Pesquise as matérias do JT:

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

O adeus a Everaldo Vasconcelos


O adeus a Everaldo Ribeiro Vasconcelos

WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Arquivo Pessoal
A comunidade católica de Tucuruí teve uma baixa inesperada com a morte de Everaldo Ribeiro Vasconcelos, 38 anos, morador do bairro da Matinha, um jovem atuante em todas as atividades da igreja católica de Tucuruí e região.
Everaldo Vasconcelos sempre participou da organização de muitas atividades católicas, além da participação da coordenação dos encontros de jovens, inclusive, recentemente atuou na coordenação dos festejos do Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Tucuruí.
Um jovem muito carismático e amigo teve uma morte súbita, ainda envolvida há muitos mistérios, haja vista, Everaldo Vasconcelos sempre foi uma pessoa muita feliz, que comemorava o dom da vida, e fazia questão de estar ajudando a todos que atravessavam dificuldades, levando uma palavra amiga, orientado a trilhar os caminhos da fé, da sabedoria e do amor fraterno.
Segundo informações prestadas pelos policiais militares, por volta das 3 h da madrugada da terça-feira (27) a PM foi acionada pra atender a um chamado de uma pessoa que estava em óbito em sua residência.
A PM ao chegar ao local observou o corpo de Everaldo Vasconcelos em um cômodo da casa, com os punhos da rede enrolado em volta ao pescoço. Segundo informações prestadas por populares, Everaldo teria ido à noite anterior a um local de eventos da cidade, conhecido como “Bar do Índio”, próximo à entrada do bairro Beira Rio, com alguns amigos para se divertir.
Pouco tempo antes do ocorrido, se observou a ausência de Everaldo, foi quando começaram a procura por ele, finalizando em sua residência, infelizmente, ao chegarem ao local se depararam com Everaldo já se debatendo em função ao enforcamento com os punhos da rede. Nada foi possível ser feito em seu socorro.
A Polícia Civil foi acionada dando início às investigações para tentar elucidar os motivos que levaram Everaldo Vasconcelos a cometer o suposto suicídio.
A equipe do CPC Renato Chaves e do IML de Tucuruí composta pelo perito Bernardo Maye, auxiliado por Josué Cunha e Cleidivaldo Medeiros, estiveram no local e realizaram a perícia de local do fato e a remoção do corpo.
O féretro foi liberado no final da manhã desta terça-feira (27), após ter passado por necropsia. O sepultamento estava previsto para a manhã desta quarta-feira (28) no cemitério público de Tucuruí.

Everaldo Vasconcelos deixou muitas tristezas aos familiares e amigos enlutados, que farão muitas homenagens póstumas dentro da programação da Igreja Católica de Tucuruí em reconhecimento a sua grande atuação e o trabalho cristão que desempenhou em toda a sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário