Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Hidrelétrica Tucuruí recebe visitantes durante todo o ano




Este ano já foram atendidas até junho 2.578 pessoas (Foto Ascom Eletrobras Eletronorte)


Por Denis Aragão


Número de pessoas atendidas em visitas às dependências da Usina, Centro de Proteção Ambiental e Eclusas só cresce a cada ano.

O vertedouro de Tucuruí é um espetáculo visual impressionante, mas que só acontece nos primeiros meses do ano. A abertura do vertedouro, quase sempre entre fevereiro e maio, impulsiona a visitação à Usina Hidrelétrica Tucuruí, mas o empreendimento recebe visitantes de todas as partes do Pará, do Brasil e do mundo durante todo o ano.

O número de pessoas atendidas em visitas às dependências da Usina Hidrelétrica Tucuruí, Centro de Proteção Ambiental e Eclusas só cresce a cada ano, conforme mostram os índices do Centro de Recepção de Visitas da Superintendência de Gestão de Ativos de Produção da Geração (OGG), da Eletrobras Eletronorte.

Atualmente, Tucuruí disponibiliza três tipos de visitas: turística, panorâmica e técnica, sendo que todas podem ser adequadas de acordo com o objetivo do grupo de visitantes. Este ano já foram atendidos até junho 2.578 pessoas. Em 2016 foram 4.708 que puderam conhecer a vista maravilhosa e a grandeza impressionante da barragem de concreto.

“Visitamos Itaipu, conhecemos outra forma de trabalho e fizemos adaptações em nosso serviço que facilitaram até mesmo o relacionamento entre as áreas da Usina”, afirma Vitória Régia Mendonça Cartonilho, coordenadora do Núcleo.

Anualmente, as equipes do Centro de Recepção de Visitas da OGG recebem grupos de estudantes, empresários, líderes comunitários e instituições nacionais e mundiais que querem conhecer a história do empreendimento, seu funcionamento da geração a distribuição, sistema de gestão empresarial, além das instalações técnicas das casas de força da Usina e Eclusas.

Usina hidrelétrica Tucuruí - A Usina Hidrelétrica de Tucuruí está localizada a 400 km de Belém no estado do PARÁ, município de Tucuruí. Foi construída para a geração de energia elétrica e para tornar navegável um trecho do rio Tocantins cheio de corredeiras. A sua barragem de terra tem 11 km.

Vertedouro - Além da curiosidade sobre o funcionamento de uma usina hidrelétrica e o histórico de construção de Tucuruí, as palestras que antecedem as visitas apresentam outras informações, como reconhecimentos e conquistas, como o Prêmio Nacional da Qualidade. “É uma oportunidade das pessoas conhecerem melhor a Empresa e nos apresentarmos como uma organização de excelência”, completa Vitória Régia.

As visitas podem ser agendadas previamente pelos telefones 94-3778-2522/ 2527. Podem ser agendadas pessoalmente no Centro Cultural da Eletrobras Eletronorte, na Vila Residencial Permanente, por meio da Recepção de Visitas de Tucuruí, que funciona de segunda a sexta nos horário das 8h às 12h e das 14h às 17h30. As visitas acontecem de segunda a sexta-feira e são gratuitas e feitas nos veículos da Empresa.

Bem vindo a Tucuruí - A vista grandiosa de uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo e as paisagens em diversas ilhas de água doce artificiais transformam o município de Tucuruí, sudeste do Pará, em um convite interessante para aqueles que desejam conhecer um dos principais destinos do Pará. Com uma culinária regional saborosa, praias, passeio pelo lago, carnaval fora de época que leva cerca de 20 mil brincantes atrás dos trios elétricos, dentre dezenas de lugares atrativos, Tucuruí tem mais de 2.000 quilômetros quadrados de área, e está localizado na mesorregião do sudeste paraense, às margens do rio Tocantins. O clima é considerado tropical úmido, com temperaturas que variam entre 22 e 36 graus. O período mais chuvoso é entre os meses de dezembro a abril, e o mais seco vai de julho a setembro. Ou seja, o veraneio se torna um dos momentos mais convidativos para visitar a cidade.

Tucuruí abriga em seu território parte da Área Indígena Assuriní, a Reserva Trocará, com mais de 200 km². Para quem gosta de história, a visita a esta aldeia é uma incrível opção para quem quer conhecer um pouco sobre os povos indígenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário