 anos, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJ/PA), morreu na manhã desta quinta-feira (21), em Belém.

O desembargador morreu em decorrência de câncer no estômago, doença que possuía há anos.

No Tribunal, o expediente foi suspenso. Também foi decretado luto oficial de três dias.

Nascido na capital paraense, Cláudio se formou em Direito pela Universidade Federal do Pará em 1977. Em 1982, concluiu o curso de formação de magistrados pela Escola de Magistratura do Estado do Pará. Ingressou na Magistratura em setembro de 1985 e presidiu a Associação dos Magistrados do Estado do Pará – AMEPA em dois mandatos (1996 a 1997 e 1998 a 1999). Anos depois, foi eleito vice-presidente da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), entre 2002 e 2004.

Bastante premiado ao longo da carreira, Montalvão presidiu mais de 600 sessões do Tribunal do Júri e também era membro do Conselho Estadual de Segurança Pública (CONSEP).

Dentre as principais sessões que atuou, estão os julgamentos do caso da Irmã Dorothy Stang, deputado João Batista e o caso “Rafael Lobato”.


O desembargador era casado com Rosa Neves. O velório será no salão nobre do plenário, no prédio-sede, na avenida Almirante Barroso, em Belém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário