Pesquise as matérias do JT:

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Quatro Bocas: Polícia Militar e Civil prenderam 3 elementos de altíssima periculosidade

Os acusados: Josiel dos Santos, Ivanilson Caetano da Silva e Charles Labres
 Armas encontradas de posse dos elementos 
Uma das vítimas que foi baleada durante o assalto do comércio

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Divulgação PM

Em uma operação conjunta entre os policiais civis e militares, que se dirigiram na última terça-feira (13), até a localidade conhecida como Vila Quatro Bocas, no município de Itupiranga, onde conseguiram fecharam o cerco e localizaram os elementos Josiel dos Santos e Ivanilson Caetano da Silva, acusados de terem cometido assalto a um comércio na cidade e no momento da fuga balearam cinco pessoas que foram socorridas ao hospital e passam bem.

Durante a abordagem dos policiais, foram encontradas de posse dos acusados dois revolveres calibre 38 e vasta quantidade de munição.

Na companhia de Josiel e Ivanilson estava o nacional Charles Labres que também estava de posse de um arma calibre 22, municiada.

Na apresentação dos acusados na Delegacia de Polícia Civil da cidade, os elementos alegaram total inocência aos delitos.

Mas os acusados não sabiam que durante as diligências, a PM e PC já contavam com um grande número de testemunhas que reconheceram Josiel dos Santos e Ivanilson Caetano da Silva, como os autores do assalto que resultou no baleamento de cinco pessoas.

A situação de Ivanilson Caetano da Silva se agravou ainda mais, em virtude de uma mulher que preferiu não se identificar com medo de retaliação, denunciou ao delegado, ter sido vítima do crime de estupro pelo elemento pernicioso.


A autoridade policial já apresentou os três elementos ao juiz da comarca, aguardando apenas a decisão judicial para serem recambiados ao Centro de Recuperação do estado, para pagarem suas penas pelas práticas delituosas capituladas no Código Penal Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário