Pesquise as matérias do JT:

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Tucuruí: Detido suspeito de ter violentado vulnerável de 10 anos





Daniel Farias Martins, teve sua prisão preventiva decretada pela Justiça por suspeita de envolvimento em estupro de vulnerável


RODOLFO HUGLES

De Tucuruí

Foto: PC


Através de um trabalho incansável a equipe de investigadores da Polícia Civil de Tucuruí, sob o comando a delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) Marisol Vasconcelos, conseguiram apreender o nacional Daniel Farias Martins, 35 anos de idade, morador do município de Breu Branco.


Conforme informações prestadas pela delegada Marisol Vasconcelos, as crianças que brincavam com a vítima no dia do ocorrido, reconheceram o nacional Daniel Farias Martins, 35 anos, sendo o autor do sequestro e posteriormente ter violentado a criança de 10 anos.


Durante as investigações, o veículo usado para praticar o crime foi visto em Breu Branco, a polícia ainda interceptou outras três pessoas que estavam no veículo, mas foram liberados por não serem reconhecidos pelas testemunhas com terem envolvimento pelo crime monstruoso.

No último dia 3, as testemunhas foram chamadas a DEAM, para tentar reconhecer a foto do possível suspeito. 


As crianças que estavam com a vítima foram levadas, e não titubearam em reconheceram a foto do suspeito Daniel Farias Martins, o autor do fato.


O crime – O sequestro seguido de estupro do vulnerável de 10 anos, ocorreu no último dia 31 de julho (domingo), segundo a delegada, a vítima foi levada para a estrada do aeroporto, onde teria acontecido o ato. 


Durante a acareação ocorrida na delegacia especializada, o acusado foi reconhecido pelas testemunhas como sendo o condutor do carro que levou a criança, e reconhecido pela vitima como o homem que o abusou sexualmente, posteriormente foram levados ao carro que foi utilizado para o sequestro, sendo reconhecido por todos como o veículo conduzido pelo suspeito do estupro.


Após o reconhecimento, a Justiça de Tucuruí recebeu a denúncia e expediu o mandado de prisão preventiva, o qual foi imediatamente cumprido pela Depol, estando Daniel Farias Martins em cárcere privado.


Defesa - O acusado nega ter praticado o crime, segundo o depoimento de Daniel Martins, ele afirma ter passado o domingo (31), em sua residência na companhia de familiares em um churrasco, afirmando ainda, que na segunda-feira (1), esteve em Tucuruí, colocou suas mercadorias como marchante em seu veículo, e segui para a rodovia Transcametá para realizar Silas vendas, não conseguindo entender os motivos que levaram as testemunhas e a própria vítima de 10 anos de tê-lo acusado, e afirmando ser ele o autor deste estupro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário