Pesquise as matérias do JT:

domingo, 3 de agosto de 2014

Mudança 2: Concurso Público de Tucuruí que ofertará 331 vagas, está com o site oficial fora do ar há 72 horas



Mudança 2: Concurso Público de Tucuruí que ofertará 331 vagas, está com o site oficial fora do ar há 72 horas

Mesmo lançado no último dia 27 de julho, o edital do Concurso de Tucuruí teve prazo de inscrições finalizado em 26 de junho de 2014, e duas alterações foram feitas no site, além de estar fora do ar a mais de 72 horas
 Edital está “abarrotado” de irregularidades, com prazo de inscrições já finalizado e para completar o site está fora do ar

Sancler Ferreira (PPS), "onde foi que eu errei"


WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

O prefeito de Tucuruí Sancler Ferreira (PPS), juntamente com a Comissão Organizadora do Concurso, efetivado com o apoio e cooperação técnica da Faculdade Integrada Carajás – FIC, legalizado através da Carta Contrato nº 038.2014.20.6001, celebrado com o Município de Tucuruí, oriundo do processo licitatório nº 001/2014, na modalidade dispensa de licitação (Carta Convite).

É fato que até o momento não foi revelado, muito menos publicado, os valores da referida prestação de serviços deste contrato entre a Prefeitura de Tucuruí e a Faculdade Integrada Carajás – FIC.

É fato, que até o final da noite do último dia 1º de agosto, o sitio: http://portalfic.com.br/v02/concursos/13-prefeitura-municipal-de-tucurui-concurso-publico-0012014, estava recebendo as inscrições dos candidatos normalmente, gerando o boleto para pagamento das inscrições, mas, na manhã do sábado (2), o site saiu do ar, e parou de funcionar, observou-se que até a sexta-feira (1), nos três dias de inscrições houve um acumulo de 22 mil pessoas inscritas, para a disputa das 331 vagas ofertadas pela Prefeitura de Tucuruí.

Infelizmente em função as inúmeras irregularidades que vão desde a “duvidosa” contratação através de carta convite da empresa Faculdade Integrada Carajás – FIC, além de a empresa estar envolvida e respondendo judicialmente por “fraude” no concurso público realizado para provimentos de cargos na Prefeitura de Salinópolis no último mês de maio.

Mesmo ciente de todas estas irregularidades o atual gestor de Tucuruí Sancler Ferreira, assinou o contrato licitatório e o edital do Concurso Público, juntamente com a empresa Faculdade Integrada Carajás – FIC, mesmo correndo o risco deste concurso que deverá cadastra cerca de 50 mil candidatos, totalizando um montante de R$ 2,5 milhões, ser denunciado e ficar sub-judice, ou mesmo, os inscritos serem lesados em seus valores pagos nas inscrições, prejudicando estes milhões de candidatos que podem perder seus valores pagos.

Mudança 1: Após a publicação da matéria denunciando os “gritantes” erros no edital publicado pela Prefeitura de Tucuruí, uma nova mudança após o meio-dia da última segunda-feira (28), foi realizada no site da Faculdade Integrada Carajás – FIC, desde o domingo (27) foi anunciado o início das inscrições para os candidatos a partir do dia 28/07/2014, mais foi alterado para a quarta-feira, dia 30 /07/2014.

O certo é que as coisas estão ocorrendo à revelia da lei, inclusive sem a publicação do edital oficial de convocação do Concurso Púbico de Tucuruí, em nenhum órgão de imprensa do governo, bem como, estas alterações que estão sendo feitas de acordo com a vontade do gestor Sancler Ferreira e da comissão organizadora comandada pelo presidente Rosivaldo Ramos Benchimol, em comum acordo com a Faculdade Integrada Carajás, que estão sendo realizados, a revelia e ao arrepio das leis, inclusive, culminando com a retirada do site do ar. Colocando ainda mais em dúvida, a transparência ou a efetiva legalidade deste concurso.

Com a palavra os vereadores “Sancletistas” que deverão retornar de suas férias na próxima terça-feira (5), bem como os Promotores do Ministério Público do Pará e os Magistrados da Justiça de Tucuruí, para defenderem dentro do que rege as leis, a população que descaradamente esta correndo novamente o risco de ser ludibriada e enganada por estar farsa comandada pelo gestor de Tucuruí.


2 comentários:

  1. prefeito nao respeita moradores e muito menos a justiço do município uma vergonha

    ResponderExcluir
  2. Poucas vagas para a quantidade de pessoas q precisam de emprego.

    ResponderExcluir