Pesquise as matérias do JT:

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Novo Repartimento: Mais um membro da família Venâncio “tomba” por pistolagem

Mauro Carlos Neto assassinado em Novo Repartimento




WELLINGTON HUGLES
De Novo Repartimento
Foto: Wellington Hugles

Por volta das 20:30 h desta terça-feira (7), Mauro Carlos Neto, 58 anos, natural de Gurupi - Tocantins, foi assassinado por dois homens não identificados em uma residência onde se encontrava no bairro Vale do Sol no município de  Novo Repartimento, sudeste do Pará.

Segundo informações prestadas pelo Comandante da Companhia de Policiamento de Novo Repartimento Capitão Juniel, desde o ano passado uma série de acontecimentos vem atormentando a família Venâncio, primeiro ocorreu o assassinato do seu patriarca o senhor José Venâncio, fazendeiro e pecuarista de grandes posses na região do Lago de Tucuruí, possuidor de muito patrimônio incalculável, que causou certo impasse entre os familiares. “Desde a morte de Seu “Zé Venâncio”, vem ocorrendo uma disputa interna na divisão de sua herança, entre os seus herdeiros, culminando inclusive no final do ano passado, com o assassinato de um dos filhos David Venâncio, sua morte teve características de crime por encomenda, há época, dois dos herdeiros foram presos por suspeita de envolvimento na morte”, esclareceu o Capitão Juniel.

Por volta das 20:30 h desta terça-feira (7), novamente a morte voltou a rondar a família Venâncio, o seu filho Mauro Carlos  Neto, estava se divertindo com alguns amigos em uma residência no bairro Vale do Sol, em Novo Repartimento, onde estava jogando baralho, foi quando dois homens de “cara limpa” chegaram ao local e perguntaram quem era Mauro Neto, ao ser identificado foi executado com 8 disparos de arma de fogo, seis tiros acertaram sua cabeça e dois o seu peito, morrendo instantaneamente, os seus executores fugiram em seguida.

A PM foi acionada e iniciou buscas na cidade para tentar capturar os assassinos, mas em função as diversas saídas vicinais existentes no município, os elementos não foram encontrados.

O delegado de Novo Repartimento iniciou os procedimentos para tentar elucidar mais este assassinado que novamente envolve a família Venâncio, mas não descarta a vertente de que o assassinato de Mauro Neto está ligado à disputa pela herança deixada pelo seu pai José Venâncio.

O féretro de Mauro Carlos Neto foi removido pela equipe do IML de Tucuruí e após necropsia foi liberado na manhã desta quarta-feira aos familiares, para que pudessem providenciar o velório e o sepultamento do ente querido.



Nenhum comentário:

Postar um comentário