Pesquise as matérias do JT:

domingo, 1 de janeiro de 2017

Navegantes assume seu 3º mandato e é eleito presidente do Poder Legislativo de Tucuruí



Navegantes assume seu 3º mandato e é eleito presidente do Poder Legislativo de Tucuruí
 
 A nova mesa diretora da Câmara de Vereadores de Tucuruí 2017/2018: 
Bena Navegantes (Presidente)
Rony Santos (Vice-Presidente)
 Ilma do Nenêo (1ª Secretária) 
 Weber Galvão (2º Secretário
 
WELLINGTON HUGLES
De Tucuruí
Foto: ASCOM

Na manhã do primeiro dia do ano de 2017, os 13 vereadores eleitos e diplomados, tomaram posse de seus mandatos na Câmara de Vereadores de Tucuruí. A solenidade de posse foi presidida pelo vereador eleito mais idoso, Antônio Joaquim da Cunha Nunes (PPS) conhecido popularmente como “Joaquim Pepino”, que comando a cerimônia de posse e o juramento dos vereadores: Benedito Joaquim Campos Couto “Bena Navegantes” (PROS); Roniel Nonato Pinto dos Santos (Rony Santos)(PSC); Ilma da Silva Creão “Ilma do Nenêo” (PPS); Weber da Silva Galvão (PMDB); Antônio Guilherme Antunes “Branco Terra Seca” (PSDB); Francisco Gualberto da Silva Neto (DEM); Francisco Vieira de Almeida (PDT); Jorge Anderson Freitas Dias (PSB); Lucas Michael Silva Brito (PV); Tania Maria Ramos Zammataro (PMDB); Fabio Ulisses Soares Campelo (PSDB) e Francisco Enilvan de Oliveira (PSC), dando imediata posse aos parlamentares no cargo de vereadores para o quadriênio de 2017/2020.


Logo após foi aberta a inscrição de chapas para os vereadores que concorreram à eleição da mesa diretoria da Câmara de Tucuruí, para o biênio 2017/2018, o escrutínio foi realizado através de voto nominal e aberto. 

Dois nomes foram apresentados à presidência do poder legislativo. A vereadora Tania Zammarato (PMDB) disputou na presidência com o experiente vereador de três mandatos Bena Navegantes (PROS), que foi eleito com o apoio de mais 6 parlamentares, a saber: Rony Santos (PSC); Ilma do Nenêo (PPS); Branco Terra Seca (PSDB); Joaquim Pepino (PPS); Francisco Vieira (PDT) e Jorge Anderson (PSB).

 
Tania Zammarato (PMDB) disputou a presidência com a aliança dos vereadores que juntamente com ela, serão à base de apoio do governo de Jones William e Artur Brito, contando com o voto dos vereadores: Lucas Brito (PV); Weber Galvão (PMDB) e Gualberto Neto (DEM).



Os vereadores Fabio Ulisses (PSDB) e Nilvan Oliveira (PSC) se abstiveram a votação do cargo de presidente, para não contrariarem a orientação partidária, através do bloco que se formou entorno da candidatura do vereador Bena Navegantes.


Após o anúncio do resultado da eleição através do presidente da solenidade de posse o vereador Joaquim Pepino (PPS), foi convocado à nova composição da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Tucuruí, sendo eles: Benedito Joaquim Campos Couto “Bena Navegantes” (PROS) (Presidente); Roniel Nonato Pinto dos Santos (Rony Santos)(PSC) (Vice-Presidente); Ilma da Silva Creão “Ilma do Nenêo” (PPS) (1ª Secretária) e Weber da Silva Galvão (PMDB) (2º Secretário), que assumiram suas atividades para o biênio de 2017/2018.

O presidente eleito Bena Navegantes (PROS), agradeceu aos vereadores que acreditaram em sua vitória pelo voto de confiança, sendo incisivo em afirmar que “após a eleição todos os 13 vereadores fazem parte deste importante poder, o Legislativo, e teremos que nos manter unidos para buscarmos melhores dias à nossa população, apoiando o prefeito Jones William em seus projetos de desenvolvimento da cidade e garantindo sustentabilidade em suas metas de trabalho, mais nunca deixando de lado o papel do parlamentar que é fiscalizar a aplicação dos recursos públicos, buscando apresentar medidas que garantam o melhor aproveitamento destes recursos e os seus investimentos direcionados a solução dos problemas que afetam nossa cidade e população”.

Ao final da solenidade, as 11 h, o novo presidente da Câmara de Tucuruí Bena Navegantes, suspendeu os trabalhos da sessão solene de posse dos vereadores e os convocou para as 18 h estarem presentes nas escadarias da Rua Santo Antônio, onde será realizada a cerimônia oficial de juramento e posse do prefeito Jones William Galvão (PMDB) e do vice-prefeito Artur Brito (PV).

Orçamento – Pelo menos os ex-vereadores de Tucuruí deixaram um saldo positivo para os novos parlamentares, pois conseguiram ao apagar das luzes de seus mandatos, aprovarem um “pomposo” orçamento para o Poder Legislativo, passando de R$ 480 mil (Dezembro/2016) para R$ 950 mil (Janeiro/2017), duplicando os valores que a Prefeitura repassa religiosamente ao legislativo até o 20º dia de cada mês. 

Com isso, a nova mesa diretora terá muito recurso para administrar com eficiência e transparência em prol da Câmara de Vereadores, mais, sobre o olhar atento da população e do Ministério Público que, diga-se de passagem, no último ano de mandato dos ex-vereadores desencadeou uma fiscalização para averiguar denúncias de beneficiamento de parlamentares com diárias, ficando esta ação conhecida como “Citronela”.

Aumento de Salários – Ainda ao apagar das luzes de 2016 os ex-vereadores aprovaram a “toque-de-caixa” o aumento nos salários dos secretários de governo municipal de Tucuruí, passando de R$ 5.700,00 para R$ 8.000,00 e também do salário do prefeito que passou de R$ 17.000,00 para R$ 24.000,00, um aumento em média de 40%. 

Esperamos que governo municipal no momento da chegada da data-base do funcionalismo público, seja também bastante ‘convalescente’, como foram os ex-vereadores em final de mandato, e análise rigorosamente um aumento também em um percentual digno, conforme os que lhe foram garantidos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário