Pesquise as matérias do JT:

domingo, 1 de março de 2015

Topado: Acidente de motocicleta causa uma morte




WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: Kamylo Godim

Por volta das 3:00 horas da madrugada deste domingo (1), ocorreu um grave acidente na Rua 31 de Março (próximo a Seccional), centro de Tucuruí, sudeste do Pará.

O acidente envolveu uma motocicleta com dois tripulantes, que segundo informações de testemunhas, uma mulher está atravessando a via pública, quando foi surpreendida pela motocicleta que vinha em alta velocidade e sem farol, o piloto desviou da mulher batendo no meio-fio, uma dos passageiros da moto foi projetado, chocando-se com uma árvore do canteiro central da via, ocasionado uma grave fratura, resultando em perda de massa cefálica.

Vítima fatal - O outro passageiro teve fraturas múltiplas, ambos foram socorridos pelo SAMU 192, e levados ainda com vida para a UPA de Tucuruí, um dos acidentados que teve fraturas está com seu quadro clínico estável, infelizmente por volta das 8:30 h devido as complicações referentes aos ferimentos sofridos, o outro passageiro da moto, identificado como John Lenon Santos da Silva, 24 anos, natural da cidade de Uruçui/Piauí, foi a óbito, John Lenon morava atualmente na BR 422 na altura do Sítio Deus e Grande.

Seu corpo foi removido ao IML de Tucuruí, onde passou por necropsia, a causa morte foi identificada como sendo por hemorragia interna em função a laceração hepática difusa.

Seu corpo foi liberado aos familiares para o velório, o féretro será transladado para sua cidade natal Uruçui/Piauí, e seu sepultamento ainda não tem uma data definida.

De fato, em função a realização da “Trilha dos Topados”, que ocorreu na manhã deste domingo (1), uma grande movimentação de adolescente estava acontecendo durante a semana na cidade, intensificando no sábado, com a adaptação de motos e a retirada das descargas e faróis, causando um grande transtorno a população.

É fato, que a Trilha dos Topados, já faz parte do calendário de eventos da cidade, e conta com o apoio e o financiamento dos órgãos de governo, principalmente da prefeitura, e a fiscalização das instituições de regulação do trânsito (Detran e CTTUC), mas a Trilha e realizada na zona rural, no “mato”, e durante o dia, não nas ruas da cidade durante a noite e na madrugada, onde jovens e adolescentes se arriscam em alta velocidade, sem os equipamentos de segurança obrigatórios, faróis e disparando os conhecidos e irritantes “tiros” de descarga das motos, durante toda a noite, estendendo-se pela madrugada, colocando suas vidas e dos inocentes em risco de morte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário