Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Veículo Gol roubado em Tocantins recuperado em Tucuruí





Comandante da 15 ª Zpol Capitão Jonildo com a equipe do GTO Sargento Valdir, Cabos G. Silva e Clenildo e Soldados Lopes e Daniel 



WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

A equipe da 15ª Zona de Policiamento de Tucuruí (Zpol) com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO), em rondas pela cidade nesta sexta-feira (14), observou dois elementos que estavam em atitudes suspeitas em um veículo com placas de fora do estado, após consulta ao sistema de informações da polícia, o comandante da Zpol Capitão Jonildo que estava na companhia do Soldado Veiga, confirmaram que se tratava de um veículo com registro de roubo no estado de Tocantins, sendo acionado o GTO com a equipe do Sargento Valdir, Cabos G. Silva e Clenildo e Soldados Lopes e Daniel para abordarem os suspeitos.

Por volta das 11 h, já em frente ao prédio do Ministério Público Federal na Rua Lauro Sodré, centro comercial de Tucuruí, sudeste do Pará, os dois ocupantes do veículo foram convidados a parar o carro de marca Gol, cor branca, de placas MWY - 1135, de Porto Nacional, estado de Tocantins, onde se identificaram a PM como sendo Ricardo Neves da Silva, 36 anos, operador de máquinas e Isaías Aragão, 41 anos, mas não conseguiram explicar quais os motivos que os levaram a estarem de posse de um veículo roubado.

Com os suspeitos foi encontrado o valor em espécie de R$ 1.613,00, a PM chegou a fazer diligência na residência de Ricardo Silva, encontrando quatro documentos originais de motocicletas, mas nenhum em seu nome.

Os suspeitos foram apresentados na Seccional de Tucuruí ao delegado Carlos Paisane, segundo o culpado Isaías Aragão, ele teria viajado ao município de Parauapebas para comprar um veículo, e lá conheceu um sujeito de prenome “Cleiton”, que lhe ofereceu este carro Gol, fechando negócio, pagou o carro e retornou para Tucuruí, mas jamais imaginaria que seria produto de roubo ou mesmo que o veículo estava com registro de roubo na base nacional do Denatran.
Infelizmente, em função a não atenção, em verificar antes de comparar o veículo a sua procedência e origem, tanto Ricardo Neves da Silva como Isaías Aragão foram autuados, após confissão, por receptação de veículo roubado.

Irregulares - A região sudeste do Pará tem um índice elevado de veículos que transitam com emplacamentos atrasados, veículos financiados em nomes de terceiros, os quais não são quitados e vendidos a preços convidantes, vulgo “pipocas”, e principalmente carros roubados de outros estados e vendidos a preço de “banana”, com isso, colocando os compradores que utilizam estes veículos em seus transportes em riscos de serem envolvidos em crimes que vão dar uma grande “dor de cabeça” e que sempre finalizam com o envolvido na cadeia.

Hoje a PM está se modernizando, “temos condições de verificar automaticamente a origem de qualquer veículo que esteja trafegando na cidade”, e com isso, evitar qualquer tentativa de crimes em nossa cidade. O Capitão Jonildo voltou a afirmar textualmente, “os meliantes que pensarem que vão tentar se da bem, se locupletando de forma desonesta em detrimento a população de bem de Tucuruí, podem começar a tirar seus “cavalinhos da chuva”, por que, estaremos diuturnamente no encalce destes malfeitores para colocá-los nos seus devidos lugares, ou seja, na cadeia”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário