Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Calote de Sancler e Sheila Vaz: Alunos do Curso Pré-vestibular “Novos Rumos” denunciam suspensão das aulas por falta de pagamentos da Prefeitura há cinco meses ao Colégio Sophos







Desde está quinta-feira (16), a direção do Colégio Sophos suspendeu as aulas do Curso Pré-vestibular, do programa financiado pelos cofres da Prefeitura de Tucuruí “Novos Rumos”, que atende cerca de 150 alunos.

As aulas são ministradas na Escola Maestro João Leite, próximo 100 metros da casa do alcaide Sancler Ferreira, os alunos denunciam que já é a terceira vez que a prefeitura deixa de cumprir com os pagamentos mensais do curso junto ao Sophos, mas, em função das provas do Enem estar próximas, os alunos estão receosos de serem prejudicados pela atitude mesquinha e autoritária do prefeito Sancler Ferreira e da secretária Jane Sheila Vaz, que há cinco meses não realizam os pagamentos dos valores do curso, tudo em função a retaliação pelo posicionamento dos alunos de não acompanharem a decisão política do gestor de apoiar os candidatos de sua coligação política partidária.

Perseguindo e maltratando os 150 alunos de famílias na grande maioria de baixa renda, que não tem possibilidades de pagar um cursinho participar.

Um programa que seria para atender a classe dos estudantes, que procuram oportunidades para sua formação educacional, passa a ser um tormento em função ao calote do prefeito e da secretária de finanças aos proprietários do Colégio Sophos, segundo os alunos, a coordenação do curso, já cansou de procurar a secretária de finanças Jane Sheila, para receber os débitos, sendo informados que a prefeitura esta “quebrada pós-eleição” e sem recursos para quitar os cinco meses de atraso, e que a prefeitura, esta passando por investigações da PF, por isso, esta sem poder realizar pagamentos.

A direção do Sophos anunciou a suspensão por tempo indeterminado das aulas do curso, e só retornara após receber os valores devidos, mesmo entendendo que esta atitude poderá prejudicar diretamente os 150 alunos que estão bem entrosados e preparados para as provas do Enem no início de novembro.

A reportagem procurou a Secretaria de Finanças, e foi informada que a secretária estava para Marabá, prestando informações em uma especializada, e o prefeito estava em visita às inúmeras obras na Zona Rural.

Os alunos prometem acampar em frente a casa do alcaide de Tucuruí, até o pagamento dos débitos, e o retorno das aulas do curso que é intitulado “Novos Rumos’, só não sabem que rumos foram estes que tomaram o dinheiro da prefeitura.

2 comentários:

  1. Acho que a casa ta começando a cair.e se o jatene perder q eu tenho certeza que vai .ai eu quero ver como o todo poderoso vai pagar as dívidas da prefeitura.

    ResponderExcluir