Pesquise as matérias do JT:

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Idosa encontrada em avançado estado de decomposição no kit-net onde residia em Tucuruí




WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Wellington Hugles

A Polícia Militar foi acionada pelos moradores da Rua São Paulo, no bairro Bela Vista, na cidade de Tucuruí, sudeste do Pará, em função ao forte odor que estava vindo de dentro de um quarto de aluguel (kit-net), localizado naquela rua, após a chegada da PM que necessitou arrombar a porta da residência, se deparou com um corpo de uma mulher em avançado estado de decomposição.

A equipe do IML de Tucuruí foi acionada e ao chegarem ao local identificou a vítima através de sua carteira de identidade, como sendo a idosa Maria Francisca da Cruz e Silva, 70 anos, natural do estado do Piaui.

Segundo as informações preliminares colhidas pela equipe reportagem na vizinhança, a idosa foi vista se recolhendo ao seu kit-net no final da tarde da última sexta-feira (31), sendo que até a manhã de hoje, nenhuma movimentação foi vista, causando muita estranheza, porque, a idosa Maria Francisca, sempre estava passeando na vizinhança.

Com o forte odor no local, os populares começaram a suspeitar que algo de errado teria ocorrido com a idosa, e por isso acionaram a PM, e o desfecho foi o pior possível, sendo constatada a morte da idosa Maria Francisca da Cruz e Silva.

Os vizinhos informaram que nunca viram nenhum parente realizando visita à idosa, e nunca a idosa Maria Francisca falava que tinha parentes morando em Tucuruí ou mesmo na região.

Dentro do pequeno quarto ainda estava em uma das chamas ligada do fogão uma panela em chamas, constatando que a idosa pode ter falecido após ter colocado algum alimento para cozinhar.

Seu corpo passou por necropsia, realizada pelos peritos do Instituto de Criminalista Renato Chaves, mais seu féretro ficara aguardando algum parente reclamar o corpo para poder tratar dos funerais.


A direção do IML de Tucuruí solicita a população que por ventura tenha alguma informação da localização dos parentes da idosa, que entre em contato com o IML através do fone: (94) 3778-4944 ou através do 190.

Nenhum comentário:

Postar um comentário