Pesquise as matérias do JT:

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Assaltantes aterrorizaram empresa em Marabá




RODOLFO HUGLES
De Marabá
Foto: Divulgação

Um grupo fortemente armado praticamente “fechou” a cidade de Marabá na madrugada desta segunda-feira, 5 de setembro. Bem organizado e agindo em células, os bandidos se dividiram, bloquearam a ponte sobre o Rio Itacaiúnas, com um caminhão atravessado e fogo, enquanto uma outra parte explodia o muro e o prédio sede da empresa de transporte de valores Prosegur, no Novo Horizonte.

Segundo informações, um grupo de bandidos percorria as ruas da Cidade Nova atirando para cima, o que foi usado como forma de intimidação e passava a impressão de ocorrência de troca de tiros. Esta ação deu a tranquilidade para o segundo grupo agir na invasão ao prédio da empresa de valores. 

A Prosegur é a mesma que recolhe e transporta dinheiro entre agências bancárias de Marabá. 

Após a ação os bandidos – não se sabe ainda quantos eram – fugiram em carros roubados no sentido a Itupiranga, na BR-230, mas acredita-se que tenham abandonado os mesmos por uma fuga fluvial, utilizando barcos no Rio Tocantins. Na fase final da ação, por volta das 3 horas, ainda houve troca de tiros com a polícia, e uma policial militar foi ferida na perna. Apesar disso, não foi confirmada nenhuma morte.

Dada a confusão criada pela ação dos bandidos, Marabá amanheceu com trânsito bem confuso, ainda como efeito dos caminhões queimados na ponte. O trânsito é lento no tráfego entre os complexos Nova Marabá, Marabá Pioneira e a Cidade Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário